19/08/2007

Filosofias de barraca de praia

É amigos, diz que vai sendo tempo de botar faladura, ou no caso, dar com os dedos nas teclas.
Antes de mais desculpai este linguarejar tão brejeiro, mas estes ares de Agosto fazem-me ficar muito povo. Até já estou com comichão... e isto mesmo estando por aqui, no meu palacete de Vilamoura, onde a nobreza vem retemperar por estes dias. O Príncipe Perfeito Dom Paulino, o Burguês Mor Dom Relvas, o grande representante do Povo, Barão de Valdonas Dom Silva, e muitos outros figurões doutros Condados do reino, tudo por aí anda a largar as coroas e a espantar o pó entranhado ao longo do ano na extenuante labuta da política.
Tenho os miolos quase esturrados de tanto ar de praia! Bom… não será do sol mas antes das piñas coladas , dos vodkas martinis e das caipirinhas, tem sido aqui um consumo etílico que às vezes nem sei se penso, se alguém pensa por mim.
Pois bem sei que gostaríeis de ter novidades, daquelas saborosas de candidatos e listas e partidos, mas atendei a que é Agosto e que os meus serviços de informação estão praticamente encerrados. Não valeria o esforço de qualquer jeito, de mantê-los a funcionar que nada teriam para me informar, a não ser que os espalhasse por essas praias onde estão as individualidades. Da Nazaré ao Algarve a distância ainda é longa.
Do que me dizem aí do burgo, pouco se passa além dos "camones" e dos emigrantes. E das festas claro – à belo frango assado! Yeak! Como pode alguém alimentar-se disso! E comer à mão e no meio do fumo e sei lá mais! Grotesco!

Sim, diz que a festa já passou mas ainda é o que dá que falar, ou no caso deu arresto, nada de novo e nada que se possa já estranhar. Tomar é o que é, e só a um forasteiro ou a alguém muito abstraído do que por aí se passa, podem estranhar coisas como faltarem contas da festa de 2003, isto a julgar que a verdade seja verdade, que mesmo a verdade é uma coisa dúbia e depende da perspectiva de quem a vê.
Mas talvez essa situação ainda não digerida de 2003 justifique que a festa, ao contrário do que será opinião mais generalizada, não tenha corrido assim tão bem. Os enfeites das ruas estavam globalmente mais fracos, o planeamento correu mal, houve muitas coisas feitas em cima do joelho, e outras que devem alguma coisa à sorte, por exemplo. Mais importante, é patente que a vila turística do Nabão não tem infra-estruturas para acolher tal ajuntamento, e assim como parece não haver cultura organizacional de grande escala para fazer face a isso sem que muitos velhinhos voltem a casa com a palavra “jamais” crivada na dentadura. Mas tal é apenas uma opinião. Talvez a esse eventual menor sucesso, se deva ainda uma pequena percentagem derivada do facto do pulso do mordomo poder ser uma bocadinho mais forte, e ainda ao que a mim se assume como mais evidente e proponderante, que é o do próprio conceito ou filosofia de base da festa assentar num princípio errado e que no fundo não é mais que uma mentira: apelidar esta festa como “a grande festa do povo”, quando do povo ela não é nem nunca foi, e para funcionar bem, não o poderia ser. Psicologia de massas.

Mas falar nisto aborrece-me, e um Conde não deve estar aborrecido pois não só é pouco chique, como duplica o gasto de creme anti-rugas. Tenho de voltar para a piscina, que ainda tenho que fazer meia hora antes das amêijoas na cataplana regadas num maravilhoso Chablis Premier Cru 1989 branco.
Porém, na minha desmedida complacência e para não dizerdes que vos deixo assim sem nada mais para a vossa reflexão enquanto estais a tostar ao sol e a senhora da bolacha americana não chega, aqui ficam algumas ideias com um toque de La Palisse, que de alguma forma, e apesar de alguns de vós não darem ares de entender, há tempo venho dizendo e que muito têm a ver com a terra nabantina, a política, e a junção de ambos os desperdícios:

Não descureis do óbvio, que tal é o mais delicado de enxergar mas de ocorrer o melhor afiançado.
Não procureis longe o que perto esteja. Por muito que quase sempre preciso seja ir longe para se dar valor ao que perto se tem.
Quando só olhamos o firmamento, candidatamo-nos a tropeçar. Quando só olhamos a sombra não enxergamos a luz, e no entanto sem ela nem sombra havia. Quando só desejamos o céu, arriscamo-nos a perder o chão.
O difícil nunca é fácil, mas o fácil difícil comummente se torna.
Não podes oferecer o bem, a quem nem sabe que vive no mal.
Quase todos preferem o conforto da ilusão, à dureza da realidade.
Estar vivo, nem sempre, é o contrário de estar morto, e por provar está que o seja alguma vez.

Basta-vos? Será boa premissa para uma tese? Politologia? Vida?
Com bronzeada estima, o vosso sapiente Conde.


Post Scriptum - Acabaram-se as sondagens ali ao lado. O Condado não está em verdade muito vocacionado para isso, e até há por aí um site especializado, por certo mais interessante...

355 comentários:

1 – 200 de 355   Mais recente›   Mais recente»
Anónimo disse...

Arruda (vulgo JG) mais um tiro, agora no outro pé! De cada vez que escreves auto-denuncias-te. Mas tu não assinas com pseudónimo seu esquizofrénico é com heterónimo! Mas cometes-te três erros (quando me apetecer digo-te) e por isso facilmente se chegou a ti. Continua a beber muita água onde trabalhas que os teus pupilos agradecem, hehehe! Não pagas a tempo e horas aos teus outros pupilos é? Isso é que é um bom exemplo de cumprimento patronal? Imaginem os dois pombinhos na política: era uma desgraça. See you next time!

Anónimo disse...

Parabéns Conde, continua na crista da onda.
Em Tomar infelizmente, continuaremos nas sombras.

JPG

Anónimo disse...

De todo o arrazoado fica como nota positivíssima o fim das "sondagens".
Aqui está de parabéns Conde.
Mas o certo é que o sol de Vilamoura, as vistas dessas terras da mourama, o sol quente, os cacros vícios deram-lhe cabo da mona, fundiram-lhe a cuca.
Se regressar a Tomar p´rás vindimas talvez ainda possa recuperar.
Que Deus o guarde, Nossa Senhora o proteja e o Espírito Santo do (vil) metal nunca se esqueça de si.
Fique na Graça de Deus e haja saúde (coza o forno).
Resto de férias felizes e com boas vistas.
Respeitoso devoto de vossa mercê,

Barão do Barrote

h.lobo disse...

Prezado Conde
Sua apostilha é própria do clima onde se encontra, nem frio nem quente, morna, não se esqueça no entanto que os "principes e baroes" a que se refere não se encontram pelas terras da moirama, mas sim por outras tal como o Infante preferem paragens mais distantes onde possam ver sem ser vistos, findo o periodo de férias familiares , os mesmos voltas á labuta, sem esquecer o tempo complementar de ferias, que irão passar, novamente por terras distantes, em diferentes companhias, a pretexto de enfadonhas reuniões.
No pino do inverno na costa oriental, lembro-me que por aí é verão ...
Vendo quem tem fome, lembro-me de quem não dá valor á fartura
H.Lobo

Anónimo disse...

As sondagens nunca poderiam ser levadas a sério, uma vez que haverá candidatos que não constavam daquela lista.
Tal como eu que estou a pensar seriamente candidatar-me! E quando avançar estou convicto que será uma grande surpresa!


O Observador

Anónimo disse...

Escusam de vir com ataques pessoais ou de outra ordem. É legítimo qualquer cidadão ter ambição para o fazer.
Os gajos que mordem nas canelas têm vergonha de se assumirem. Eu cá não. Vou em frente.

Anónimo disse...

"Estar vivo, nem sempre, é o contrário de estar morto,..."

Genial Conde. Descobriu a falha na tese filosófica da Lili Duquesa de Caneças.
E isso portanto aplica-se a alguns políticos e a Tomar?...
Sim, talvez faça sentido, e no do caso desses políticos zombies nem interessa ressuscitá-los. Mas a Tomar, que desfibrilhador poderemos utilizar para curar isto?

Mago Merlin

Anónimo disse...

O Conde procurou em livros de filosofia (edição de bolso) a resposta para as suas preocupações.
Ainda bem - sobretudo para ele - que já descobriu alguns princípios.

Anónimo disse...

... sondagens por sondagens prefiro mesmo as dos Postais Saloios

Anónimo disse...

CAMACHO ES LA PRIMERA OPCIÓN DEL BENFICA TRAS EL CESE DE FERNANDO SANTOS

La televisión portuguesa adelantó hoy que Camacho es el preferido por Vieira, que la pasada madrugada comunicó a Santos que el club dejaba de contar con sus servicios cuando todavía le restaba un año de contrato.
COPA DE PORTUGAL. Camacho conquistó en el 2003 - 2004 la Copa de Portugal con el Benfica.
El técnico español José Antonio Camacho es la primera opción del presidente del Benfica, Luis Filipe Vieira, tras el cese la pasada madrugada de Fernando Santos después de empatar 1-1 el equipo de Lisboa el pasado sábado ante el recientemente ascendido Leixoes.

La gota que colmó el vaso fue el empate en la Liga portuguesa ante un equipo como el Leixoes, que hacía su debut en la máxima categoría de balompié luso, resultado que se suma a la incertidumbre por la suerte del equipo lisboeta en el partido de vuelta de ronda previa de clasificación para la Liga de Campeones ante el Cophenage.
Santos no fue capaz de dar título alguno al Benfica la pasada campaña, cuando la escuadra de La Luz terminó tercera tras Oporto y Sporting.
El técnico había dicho este verano que la salida de Simao Sabrosa, que recaló en el Atlético de Madrid, sería un duro golpe para el equipo, al no contar con un recambio para el pequeño extremo internacional.
Los comentaristas deportivos portugueses ensalzaron hoy la figura de Camacho, quien conquistó con el Benfica una Copa de Portugal en la campaña 2003-2004, y entre cuya afición cuenta con gran prestigio."

AS

D.Afonso Martins disse...

Meu Prezado e Mui Amigo Conde do Flecheiro,

Acabaram de me comunicar que as negociações para transformar o antigo Convento de Santa Iria num empreendimento das pousadas de Juventude então em bom ritmo e poderá haver luz verde muito em breve.

Contínuo a pensar que esta não seria a melhor solução para aquele espaço priveligiado em Thomar. No entanto é mil vezes melhor do que continuar a assitir-se àquela degradação.

Um abraço da capital do reino,

D.Afonso Martins, Duque de Thomar, Príncipe das Beiras e par do Reino

Anónimo disse...

Oh Conde voçê levou cerca de um mês para parir esta crónica?!
aSSIM NÃO VAMOS LÁ!
oh Conde a sua produção anda muito fraca! Ainda por cima para dizer que os nossos figurões se andam a pavonear nos Algarves, enqunto o povo, trabalha e não tem dinheiro
para mandar cantar um cego, quanto passear-se em Vilamoura. Isso é bom para os boys e para os que mamam na teta da política.
Sortudos ou então são os que têm olhinho em terra de cegos...
Oh Conde poupe-me! A esses devaneios!
Fala-me de coisas importantes!

Anónimo disse...

Uma Pousada de Juventude no Convento de Santa Iria?... Devem estar a gozar. Então fecham o Parque de Turismo porque aquilo potenciava o turismo de pé descalço e agora fazem um albergue de juventude que apenas sabe guardar uns euros para a cervejola. Tenham dó de nós.

Anónimo disse...

Para o AS

Porque notícias do Benfica? Não há notas interessantes sobre o União de Tomar? O que é que interessa a saída de Fernando Santos e a entrada de Camacho, quando nem sequer sabem o nome do treinador do clube da terra.

Anónimo disse...

Apoiado.
Viva o FCPorto.
Abaixo os lampiões de Lisboa.

Anónimo disse...

O AS é um periódico desportivo de Espanha.
E o nome do treinador daqui de Tomar é o conhecidíssimo Eduardo Fortes, filho do Tótoi.
Mas, o União de Tomar sem o Manuel Graça (inimigo de estimação do António Paiva e vice-versa) perdeu todo o sal e todo o xiste.
Agora a concórdia é total e o triângulo (António Paiva - União deTomar - Escola de Futebol) aí está de vento em popa.
Logo, falar do Glorioso até tem interesse neste tempo de férias em que os políticos ainda estão a banhos.
E serve de pirraça a lagartos e dragões, onde nada se passa.
Apitó Combóio (Dourado)!

Anónimo disse...

P´rá cadeia os dragões do apito dourado e quem os apoiar.
Fogo sobre o FCP!

Anónimo disse...

Para o AS
Vivó apito encarnado!

Anónimo disse...

Como dizia Afonso de Albuquerque, quem com ferro mata, com ferro morre. Ainda irei ver lampiões no banco dos réus - e falo dos que agora mandam no futebol do Benfica e não no Damásio - primeiro do que o Pinto da Costa.

Anónimo disse...

Incendiários...

Anónimo disse...

O Manuel Damásio era seriíssimo!
Acima de toda a suspeita.
Ainda para mais, coitado, só ganhava uns 400 contos por mês a trabalhar de sol a sol, nem dava para pagar o Colégio particular dos filhos no Estoril.
O Pinto, o Valentim, o Reinaldo Teles também são a nata da sociedade, acima de qualquer suspeita, gente seriíssima e cheias de virtudes.
Andam sempre a dar milho aos pombos.
Malandro era o Vale e Azevedo.
Os outros não, são uns anjinhos papudos!

Anónimo disse...

Oh Portista
Cuidado com os lampiões do Porto e arredores.
Estás a pensar só nos de Lisboa e cai-te um do Porto e do norte no prato da sopa!
Isto para não falar nos não dragões do Foco, de Paranhos ou do Lagarteiro.
Bem, tens o macaco (madureira) para te defender e consolar.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Não fuja ao tema, este Madureira macaco é aquele "menino" dos auto-denimidados "super dragões", que tem um Porsche topo de gama e que trabalha na e para a claque.
Um verdadeiro orgulho para os seus mentores e para todos os sócios, simpatizantes e accionistas do FCP.
Ao nível do Tino de Rãs ou do emplastro.
Gente fina coo não há.

Anónimo disse...

Uma pousada da juventude num imóvel como o antigo Convento de Santa Iria? Que ideia tão parola de tão parola mente concerteza.
Em vez de hotéis de cinco estrelas em redor do rio, afastam-se os investidores e toca a fazer coisas sem sentido nenhum. É mesmo de um mau gosto, próprio de uma ruralidade rustica agonizante.Leiam livros sobre investimentos, sobre História, sobre turismo a sério. Fecharam o parque de campismo para construir uma latrina e agora uma tontice dessas. Já agora porque não se faz um bairro económico no largo do Castelo e criarem-se Vilas dentro do Convento de Cristo? Não é má ideia. Já fazem pouco da cidade fora do Concelho e agora alguém aproveita, com os seus devaneios imobiliários, para tornar oficial esse sentido perjorativo. É fartar vilanagem.

Anónimo disse...

Acho bem a ideia da Pousada, afinal somos único Concelho do País com um Parque de Campismo completo (inclui funcionários) sem Campistas; um placard do Pólis com contagem crescente; a única cidade onde se pode assistir a côres e ao vivo à penhora e arresto dos bens da maior festa da região; onde se diz que o líder da oposição se prepara para ser candidato do PSD; isto para não falar noutras excentricidades menores como o "vereador dos patos" o "palhaço-fotógrafo" ou o "jardineiro-vedeta" do youtube nacional...
Por tudo isto, Visite Tomar: Capital do Turismo insólito!
Assina: O Morgado da Venda da Gaita

Anónimo disse...

Apropriar a ideia/tontaria da do Paulo Portas com a demolição do edifício da Messe de Oficiais para aí construir um hotel para a 3ª Idade para militares e família e fazer no Convento e Colégio Feminino uma Pousada da Juventude e também uma Pousada para idosos!
Matam-se dois coelhos coma cajadada.
Vota Paiva!

Anónimo disse...

Segundo sei não vai haver nenhuma
Pousada da Juventude no Convento de Santa Iria.
Inventam cá cada uma!!!

Anónimo disse...

Continuem a votar Paiva e PSD e continuará o afundanço de Tomar. Qualquer dia até por Ferreira do Zêzere seremos ultrapassados.

Anónimo disse...

Quem quer que o Convento de Santa Iria continue a cair de podre que ponha o dedo no ar.
É muito fácil falar, mas acções concretas são poucos os que as tomam.
Gostava de ver estas vozes críticas avançarem com alternativas concretas para a utilização daquele espaço.
Primeiro estavam contra a instalação de uma universidade privada (falou-se na UAL, ainda na década de 90), depois contra um empreendimento turístico de um importante grupo imobiliário nacional, depois contra uma pousada, agora contra um albergue de juventude...
Estão a guardar aquele espaço para quê? Porventura aspiram o regresso a Tomar de uma ordem religiosa feminina de clausura? Ou para sede de uma pujante empresa localizada em Tomar (já agora qual, que não estou a ver nenhuma?)
À falta de outras alternativas diria que uma pousada da juventude era um destino excelente.
Claro que os proprietários de empreendimentos turísticos (com o Hotel dos Templários à cabeça) não iriam gostar. Como nunca gostaram do Parque de Campismo em pleno centro de Tomar. Mas isto é uma outra história, que envolve as ligações daquele "grupo" ao sr. Presidente da Assembleia Municipal...

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

E tu deves ser educado.
Malcriadão!

Anónimo disse...

Peça-chave do barrosismo apoia Marques Mendes
Miguel Relvas pede "moratória" ao PSD
Ângela Silva

Miguel Relvas declara apoio a Mendes nas directas do PSD. E pede ‘’a todos os protagonistas do partido uma moratória até 2009’’.

"O país está cansado dos problemas do PSD e é essencial que haja senso e bom senso a partir de dia 28"

Miguel Relvas, ex-secretário-geral do PSD e peça-chave do chamado núcleo barrosista do partido, vai apoiar Marques Marques nas directas de Setembro. Em declarações ao Expresso, Relvas justifica a sua decisão por razões "de estabilidade", alegando que, tal como os governos, também os líderes da oposição devem cumprir os mandatos".
"Marques Mendes foi eleito no Congresso de Pombal para um ciclo de três eleições – autárquicas, presidenciais e legislativas -, e esse ciclo só se esgota em 2009", conclui o deputado, que se mostra muito preocupado com "os danos irreparáveis" que o actual clima interno tem provocado na imagem do partido e diz que "todos têm obrigação de marcar posição".
"O país está cansado dos problemas do PSD e é essencial que haja senso e bom senso a partir de dia 28", afirma o deputado, que defende ser "indispensável uma moratória entre todos os protagonistas políticos do partido, por forma a que não haja mais divisões até 2009". Nesse sentido, Miguel Relvas diz esperar que, qualquer que seja o resultado das directas para a eleição do líder, ‘’quem ganhe comece a unir o partido e a alargar, logo no dia 29’’. E que o PSD consiga ‘’tornar-se atrativo perante o país, com uma agenda que coincida com os interesses e preocupações dos portugueses e com propostas concretas e sustentadas’’.
"Espero que esta campanha interna ainda permita perceber algumas das propostas com que que o PSD deverá apresentar-se às eleições legislativas de 2009", diz.
Confrontado com as divisões que esta disputa pela liderança do partido provocou entre os barrosistas – divididos entre Mendes e Luís Filipe Menezes, depois da desistência de José Pedro Aguiar Branco – Miguel Relvas diz que não faz sentido falar mais do que teria sido melhor se surgisse uma terceira via, porque "o PSD não pode andar à procura de um D. Sebastião". "Temos que optar entre os protagonistas que aí estão", conclui, para justificar a sua preferência pela reeleição do actual líder.


EXPRESSO ON LINE

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Continua malcriadão, continua.
Com todo esse asneiredo e a falta de classe e de nível que patenteias vais a Ministro da Cultura do Governo PS num instante.
E quanto ao classificativo caprino que usas, deves estar a ver-te ao espelho.
Lava bem a boca e os dentes.
Tá bem!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Diogo de Arruda disse...

Que a culpa não é dele eu sei.

É do pai! que nunca devia ter sido autorizado a procriar.

E da mãe que se sabia portadora de um aborto e mesmo assim pariu.

E do conde. Pior que ambos os dois continua a permitir os insultos, insinuações e utilizações do vernáculo que me levam a suspeitar ser o próprio o autor de tais desmandos.

Diogo de Arruda.

Anónimo disse...

p/ Diogo de Arruda,

O Conde está de férias, algures no litoral, de papo para o ar a beber bejecas e comer caracóis.
E deixou o palácio entregue à criadagem que, sem gestão, orientação e educação faz o seu melhor...

Anónimo disse...

O Anônimo de 23/8/07 - 02:04
não tem nível, nem tem educação, nem tem princípios.
É um corajoso com a pele de anônimo, mas se estivesse frente a frente com qualquer pessoa normal metia o rabinho entre as pernas e ficava bem caladinho.
Para esta espécie de criaturas dois estaladões in su sitio resolvem facilmente a farronca.
Mas não vale a pena sujar as mãos com gente tão baixa e tão suja.
O seu hálito até assusta os abutres e as hienas.
Gentalha deste teor colocam Portugal na cauda da Europa.
Felizmente que não mandam, nem decidem.
Só mandam bocas foleiras a coberto atrás do biombo e disfarçam a voz para não serem reconhecidos.
O Sr. Conde tem de defender o nível do blogue e, assim, limitar estas excrecências ao seu próprio local - a sargeta.

M

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Estás a ver-te ao espelho.
E cada vez mais te espalhas, pá.
Tem juízo, tem juízo, já tens idade.
Cuida de ti e, sobretudo, de quem está contigo, senão vão-te à vinha e comem-te os cachos.
Quem te avisa .....

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Quando um gajo se sente ameaçado só tem que se defender. Como? Matando os inutéis! É fácil carrega-se no gatilho e já está.

Anónimo disse...

Já utilizaste o simplex para a licença de uso e porte de arma?
Utiliza pá, que é simples, é barato e não custa milhões.
Depois já podes matar meio mundo, a começar por ti próprio!
Valeu!?

Anónimo disse...

Acho grave e de muito mau gosto de associaram o JG ao Diogo de Arruda.
O JG n�o merece estes ataques pessoais.
Agora at� inventaram essa dos salarios em atrasos!

O sr. Diogo de Arruda � que deve divertir-se � brava com esta colagem ao JG.

O JG daqui vai um abra�o de solidariedade, vai enfrente.
Essa malta tem uma doen�a grave que se chama dor de cotovelo!!!!

JG pode contar sempre comigo!
Um abra�o!

Anónimo disse...

Mas o Arruda (JG) ir em frente em quê? Francamente:-(

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Onde está "Vou de férias à minha custa mas volta, acho" deveria estar "Vou de férias à minha custa mas volto, acho" e onde está "e desafiei-o a a publicar tão triste acontecimento" deveria estar "e desafiei-o a publicar tão triste acontecimento". Pronto feitas as correcções parto "angustiado" de férias pois deixo o Condado entregue aos dragões de Komodo mas que se f...!

Anónimo disse...

Já disse ao Arruda (JG) para acertar o relógio do blogue dele mas a incompetência até se vê nestas pequenas coisas.

Anónimo disse...

Apesar de não ser em território de Tomar - p. exº no Agroal-Sabacheira, nas piscinas (sem ondas) do Paiva, na magnífica praiaartificial do Flecheiro.
Boas férias!
Volte com mens sana in corpus sanu!
Amen

Barão da Picada

Anónimo disse...

p/ Barão da Picada

Cada vez há mais monárquicos por aqui. Não sei se é bom ou mau sinal...
Os republicanos ainda arriscam a ficar em minoria. Por este andar já não enchem a Praça defronte dos Paços do Concelho...
Também vou arranjar um título para mim. Talvez Marquês da Sabacheira, ou Duque da Matrena, ou Conde de Paialvo. Também gostaria de Barão do Coito e da Venda da Gaita...

Anónimo disse...

Nao percebi um comentário aí atrás. O Hugo Cristóvao presidente do PS vai ser candidato pelo PSD?

Será que nao queriam dizer Pedro Marques?

Anónimo disse...

Como é óbvio queriam dizer Pedro Marques, pois referiam-se ao líder da oposição.
Que se saiba a oposição é feita pelos Independentes e não por um tal Hugo Cristovão que a maioria da população nem conhece.
Se têm dúvidas sobre quem lidera a oposição, perguntem ao Paiva e ao PSD que não terão qualquer dúvida em responder que é o Pedro Marques.
Aliás, é essa a grande preocupação do PS e do PSD para as próximas autárquicas.

Anónimo disse...

Caro Conde parabéns por seres do PS e lamberes as botas ao teu amigo gordo Cristovão. "Gordo" por acaso é ofensa é? O Cristovão é magro é? Então Conde não removas posts que têm interesse para os munícipes. Eles têm o direito de saber a verdade que se passou em 2005 nos bastidores da política.
Caro Conde eu estou a brincar pois sei que és dos independentes. Quises-te foi dar uma de higienista e controlador de qualidade do teu blogue pois há muito que perdes gente aqui. Tu e o teu inimigo do Cristovão pois o gordo de quando em vez manda para aqui uns bitaites que os mercenários dos IpT adoram ripostar. Quem ganha com isto é o blogue do Arruda (JG)!

Anónimo disse...

Conde não adianta defender Marques, que ganha em peso o que perde em credibilidade. Voltar ao antigamente? Não! Mas também era impossível pois agora as fiscalizações já não permitem que se somem imóveis com ordenados de 500 contos mensais!

Anónimo disse...

Caro Conde, devia ser obrigatório que quem pretenda pôr em causa a honra e a dignidade das pessoas, tal como o anónimo das 16H18, devia ser obrigado a identificar-se.
No entanto, para esclarecimento desse mesmo anónimo, para todos aqueles que estão de boa-fé e desse modo acabem com este tipo de atoardas e maledicência, informa-se, o que aliás ele e os seus camaradas do PS bem sabem, que se alguém foi inspeccionado e investigado a tudo e mais alguma coisa, foi o Pedro Marques e a Câmara Municipal no tempo em que ele foi presidente.
Posto isto (continuem a ladrar e não se esqueçam que vozes de burro não chegam ao céu), não restam dúvidas de que estão mesmo preocupados com ele e como é hábito, fazem jogo baixo e baixa politica, tal como o vosso "mentor" Luis Ferreira diz tão bem saber fazer.

Anónimo disse...

Anônimo said:
"mercenários dos IpT adoram ripostar...".
24/8/07 16:14

Enganou-se na porta com imputações falsas e maliciosas.
Deve chamar mercenário àqueles que o são mesmo (e há bastantes por aí).
Os IpT têm todos profissão (liberal, dois; reformados, dois e funcionários públicos, outros dois) e não vivem à custa do orçamento da Câmara Municipal de Tomar ou do Governo, ou seja não têm tachos.
Outros há - e são bem conhecidos - que recebem do orçamento do Estado boas maquias em funções de nomeação e de confiança política e outros até recebem do orçamento da Câmara por avença.
Portanto quando quiser denunciar factos ou pessoas, ao menos seja verdadeiro e tenha o cuidado de respeitar cidadãos sérios e que vivem do seu trabalho.
Baixa política é própria de mentes deformadas, de traumatizados, de gente pouco séria e pronta para tudo (desde que ganhe algum).
Portanto, sr anònimo, tenha tento na língua (e na escrita), ganhe juízo e, se é sério, retrate-se e não volte a escrever (dizer) atoardas e banalidades balofas.

Anónimo disse...

Homem voltei: para já um reformado não tem profissão é como uma dona de casa só que remunerado. E é óptimo que falem de nós. Só se sente incomodado quando se escreve sobre alguma matéria que os senhores não gostam não é? Isso é que vos lixa.
O senhor também se identifica para defender o seu amigo? Não claro! Os mercenários são isso mesmo "aqueles que trabalham por interesse" e nessa óptica somos todos.
Então escreva sobre o sentir comum da população tomarense e não em nome de outros a quem presta vassalagem sem necessidade! O povo não é culto mas não é burro. Oiçam os tomarenses que por aí andam e trabalham e que acham extraordinário como se enriquesse no poder autárquico. Claro que nada se provou das denúncias anónimas mas também ninguém ainda foi capaz de provar como se amealhou tanto, por isso Sócrates e Cavaco vêm pôr os senhores presidentes de câmara e de junta na linha. Por exemplo custa alguma coisa a quem é gestor público e a bem da transparência provar que o que se fala dele ou dela é pura inveja e mentira? Basta um pequeno exercício de honestidade para com os cidadãos e fazer o seguinte: "Estão aqui as minhas declarações de rendimentos dos últimos anos e os extractos das minhas contas bancárias. Senhores jornalistas agora publiquem e tirem as vossas conclusões para o povo que desconfia de mim perceber que não transformo latão em ouro sem transpirar muito. Assim eu provo que tenho isto ou aquilo no valor de A euros porque ganhei do meu trabalho autárquico ou de outras fontes (sorte grande!) ou ainda porque herdei B euros. E pronto estava resolvido o problema. Assim pode-se tentar reconquistar a cabeça dos tomarenses na urna, de outra forma é como muitos e muitos de cá dizem: aqui em Tomar ele nunca mais pois está queimado!!!
Portanto senhores que têm poder na coisa pública ponham-se em linha que já é tempo disso. Alguns famosos são arguidos, outros vão sê-lo e outros (muito poucos) nunca o serão pois portar-se-ão à altura ou serão espertos demais para a justiça. Os tempos mudaram e de que maneira! Tenho para mim que só vai para a política quem não gosta do que faz profissionalmente para ganhar poder e enriquecer. É uma atitude interesseira. Servir o povo não é para os jovens ou falhados profissionalmente pois a esses é costume chamar-se oportunistas. Mas existe uma minoria: Ramalho Eanes, António Guterres e Aníbal Silva são três bons exemplos (serviram e servem em primeiro o país - uns melhores que outros, claro). V. Loureiro, F. Felgueiras, I. Morais e outros em concelhos mais pequenos (serviram e servem em primeiro os seus interesses imobiliários e patrimoniais muito bem; serviram e servem em segundo as suas autarquias - uns melhores que outros, claro) são maus exemplos.
Espero que me tenha feito entender porque as pessoas em Tomar são muito melindrosas quando se fala do indivíduo que está ou não no poder e acumula tanto património e não se sabe como. E nestas coisas não há segredos. Então prove-se como? Se me acusarem de alguma coisa que eu possa provar - e em relação ao património isso deveria ser claro e não obscuro pois quem não deve não teme - imediatamente punha à disposição de quem tivesse visibilidade (media por exemplo ou procuradoria) todas as fontes de manifestação do meu património pessoal. Quem vai para a política local e até nacional não vai para enriquecer pois com os ordenados a 500, 600, 700 euros não se fica refastelado na vida em 8 ou 10 anos! Vai servir o próximo? Com certeza que não. Vai é servir-se a si próprio e esses arguidos acima referidos vão ser culpados e servir de exemplo para outros. Benditos mass media ou amigos traidores que os lixam e apanham em flagrante. Mas se eu escrevesse haveria tantos tantos tantos a acusar que a justiça ficava entupida por isso força que não se apanhou, não se apanhou já que é passado mas que a malha fique muito fina para até o peixe miúdo ser apanhado. Até é uma questão de saúde pública pois os familiares destes senhores aprendem com eles e isto torna-se numa doença familiar! É uma peste que assola a sociedade. Por acaso o Salazar enriqueceu? Não. Se fosse para enriquecer não teria gerido o país mas alguma empresa do Champalimaud. Então paz à sua alma. Chega por hoje.

Anónimo disse...

Tanta conversata e tão confusas ideias.
Quanto mais escreve mais baralha.
Mas o importante é que percebeu a mensagem e já veio doirar a pílula, dizer que afinal os mercenários não são bem mercenários (são uma espécie de), ou seja, quer dizer pois.
E mercenários "à borla" é espécie inexistente.
Já percebemos todos que o sr anónimo não gosta do Dr. Pedro Marques e, claro atira-se a ele como gato a bofes.
Está no seu pleníssimo direito de não gostar dele, como outros não gostam e como outros gostam.
Mas, se tem dados diga "preto no branco" quais os factos ilícitos que ele praticou e que provas tem.
É útil para todos e permite esclarecer posições.
Então aceita o desafio!?
Cá ficamos à espera que desembuche aquilo que sabe e que pode ser devidamente comprovado.
Agora insinuações em relação a ele ou a outro qualquer que seja, não muito obrigado.
Deixe para o "24 Horas", o "Tal E Qual", o "Correio da Manhã", que esses ao menos fazem jornalismo com alguma investigação e dão no osso da malandragem política.
Será desta que o sr. anónimo vai para os carris e começa a dar substância e consistência ao que aqui escreve?
Se assim for felicitamo-nos e felicitamo-lo, porque arrepiou caminho e passou a respeitar os outros (Adversários, que não inimigos=.
Fique em paz e que o Senhor o acompanhe.
Tenha bons sonhos e não nos transmita os seus pesadelos advindos de frustrações.
Muito obrigado.

Anónimo disse...

Vai-te

Anónimo disse...

O senhor é que não atinge mais por isso não tem habilitações suficientes para ser considerado por mim um letrado do século XXI. E é um mercenário e basta e uma besta dum ignorante. Eu não tenho que provar a minha seriedade os que vão a votos é que têm e não venham com a treta da justiça à 12 anos atrás que nessa altura ainda viviamos nas trevas!

Anónimo disse...

Conde
Com um carroceiro malcriadão sempre com o instrumento e a resultante da cloaca na boca, não há volta a dar e nem vale a pena.
Nem na mais infecta taberna se aceitam criaturas destas.
Com um ignorante militante que vem para aqui mandar bitaites, com um ar de intelectualidade balofa negligé também nada se ganha.
Das duas uma ou Conde corta a direito e acaba com o asneiredo e possibilita um debate sério das questões ou estes artistas têm de ficar a pregar para o deserto, que nem vale a pena dizer nada.
Infelizes pais que tais filhos geraram.
Infeliz terra que tal gente sustenta.
Tomar contina a ter razões para estar preocupada e o seu desenvolvimento estagnou com a grande ajuda de figurões como estes.
Nada de positivo fazem, nem querem fazer.
Que tristeza.
Tomar no seu pior!

Anónimo disse...

Se bem li os IpT são só seis? Tinhamos a ideia que eram mais! Nos folhetos de propaganda eram um pouco mais ou precisamos de óculos? Mas bem nos parecia que aquilo era uma espécie de lista oligárquica como disse o Eng.º Paiva "uma lista" e nós não gostamos de usar os títulos académicos (agora banais) como outros que escrevem o "Dr. Pedro Marques". Isso é coisa de subalterno e típico dos indivíduos na fase descendente da vida. É sr. Paiva e sr. Marques e acabou pois a "era das trevas terminou". E na Europa desenvolvida ninguém usa títulos académicos aplica-os no seu trabalho onde são bons. Aqui em Portugal e em Tomar os nossos dr's (que são quase todos qualquer dia e ainda bem) adoram só que nas suas profissões não prestam e por isso infiltram-se na política municipal. Conde sr. Viana apague os posts de linguagem grosseira e ofensivos à honorabilidade de outrem para fazer o favor aos seus 5 ou 6 amigos "mercenários" dos IpT. "Mercenários" pois fazem sempre algo em troca de algo e aqui nem é preciso haver dinheiro em circulação: nós conhecemos bem o ADN desses senhores!

Anónimo disse...

E já agora caro senhor se escrevesse menos (qual debate? Vá trabalhar pelos cidadãos ou por si) e trabalhasse mais era óptimo pois é aquilo que Tomar precisa: profissionais competentes nas suas áreas de trabalho que é o que nós tentamos fazer no nosso quotidiano e não meia dúzia de marretas insatisfeitos com as 8/10 horas de ganha pão diárias (excepto os reformados que trabalham gratuitamente no serviço à comunidade).

Anónimo disse...

Coitado este agora está preocupado com os títulos académicos.
Ou tem inveja ou tirou algum curso rápido numa das ditas universidades espalhadas pelo País.
Antes os da chamada Universidade de Carregueiros, porque tiveram um grande professor e são gente com muito mais categoria que este traumatizado.
A incapacidade deste afere-se por não conseguir perceber que os IpT só se referem aos que foram eleitos (e aos que os substituiram) dois vereadores e quatro deputados municipais (dos quais um renunciou e foi substituído pelo actual efectivo e houve já substituições pontuais) e não a todos os que integraram as listas.
Curiosamente ou talvez não todos os cidadãos que foram eleitos, bem como a esmagadora maioria, nunca teve lugares políticos na autarquia, nem no Governo (directa ou indirectamente) e nem sequer ligações profissionais à Càmara Municipal ou a Governos Civis, Direcções-Gerais, Institutos Públicos, ou sequer similares, ou seja não vivem à custa do erário público.
E o escrevente? Pode dizer o mesmo? Ou tem alcavalas nestes ambientes do poder central ou local
Parece ter chegada a altura de dizer a este bestunto: vá pregar para os seus correlegionários, ou adira a uma das igrejas existentes e largue-nos da mão.
Vá xatear o Camões.
Já estamos fartos da sua escrita aos zig-zagues e solavancos, própria de algum calculista militante.
Que vá e não volte são os melhores votos.

Anónimo disse...

Já lhe vou responder senhor incompetente! Para ver que não somos de partido político nenhum!

Anónimo disse...

Incompetente era a pata que o lambeu, seu presunçoso!
Primeiro vá aprender e depois de sujeito a exame e obtido um resulutado válido apareça com humildade nestes espaços.
Cresça e apareça.

Anónimo disse...

Resulutado?
Votámos nos senhores marretas em 2005 mas foram e são ainda uma desilusão para todos aqueles que vos deram apoio. São uma oposição de m... sem consequência. São uns fantoches na assembleia e não passam de facto de uma meia dúzia! Estão sozinhos por isso acabados.
No jantar dos bombeiros quando o sr. Oliveira discursava vigorosamente "o Pedro Marques é um homem sério, vive do seu trabalho". Acha que os 300 ou 400 que lá estavam acreditaram? Não claro mas apoiaram pacientemente o homem pois estavam fartos do Paiva.
O sr. Marques já teve, desde lá, aulas de Marketing político? Os discursos dele são monocórdicos, sem fio condutor. Nós já não vivemos nas trevas! Olhem para o sr. Paiva que gere como ninguém a sua carreira política apesar de estar já gasto em Tomar.
O sr. Rosa Dias já sabe manusear um computador?
O sr. Oliveira já é mais civilizado e deixou de deitar as beatas para o chão?
O sr. advogado que lê para a rádio ideias estéreis não poderia dedicar-se ao seu frutuoso trabalho? Mal vai a nossa comunicação social que aceita estes colaboradores!
O sr. Vasconcelos já é liberal ou ainda culpa o Estado português de tudo que está mal?
Não temos cartão. Somos verdadeiros independentes com profissão altamente qualificada (não somos falhados) e honestos.
Não somos do PS pois detestamos gente daquela que vive à sombra do sr. Luís Ferreira e do governador civil. Este último também deveria ser investigado por quem de direito mas até o PS estar no poder não há hipótese. E falta o sr. Cristovão que não passa de um capacho a quem o poder (que não é poder é um tacho efémero) subiu à cabeça mas que vai depressa descer à terra.
Por último não somos do PSD pois estes criaram um verdadeiro monstro na nossa cidade. O sr. Relvas nas palavras do sr. Oliveira é a cabeça e o sr. Paiva um tentáculo. Este último também está a dar as últimas badaladas para sair da cidade deixando-a cheia de dívidas. Já repararam como o senhor anda desorientado?
Não gostamos da política de gravata mas a do dia-a-dia junto das populações e se escrevemos aqui é para tentar cortar o círculo político vigente e empoeirado. Este condado (feito à medida das necessidades dos IpT amorfos) era um feudo dos marretas dos IpT, dos rosinhas e dos laranjinhas e até do Arruda (JG).
A única razão que nos move é o "gosto pela diversão" dizendo a verdade que muitos não têm capacidade para ver ou observar como nós! Sempre independentes ao serviço das pessoas nas nossas profissões. Diferentes destes seis velhos marretas dos IpT que andam nisto durante anos e nada fizeram pela população tomarense. Como se diz em português: uns interesseiros.

Anónimo disse...

Agora sr anónimo só lhe falta tirar a máscara e vir a público dizer:

eu sou o salvador de Tomar, o grande leader, o educador da classe política, aquele que todos devem apoiar, em quem devem votar.
Enfim, melhor que eu não há em lado nenhum.
Tomar c´est moi!
Conratulations and celebrations!
VIVA O GRANDE ANÓNIMO!

Anónimo disse...

Ficou de fora o pessoal do Bloco de Esquerda, do CDS e CDU. Cà para mim deve ser algum jeitoso destes.
Atira atira que te pode cair em cima!!!!!!

Anónimo disse...

Ou será um seráfico cangalheiro a soldo de uma das agências funerárias políticas (leia-se partidos) de Tomar a arredores.
Lá que é ave agoirenta com prosápia e pretenções ninguém duvida.
Segundo diz com "profissão altamente qualificada (não somos falhados) e honestos.
Talvez, porque o Inferno está cheio destes especimens.
Mas que é um parvalhão a armar ao pingarelho e a largar postas de pescada, isso é certo.
Que tire a máscara e venha jogar, não tenha medo.

Anónimo disse...

Gostava que alguém me explicasse qual a razão da corrida para a Câmara ser tão disputada por gente tão maldizente.
Isto não se faz.
Calúnia atrás de calúnia...
Miseráveis! Metem nojo!
Há por aí uns ilumindados,sérios, muito honestos, com muita competência e realizados profissionalmente, são tão bons em tudo, ah se estava a esquecer que o único problema que têm é de origem sexual.
Como já não sabem fazer amor ou não têm ninguém que os ensine, tentam fo... o juízo aos outros!
Cá por mim bem podes tentar meter a p..... que não tens sorte nenhuma.
Vai ver se está a chover!!!


Um anónimo realizado sexualmente

Anónimo disse...

Será este anónimo como o Socrates?
Produzido?.
Realizado?
Quem deve sofrer é a mulher (e a amante), que não tem (têm) culpa nenhuma.
Só falta ele dizer se é machão lusitano dos puros.

Por acaso aqui onde estou não está a chover, há muitas núvens mas temperatura e clima ameno.
E tu anónimo vai até Santa Comba visitar a campa do teu Salazar, talvez te faça bem ao ego.
E vai-te catar que o teu mal são as pulgas.

Diogo de Arruda disse...

Se há coisa que me cansa é a estupidez!
Se lhe juntarem então uma dose generosa de arrogância, outra de falta de educação e uma boa dose de falta de senso comum e de desonestidade intelectual fica feito o retrato dessa alimária que agora, e insistentemente, achando que me identificou como sendo o José Gaio por onde passa deixa a sua marca infecta.

Agora adoptou o plural majestático. Fantástico.

Nos mal ataviados escritos que produz para além de sandices tais como, e cito “(…)Não gostamos da política de gravata mas a do dia-a-dia junto das populações e se escrevemos aqui é para tentar cortar o círculo político vigente e empoeirado. (…)” ou um “muito sábio” “(…)A única razão que nos move é o "gosto pela diversão" dizendo a verdade que muitos não têm capacidade para ver ou observar como nós!(…)” ressalta uma única realidade que é a de para além da gabarolice parola, do auto-elogio pateta e mal construído e de uma presunção estúpida se vislumbrar, para além das palavras pretensiosas, um absoluto deserto de ideias. O “homem dos 31 minutos” é um saloio parvo e pretensioso sem nenhuma credibilidade.

Os outros são para ele seres desprezíveis e a afirmação de que “(…)Somos verdadeiros independentes com profissão altamente qualificada (não somos falhados) e honestos.” é sinónimo óbvio de que se verificará exactamente o contrário. Lá diz o povo que não há pior que elogio em boca própria.

Em todos os seus escritos perpassa a inveja, vide “(…)O sr. advogado que lê para a rádio ideias estéreis não poderia dedicar-se ao seu frutuoso trabalho? Mal vai a nossa comunicação social que aceita estes colaboradores!(…)” e uma confrangedora confusão de más ideias, vide ”(…)Sempre independentes ao serviço das pessoas nas nossas profissões.(…)”!!!

O que é que quererá tal escrito dizer? Que mente doente elabora tal conceito.



Tem a Democracia grandes vantagens e óbvias virtudes. Tem este grande defeito de permitir que estas anormalidades se arroguem o direito de pensar que pensam e de lhes permitir, a estes fascistóides, que vão deixando por aí os escarros que produzem.


Diogo de Arruda
(Fascismo NUNCA mais!)

Anónimo disse...

APOIADO

Sr. Diogo de Arruda

Direi ainda mais

Fascismo e fascistas com pele de democrata, cabeça oca e hálito putrefacto NUNCA mais!

Viva a LIBERDADE!

Anónimo disse...

A nossa liberdae acaba quando começa a dos outros!
É porco, sujo sob o anonimato atirar pedras seja a quem for!
Se há pessoas que podem ter ou tiveram na vida pública uma postura criticável, que as criticas sejam assumidas com dignidade.
Tudo o resto é vil, é mau, é de uma mente preversa a precisar de tratamento urgente!

O Observador

Anónimo disse...

O Sr, Advogado tem todo o direito do mundo de falar para a Rádio. Dá a cara e assume as opiniões! Os orgãos de comunicação social devem aceitar. A isto chama-se espirito democrático!
Toda a gente tem o direito de exercer a sua cidadania que pode até ser com textos lidos na Rádio.
Era bom que o pessoal percebe-se isto!

Anónimo disse...

Sempre que ocasionalmente visito este blog, saio desilududo com a falta de assunto de interesse e dos constantes ataques pessoais que por aqui circulam.No entanto, alguns comentários de alguns "democratas e gente séria" até fazem rir.
Veja-se o anónimo do dia 25 às 18H21, que refere os Ipt como mercenários e acrescenta " nós conhecemos bem o ADN desses senhores".
Esta do ADN só dá para rir - mas presunção e água benta cada um toma a que quer - e o nós deixa claro tratar-se de um grupo, possivelmente o PS.
Pobre politica tomarense que resvala sempre para o deserto de ideias e para a má lingua e que, sem fundamento, acusa aqueles que conseguiram que todos vissem que afinal "o rei (leia-se Paiva) vai nú" e se abrissem portas a alternativas credíveis.
Pena é que os líderes do PS local só olhem para o seu umbigo e só pensem nos lugares que por "amizades" ocupam e esqueçam o pulsar e pensar das gentes de Tomar.
Mas do que li uma coisa é certa: os Ipt e o Pedro Marques têm sido a verdadeira oposição à Câmara PSD e ao Paiva e os outros, PSD e PS através daqueles que por aqui vão passando, só sabem dizer mal, o que é bom sinal.
O PS que ignore aqueles que lhe deram credibilidade e força e continue a tentar promover Anabelas, Hugos e Vitorinos (gente que quase ninguém conhece) e o PSD que dê forma à vaidade e ambição pessoal do Carrâo, que não tem a minima qualidade para ser presidente, que não passará de outro Alexandre ou Carlos Silva, ou então, como alguém já disse é o Alexandre do PSD (com a diferença que não atraiçoou o Paiva - até agora -, como o outro atraiçoou o Pedro Marques), que os Ipt nas próximas eleições lá estarão mais fortes que nunca e a população reconhecerá neles a única alternativa credível.
Se têm dúvidas percorram este concelho e falem com as pessoas, pois apesar do ostracismo a que os jornais os têm votado, as pessoas sabem donde vêm as ideias e as melhores propostas para o concelho. Veja-se a proposta referente à iluminação pública do concelho, que se não fossem os Ipt o assunto continuaria na gaveta, o protocolo com a EDP eternamente adiado e a população mal servida durante pelo menos mais dois anos e meio.
As próximas autárquicas serão para o PSD perder, sem Paiva e com Carrão não têm qualquer hipótese (a não ser que se pretenda um presidente para ir a festas, dançar e beber copos), o PS para ter hipótese ou muda de gente ou a gente que o dirige muda de estratégia, o que não acredito, pois ao que dizem preferem perder. Neste cenário é expectável que sejam os Ipt a merecer a confiança da população, desde que continuem a defender e a propôr de forma clara as suas ideias e essas continuem, como até agora, a merecer o apoio da maioria da população.

Anónimo disse...

Dez posts a jusante do nosso e nada... estão muito gelados e quase em hipotermia. Não acertam, uma e não acertam em nada! Que gente burra, incompetente e falhada tanto sexualmente (têm que pagar a prostitutas); pessoalmente ( os casamentos não resultam) e no trabalho (o dinheiro não chega e o gosto pelo trabalho já era pois a intriga política é mais importante)
Vamos tentar entender seus invejosos e velhos:
1.º estamos realizados profissionalmente (até poderiamos ser cantoneiros isso pouco interessa) e novos (claro que esta característica passará com o tempo não é?);
2.º a política do poder ou oposição não nos interessa (ao senhor Arruda JG sim claro mas em 2009 aferiremos da sua incoerência pois um jornal e umas aulinhas não chegam para engrossar o património e achamos bem que não pois é preciso mais, mais e mais);
3.º temos apenas cartão de eleitor e não alinhamos pelos Verdes, Blocos, PP ou CDU por isso os ignoramos (atenção que não é desprezo pois muitos que lá estão até sabem usar um computador, até têm profissão, até são gente competente e até são gente nova!);
4.º quando se mexe até com gente já acabada e frustrada dá nisto (retaliações típicas de políticos pré-históricos, mercenários ou dependentes de oligarcas);
5.º vamos deixar este espaço durante algum tempo para as velhas possidónias comerem todas à mesa em paz;
6.º O trabalho competente é o mais importante ao serviço de todos até dos 6 jarretas dos IpT. Para trabalhar com qualidade temos que usar o nosso tempo e, só de quando em vez dar um saltito, para pura diversão neste condado cheio de caruncho e bolor. Pungir o status quo é um choque endorfinico espectácular por isso os que gostam venham para aqui e não metam drogas. Façam exercício físico e mental. Já agora o Carrão tem a mania de fazer uma espécie de jogging na rua e um dia destes é passado a ferro. O homem é de uma incúria;
7.º parece que os jarretas retornam em 2009. Erro grave! Claro que as pessoas nas aldeias dizem mal do Paiva mas depois nunca vos darão o voto seus tontos. E não culpem os media pois deveriam ter tido uma estratégia. Não é através dum advogado que vai lendo uns bitaites na rádio. Quem vos rodeou deu ideias mas só seguiram a cabeça do chefe. O resultado está à vista. Até nem sabemos bem o que leva o sr. Rosa Dias a ainda lá estar. Sim porque ele e o sr. Marques não se entendem (nós sabemos bem. O acasalamento foi uma tremenda encenação pois quem mandou na campanha foi sempre o grande pois o pequeno só encolhia os ombros, coitado!). O sr. Rosa Dias um dia quando bateu com a porta na câmara disse ao sr. Paiva "consigo não trabalho mais" e agora? Foi para a oposição do sr. Paiva outra vez? Fazer o quê? Era para ver se pingava para o Sporting? Lixou-se! Interesseiros esta irmandade dos IpT;
8.º Os 6 amorfos já têm estatutos? Já apresentaram, a quem vos elegeu, as contas da campanha? Onde param os donativos e o subídio estatal? Sejamos transparentes, sérios e honestos seus macambúzios. Até perguntávamos coisas mais internas mas ficamos hoje por aqui! Não esquecam que nós demos o apoio a um grupo largo de cidadãos e apenas restam 6! Onde está a capacidade de liderança para criar uma equipa de trabalho? São 1 mais 5 não é? Porque será? Porque era este o objectivo servir-se de outros para ficarem no palco mas foram parar à primeira fila. Pois assim mesmo, sem pelouro assistem na fila da frente já que quem sabe podem lá estar no palco em 2009. Só por cima dos Tomarenses esclarecidos! Reformem-se que nós pagamos as vossas reformas.
Até um dia destes. Hahaha :-)

Diogo de Arruda disse...

“(…)Dez post a jusante do nosso e nada.(…)”

Coitado. É, seguramente, a única tomarense com ideias.

Executam um exercício simples. Vão ao Google e teclem “choque endorfinico”. Pronto! está bem, a palavra não existe mas que fazer? Foi o que Sua Anormalidade escreveu.

O que se obtêm? Apenas dois resultados.
Um referente ao blog do Templário e outro ao blog do Sr. Conde.
Repararam? O comentário do Templário é parte do comentário do Condado. Achou-se Sua Anormalidade tão genial que não resistiu ao copy/paste. Fantástico. Deve ter sido nesse dia que achou que era inteligente.


Depois, estranhamente ou não, faz uma referência ao pai, e cito “Que gente burra, incompetente e falhada tanto sexualmente (têm que pagar a prostitutas); pessoalmente ( os casamentos não resultam) e no trabalho (o dinheiro não chega e o gosto pelo trabalho já era pois a intriga política é mais importante)”. Ajuda a esclarecer. Freud pensou e escreveu acerca disto!

Seguem-se algumas baboseiras sem nexo e, novamente cito “4.º quando se mexe até com gente já acabada e frustrada dá nisto (retaliações típicas de políticos pré-históricos, mercenários ou dependentes de oligarcas);” E, de facto, é estranho. Gente já acabada e frustrada retalia? Como? Tipicamente como políticos pré-históricos, mercenários ou dependentes de oligarcas. A gaja que escreveu isto estará boa da pinha?

E continua com “5.º vamos deixar este espaço durante algum tempo para as velhas possidónias comerem todas à mesa em paz;” Finalmente! Seja qual for a razão é sempre, mas sempre!, boa notícia.

Segue-se, brilhantemente, um parágrafo absolutamente genial, passo a citar “6.º O trabalho competente é o mais importante ao serviço de todos até dos 6 jarretas dos IpT. Para trabalhar com qualidade temos que usar o nosso tempo e, só de quando em vez dar um saltito, para pura diversão neste condado cheio de caruncho e bolor. Pungir o status quo é um choque endorfinico espectácular por isso os que gostam venham para aqui e não metam drogas. Façam exercício físico e mental. Já agora o Carrão tem a mania de fazer uma espécie de jogging na rua e um dia destes é passado a ferro. O homem é de uma incúria;” Dou outra caixa de “Estrelas de Tomar” a quem me conseguir convencer que “isto” quer dizer alguma coisa. E a que propósito meterá a gaja o nome do Carrão neste arrazoado?...

E o “grand finale” é com “7.º parece que os jarretas retornam em 2009. Erro grave! Claro que as pessoas nas aldeias dizem mal do Paiva mas depois nunca vos darão o voto seus tontos. E não culpem os media pois deveriam ter tido uma estratégia. Não é através dum advogado que vai lendo uns bitaites na rádio. Quem vos rodeou deu ideias mas só seguiram a cabeça do chefe. O resultado está à vista. Até nem sabemos bem o que leva o sr. Rosa Dias a ainda lá estar. Sim porque ele e o sr. Marques não se entendem (nós sabemos bem. O acasalamento foi uma tremenda encenação pois quem mandou na campanha foi sempre o grande pois o pequeno só encolhia os ombros, coitado!). O sr. Rosa Dias um dia quando bateu com a porta na câmara disse ao sr. Paiva "consigo não trabalho mais" e agora? Foi para a oposição do sr. Paiva outra vez? Fazer o quê? Era para ver se pingava para o Sporting? Lixou-se! Interesseiros esta irmandade dos IpT;
8.º Os 6 amorfos já têm estatutos? Já apresentaram, a quem vos elegeu, as contas da campanha? Onde param os donativos e o subídio estatal? Sejamos transparentes, sérios e honestos seus macambúzios. Até perguntávamos coisas mais internas mas ficamos hoje por aqui! Não esquecam que nós demos o apoio a um grupo largo de cidadãos e apenas restam 6! Onde está a capacidade de liderança para criar uma equipa de trabalho? São 1 mais 5 não é? Porque será? Porque era este o objectivo servir-se de outros para ficarem no palco mas foram parar à primeira fila. Pois assim mesmo, sem pelouro assistem na fila da frente já que quem sabe podem lá estar no palco em 2009. Só por cima dos Tomarenses esclarecidos! Reformem-se que nós pagamos as vossas reformas.


Ficámos a saber tudo!

O que move esta gaja? O que a faz correr?

Vejamos! Ela “deu ideias” mas “ só seguiram a cabeça do chefe”. E revela-se em “(…)Sejamos transparentes, sérios e honestos seus macambúzios.(…) Reparem na forma verbal. Não é um “sejam” é um “sejamos”. E também (…)Não esquecam que nós demos o apoio a um grupo largo de cidadãos e apenas restam 6!(…)

O que a move, então?

É a inveja, claro. Pensava ela que era chegar, ver e vencer. Que todos a iam achar genial e ficar de boca aberta com a sapiência de Sua Anormalidade. Que lhe iam dar o “tachito” que, desesperadamente, procura. E nada. Vai-se vingando conforme pode. Por agora diz mal de tudo e de todos. Um dia virá em que dela mesmo dirá o que Mafoma não disse do toucinho.

Diogo de Arruda
E não o José Gaio
(Finalmente esclarecido!)

Anónimo disse...

Caramba
O Arruda é que topa este gaja (ou gaja, ouas duas coisas) e dá-lhe na lombeira como bem merece.
Inveja. Frustração. Dor de cotovelo. Traumatismos.
Enfim ... um oceano de tristeza e um vazio completo de ideias e de princípios.
Tudo vale para tentar achincalhar alguns, gozar com outros, passar a mão no pelo a outros.
Esta (este) artista anda muito atarefado para obter uma pasta na procura de uma posta.
Que Deus misericordioso se lembre dele e lhe dê o tento na bola necessário para não continuar pelos erráticos (e errados) caminhos em que se aventura.
Tendo formação superior dá informação inferior.
Por Alá rume a Meca e fique por lá numa madrassa a estudar para talibã, seguindo depois para o Iraque onde os yanques lhe farão a barba.
Saúde e bichas ... no cú três dúzias.
Amen.

Anónimo disse...

- Arruda (JG) não é por teres ar de padre, óculos e andares de fato que deixas de ser um… BURRO.

- Dez POSTS e não POST: Nem sabes copiar, BURRO!

- Que sabes das endorfinas? Então procura (no teu google), se não tens nada que fazer, a palavra ENDORFÍNICO. Como é que um BURRO se mete com quem domina ciências médicas. E endorfínico leva acento agudo: somos mesmo BURROS como os BURROS do Arrudas (JG’s)!
Nota: busca por “endorfínico” seu BURRO. E “choque endorfinico” é uma locução não um vocábulo! Nós não roubamos nada a ninguém o que escrevemos é da nossa cabeça com a ajuda de outros inteligentemente desenvolvidos, BURRO.

- Sobre putas, casamentos do faz-de-conta e profissões falhadas não vamos dizer mais nada do que lá está no nosso post! Só os BURROS não atingem mais.

- Quanto ao 4.º ponto: é o que lá está BURRO.

- 5.º ponto: Idem, BURRO.

- 6.º ponto: endorfinas, drogas e desporto estão relacionadas, BURRO. Se não queres ler a minha arte ou não chegas lá então trabalha mais pois nem todos temos o mesmo QI., BURRO.

- 7.º ponto: aqui não mexes não é BURRO? Não vos interessa?

- 8.º ponto: “Sejamos” é uma forma de partilhar e não de atribuir o ónus de não serem transparentes, sérios e honestos. Nós quando co-habitámos com gente assim também o fomos temporariamente ou então fomos temporariamente enganados. O último adjectivo é aquele que pensamos se ajusta a nós. ENGANADOS pela irmandade! Também agora só cai quem quer hahaha!

- Ora o que nos move? És burro ou quê? O gosto pela diversão mas responsável.

- Algum dos capachos que escrevem aqui poderão fazer o obséquio de responder às questões por nós postas ou é suposto pedir ao oligarca-mor autorização? Onde param as receitas da campanha? Porque não passaram alguns recibos aquando das contribuições? Ora bolas deveriam ter pedido recibo não é? Boa resposta! Se alguns na altura eram profissionais liberais e estavam dedicados 24 horas à campanha só perderam dinheiro! Ora que pena! Deixem-nos rir: hahaha! Transparência Arruda (JG).

- Arruda (JG) nós somos gajos e gajas mas noto algum complexo de superioridade a roçar o machismo? Claro, vindo de quem vem, BURRO.

- Um beijinho desta gaja que tecla contigo e cheia de gajos por trás. Arruda (JG) és mesmo BURRO caramba!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Li estas crónicas e acho que também posso dizer que nunca mais apoio o Sr. Dr. Pedro Marques e o Sr. Prof. Rosa Dias. Eu com 71 anos fui traida politicamente pelo segundo e desiludida pelo primeiro. E mais não digo pela consideração que tenho por eles até porque nos cumprimentamos cordialmente. Espero ter direito à minha opinião porque parece que quem é do contra leva logo com o ferro a ferver. Mas como eu há muitas pessoas que mostram o descontentamento pelo Sr. Eng. Paiva e pelos vereadores que mais oposição fazem. O Sr. Carlos Silva é um fantoche e gago coitado e parece que até bebe uns copos. Portanto apareça gente nova ou fique o Sr. Eng. Paiva pois está a fazer de Tomar uma cidade para as elites económicas. Felizmente que eu sou dessas elites e posso cá viver e o Sr. Eng. Paiva já disse em privado: quem está mal mude-se. Eu fico e quero ver quem fica também. Apoio o Sr. Dr. Carrão pela continuidade das suas políticas elitistas e burguesas pois também sou a favor das minorias. Independentes nunca mais. Foram uma desilusão para mim. E tanto dei para a campanha. Enfim... por Tomar sempre!!!

Anónimo disse...

Esta pioneira de 71 anos, sulista, elitista e social-democrata, quer o Sr. Dr. Carrão.
Então que fique com ele inteirinho que bem merece.
E já agora dê saudades à Adelaide a militante mais in (desejável) que o PSD teve.

Anónimo disse...

Oh minha ilustrissima e jovem senhora, então o seu ídolo, Sr. Carrão, já tirou o curso?
Qual?
Na Independente com os cupões da Farinha Amparo?
Por correspondência?
Pela Internet, aproveitando o magnífico site da Câmara Municipal?
Será o curso de dança de salão nos bailaricos pelo Concelho? E ainda o de assistente (com apoio) da terceira idade nas visitas de estudo com os jovens velhotes pioneiros?
Uma coisa é certa, na Universidade de Carregueiros não andou ele.
É muito novinho para isso.

Diogo de Arruda disse...

Comentários aos escritos de uma grande besta, um palhaço com pretensa formação em ciências médicas.

Transcrição ipsis verbis "choque endorfinico espectácular".

Não consigo ver o famigerado acento agudo. Olha! Afinal vejo. Deslocou-se para a direita. Espectacular.

Diogo de Arruda disse...

Comentários aos escritos de uma grande besta, um palhaço com pretensa formação em ciências médicas.

Transcrição ipsis verbis"(...)com a ajuda de outros inteligentemente desenvolvidos.(...)"

Não vale! Assim não vale! É jogo sujo vir com anedotas destas!

Diogo de Arruda disse...

Comentários aos escritos de uma grande besta, um palhaço com pretensa formação em ciências médicas.

Transcrição ipsis verbis (...)pois nem todos temos o mesmo QI(...)

Graças a Deus. O Senhor seja louvado!
Se fossemos todos como tu... valia mais matar-mo-nos!

Diogo de Arruda disse...

Comentários aos escritos de uma grande besta, um palhaço com pretensa formação em ciências médicas.

Transcrição ipsis verbis
(...)nós somos gajos e gajas mas noto algum complexo de superioridade a roçar o machismo? (...)

Que raio de pergunta é esta? Quero lá saber o que notas!

Diogo de Arruda disse...

Comentários aos escritos de uma grande besta, um palhaço com pretensa formação em ciências médicas.

Transcrição ipsis verbis
(...)O gosto pela diversão mas responsável.(...)

Nota-se! É só ver o teu comentário seguinte!

Diogo de Arruda disse...

Comentários aos escritos de uma grande besta, um palhaço com pretensa formação em ciências médicas.

Agora imaginem que esta besta não era (eu acho que supostamente) formado em ciências médicas e era antes um carroceiro.

Diogo de Arruda disse...

Comentários aos escritos de uma grande besta, um palhaço com pretensa formação em ciências médicas.

Grave, gravíssimo mesmo! posts e não post.

Diogo de Arruda disse...

Comentários aos escritos de uma grande besta, um palhaço com pretensa formação em ciências médicas.

Transcrição ipsis verbis
"8.º ponto: “Sejamos” é uma forma de partilhar e não de atribuir o ónus de não serem transparentes, sérios e honestos."

Fica-te bem! Aliás o Povo diz que quem confessa a verdade não merece castigo. Ficamos a saber que assumes não ser transparente, sério e honesto. Pelo menos ficamos a saber com quem lidamos. Supostamente formado em ciências médicas mas assumidamente um charlatão!

Diogo de Arruda disse...

Comentários aos escritos de uma grande besta, um palhaço com pretensa formação em ciências médicas.

Transcrição ipsis verbis
"(...)Se alguns na altura eram profissionais liberais e estavam dedicados 24 horas à campanha só perderam dinheiro! (...)"

Pena não teres sido tu! Muito!

Diogo de Arruda disse...

Comentários aos escritos de uma grande besta, um palhaço com pretensa formação em ciências médicas.

Se anda como um pato e grasna como um pato então é um pato! Tu és uma gaja!

Anónimo disse...

Com todo o respeito que tenho pelo Diogo de Arruda, gostaria de acrescentar que o Diogo de Arruda não é o Sr. José Gaio.
Já agora era bonito que se respeitassem mais as pessoas. Sobre estes pretensos políticos estou muito desiludido.
Conheço o Sr. José Gaio há vários anos, pessoa sensata, trabalhador, sério e honesto. E tudo o que lhe querem atribuir é falso. Ainda há homens que não se vendem por um prato de lentilhas.
Podem dormir descansados porque o que conheço do Sr. Gaio não está nos seus horizontes a corrida autárquica.
O Sr. Gaio está a fazer um excelente trabalho no Templário e provavelmente isso deve incomodar muito boa gente. Que se mordam!
Sr. José receba estas simples palavras de um amigo que o considera e estima, não dê ouvidos a vozes de burros! E querer confundi-lo com o Diogo de Arruda é só para rir.
Um abraço deste seu amigo

AF

Diogo de Arruda disse...

Com todo o respeito, Sr AF.

Explique "E querer confundi-lo com o Diogo de Arruda é só para rir."

Reputo-me tão honesto, sensato, trabalhador e sério quanto o José Gaio.

Diogo de Arruda

Anónimo disse...

O melhor património do mundo somos nós proprios!
Tudo o resto só nos pode dar um pouco de conforto!
Vai de recto santanás!!!
Acabai com os invejosos!
Ser feliz é simplesmente usufruir
o que os outros esquecem com facilidade - a vida !

Um homem que não é invejoso
Fico feliz quando vejo que outros
conseguem ser felizes!!!

Anónimo disse...

Expliquei-me mal Sr. Diogo de Arruda!
Não sei de quem se trata, não sei quem é Sr. Diogo de Arruda! Mas ao dizer "que querer confundi-lo (JG)com o Diogo de Arruda é só para rir" isto apenas quer dizer que é tão descabido o Sr. José Gaio ser o Sr. Diogo de Arruda que só dá mesmo para rir!
Por aquilo que escreve e do qual sou leitor assíduo acredito tratar-se de uma pessoa séria e honesta.
Aliás não tenho por hábito pensar mal das pessoas que não conheço.

AF

Anónimo disse...

O malcriadão folgou?

Anónimo disse...

O PS parece que anda perdido com tanta atordoada aos independentes!
Afinal os IPT +pdem fazer moça e muita moça!

Anónimo disse...

Carlos Carrão ao poder e JÁ!
Tens o meu voto!

Anónimo disse...

As próximas eleições para a Câmara vão ser um autêntico lavar de roupa suja!

Discute-se tudo,
calúnias não vão faltar!!!

Diogo de Arruda disse...

Sr AF

Foram explicações suficientes.

Anónimo disse...

Arruda (JG) BURRO: "valia mais matar-mo-nos!" Mas que raio de tempo verbal é este? hahaha. Dupla personalidade Arruda/JG. Quem é que disse aqui alguma vez que um BURRO pode ser candidato à vereação? É extraordinário não conseguires disfarçar a tua propensão de infiltrado. Afinal de contas os jornalistas são quase todos uns infiltratos e adoram meter o nariz como se tivessem lá! Nós estivemos lá e assistimos à m... que os 6 jarretas fizeram e ainda fazem! Onde estão as respostas às perguntas que deixámos? Vigaristas!!!
Arruda (JG) já não te respondemos mais. Enquanto nós podemos lançar novidades para este condado tu não acrescentas nada de nada. Só replicas por isso o nosso desprezo a ti e aos teus amigos mercenários começa agora!!!!!!!!!!
Pede à tua mulher que te deixe escrever crónicas no teu jornal (assim tens um choque endorfínico mas melhor seria se fosse anafilático pois fazias um favor à tua família) pois sabes como é machista... um homem não faz nada sem uma gaja principalmente se é BURRO.
Dizer que o Arruda não é o JG é o mesmo que dizer que o Pinto da Costa é sério, honesto e impoluto. Hahaha :-)

Anónimo disse...

Arruda (JG) BURRO: "valia mais matar-mo-nos!" Mas que raio de tempo verbal é este? hahaha. Dupla personalidade Arruda/JG. Quem é que disse aqui alguma vez que um BURRO pode ser candidato à vereação? É extraordinário não conseguires disfarçar a tua propensão de infiltrado. Afinal de contas os jornalistas são quase todos uns infiltratos e adoram meter o nariz como se tivessem lá! Nós estivemos lá e assistimos à m... que os 6 jarretas fizeram e ainda fazem! Onde estão as respostas às perguntas que deixámos? Vigaristas!!!
Arruda (JG) já não te respondemos mais. Enquanto nós podemos lançar novidades para este condado tu não acrescentas nada de nada. Só replicas por isso o nosso desprezo a ti e aos teus amigos mercenários começa agora!!!!!!!!!!
Pede à tua mulher que te deixe escrever crónicas no teu jornal (assim tens um choque endorfínico mas melhor seria se fosse anafilático pois fazias um favor à tua família) pois sabes como é machista... um homem não faz nada sem uma gaja principalmente se é BURRO.
Dizer que o Arruda não é o JG é o mesmo que dizer que o Pinto da Costa é sério, honesto e impoluto. Hahaha :-)

Anónimo disse...

ARRUDA TENS AÍ EM DUPLICADO PARA TE ENTRETERES. ENTRETANTO VAI DORMIR MAS REZA ANTES O ACTO DE CONTRIÇÃO: "MEUS DEUS PORQUE SÓIS TÃO BOM...". HAHAHA

Anónimo disse...

Dos seis jarretas dos IpT. Três deles vomitam aqui as suas prosas delicadas pois o medo aperta. Temos a impressão que das duas uma, ou as mulheres não os satisfazem ou andam a comer-se uns aos outros! E achamos bem pois vivemos em liberdade sexual. Agora podiam assumir já que foram eleitos sem ajuda de ninguém não foi? Parabéns pelo mérito! Vamos lá outra vez vamos... irra. Hahaha :-)

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Malcriadão.
Casca Grossa.
Sempre com o instrumento na boca (vê lá se o gastas e não o comas!).
Sempre a chafurdar nos excrementos, transformou a boca numa cloaca.
Ainda para mais invejoso sexual, aponta aos outros aquilo que faz (ou queria fazer).
Frustrado, traumatizado.
Barão do chiqueiro.
Infeliz.
Grosseiro.
Sem princípios.
Casca grossa.
Malcriadão.

Anónimo disse...

Direi melhor

Malcriadão.
Casca Grossa.
Sempre com o instrumento na boca (vê lá se o gastas e não o comas!).
Sempre a chafurdar nos excrementos, transformou a boca numa cloaca.
Ainda para mais invejoso sexual, aponta aos outros aquilo que faz (ou queria fazer).
Frustrado, traumatizado.
Barão do chiqueiro.
Infeliz.
Grosseiro.
Sem princípios.
Casca grossa.
Malcriadão.

SACRISTA.

Anónimo disse...

Caro Diogo Arruda,
Ou melhor AF,
Ou melhor António Freitas,

Depois de tanta maldicência, hipocrisia e propensão a dislates, é bom vê-lo dar a cara. E livrar José Gaio de mais problemas.
Mas lembre-se que Tomar precisa mais dos seus textos jornalísticos do que de postes inconsequentes neste blogue. Tentando criar confusão e lançar boatos.
Ficariamos a ganhar se fosse mais comedido nas suas divagações.
E já agora quando é que assume que é um candidato a candidato a vereador pelo PS. Ou será que está também no mercado e irá transferir-se para outra equipa?...

António Silva

Anónimo disse...

Para António Silva
Se o Diogo de Arruda é o António Freitas eu sou o Pedro Marques com 55 kg.
Alguma vez o António Freitas tem a perspicácia, fluência e capacidade literária do António de Arruda?.
Está bem visto que só pode ser o José Gaio.

Anónimo disse...

De seguida divulgo o Padre Nosso dos candidatos à Presidência da Câmara de Tomar, que assegura resultados positivos aos mais necessitados:

Paulino Paiva que estáis no Céu tomarense,
Santificado seja o vosso nome (o vosso trabalho, etc, etc),
Venha a nós o vosso reino - nos Paços do Concelho,
(Que nós não nos importaremos que continue a ser) feita a Vossa vontade,
Assim na Terra como no Céu (na sede do PSD ou na Praça da República),
O pão nosso de cada dia nos dai hoje (de preferência sem muito trabalho),
E perdoai as nossas ofensas (maldissências e outras extravagâncias),
Assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido (bem, não a todos, mas apenas àqueles que nos ajudam a pagar as contas),
E não nos deixeis cair em tentação (não senhor, de preferência ajudai-nos a passar e a aproveitar as ditas tentações),
Mas livrai-nos do mal (não é preciso ser de todo o mal, basta do mal menor...),
A-men António.

Anónimo disse...

AF não é o António Freitas de Alviobeira porque esse escreve mal!
Diz o povo que há mais Marias na Terra.
AF não é exclusivo do rapa~z de Alviobeira.
Comparem o português dele do Cidade de Tomar com os textos de Diogo de Arruda.
O Diogo de Arruda escreve de uma forma sublime. Pessoa culta e que sabe bem português!

AF (Mas não António Freitas)- Grande apreciador da escita de Diogo de Arrda

AF também pode ser
Almerindo Ferreira, porque não??

Anónimo disse...

Arruda (JG): "valia mais matar-mo-nos!" Mas que raio de tempo verbal é este? Hahaha.
Como é que alguém ousa (porque é BURRO com certeza ou faz fretes) dizer que este ORC tipo Senhor dos Anéis escreve para periódicos? Só falta dizem que Arruda (JG) publica livros :-)

Anónimo disse...

Onde está "Só falta dizem que "... Arruda (JG) substitui por "Só falta dizer que" :-)
Já agora alguém conhece algum escrito ou rabisco do sr. Marques. Não lhe conheço nada que seja público! Anonimamente tem escrito aqui muito, isso é verdade! hahaha.
Veja-se: se quem escreve "eloquentemente" (e o único com esta propensão e que ganhou eleições foi o sr. Moita em Santarém e todos sabemos da sua mediatização) poderá ser alguma coisa na política tomarense como o sr. Cristovão e o sr. Ferreira. Dois trapaçeiros.
Então o sr. Marques seria o quê? Chefe dos cantoneiros da câmara? hahaha :-)

Carlos Silva disse...

Para o hahaha...,
O marques pode não saber escrever mas governou-se bem quando esteve na Câmara.
E deu tachos aos amigos. À direita e à esquerda. José Gaio, Ivo Santos, Carlos Trincão, etc.
E se ainda hoje estamos a pagar as mordomias que inventou e o dinheiro que desbaratou, porque é que a memória é curta e hoje se diz que é o líder da oposição. Entre Paiva e Marques venha o diabo e escolha. Se o segundo é o chefe dos catoneiros o primeiro não é mais do que um estagiário para guarda-rios.

Anónimo disse...

Olha, olha...
Era de facto uma excelente equipa para a Câmara:
José Gaio
Ivo Santos
Carlos Trincão
Qualquer um deles comptetentes para os os cargos politicos do executivo tomarense. Pena é que
não avancem.
Conheço qualquer um deles e só tenho bem a dizer. Jovens, audazes e competentes!
Teriam o meu voto!

O Observador

Anónimo disse...

Sr. Pedro Marques
não faça caso, vozes de burro não chegam ao céu.
Você também tem grandes qualidades.
Infelizmente, as pessoas quando querem dizer mal, dizem, uns por inveja, outros com medo que você
ganhe. Não desista. Força!

Um amigo

Anónimo disse...

Confesso que gosto deste blogue!
Alivia-me o stress
e ficamos a saber até onde pode ir a má língua.

AF

Anónimo disse...

Vá lá que a escrita subiu de nível, pois o carroceiro - malcriadão - casca grossa não apareceu.
A vitória dos dragões deu cabo dele!
Ainda bem, todos temos a ganhar com a ausência de gentalha desta estirpe.
Que vá para bem longe e não volta a emporcalhar estes sítios.

Anónimo disse...

Cà para mim o malcriadão é um médico da nossa praça! Raivoso por ninguém lhe passar cartão nem o partido a que pertence! Paciência!
E se é quem estou a pensar não lhe vale de nada moer-se desta forma!
Para a politica já deu o que tinha a dar, como médico há quem diga que deixa muito a desejar.
Talvez a única safa seja a vida empresarial...
Vamos ver!!!

AF

Anónimo disse...

Tanta verborreia, mas ninguém dá ideias por Tomar - é tudo a dizer mal uns dos outros. Tenham paciência e forneçam ideias crediveis. Não é necessário alardear conhecimentos técnicos disto ou daquilo, é falar por vós próprios.

Cumprimentos a todos os tomarenses.
José da Silva Rato

Carlos Silva disse...

Caro «Almerindo Ferreira»,
Se o seu problema é stress experimente levantar o cu da cadeira e dar uns pontapés na bola, ou uma corridinha na Mata. Se calhar também poupava uns euros em medicamentos contra o colesterol.
Em relação à má língua estou consigo. Isto é melhor do que o jornal da caserna...

Especialmente para o «Observador», aproveito para indicar mais alguns amigos do «grande» Pedro Marques nos gloriosos tempos em que mandava no município:
Carlos Silva (o outro),
Luís Marcelino,
António Mendes,
Manuel Faria,
Rosa Dias,
Anabela Estanqueiro,
Fernando Oliveira,
Tó Carvalho,
Luis Boavida,
Maria Augusta,
Jorge Franco,
António Alexandre,
Fernando Santos,
Garcia Esparteiro,
etc.

Como podem ver é tudo menos perspectiva de uma mudança correcta.
Se quiserem (continuar a) apoiá-los tudo bem. Eles irão (continuar) a afundar Tomar. Direi que é devido ao peso da falta de jeito. E de competência.

Anónimo disse...

É bom ver os ratos a sair da toca!

Anónimo disse...

Sr. Carlos Silva não seja assim com o Sr. Pedro Marques. Ele na campanha de 2005 disse-nos que o sr. Carlos Silva (PS) era uma boa pessoa e também nos disse que o sr. António Rodrigues (PSD) era boa pessoa e também nos disse que o Arruda (JG) era boa pessoa até lhe ligava para saber previamente os resultados das sondagens publicadas!
Desculpem-nos as redundâncias crónicas mas é defeito de especialista em ciências médicas! Hahaha :-)

Anónimo disse...

É bom ver os ratos a "sairem" da toca! BURROS que não sabem escrever!!! hahaha :-)

Anónimo disse...

Sempre sobre o dr. Marques. Deixem o homem em paz. O dr. já tem coisas a mais com que se preocupar. Aliás ele sabe bem que em Tomar já só pode ser: Presidente do União ou do Sporting e continuar como advogado pois está deserto para roer a corda na vereação tal como o eng.º Paiva para largar a presidência. Por favor, deixem o homem em paz. Por favor. Por favor. Isto é que vai uma crise... à esquerda. Isto é que vai uma crise... à direita. Isto é que vai uma crise... de valores :-(

Anónimo disse...

Antigamente havia o Dr. Totobola, agora temos o Dr. Zig-Zaga, com um olho no burro outro no cigano, com um elogio e um ataque, com um sorriso cúmplice e um esgar de ódio, com uma boca foleira e uma tirada safável.
Coitado roído de inveja lá vai navegando em águas turvas, entra no submarino, fecha a escotilha esconde-se em água profunda, volta a subir abre a escotilha, despeja a carga pestilente e assim sucessivamente.
Que grande rolha, perfeito comilão da corrente.
Um xicalhão esperto, cheio de ratice.
Cuidado com ele, não se ponham a jeito que ele usa o bisturi.
Cuidado pessoal, muito cuidado.

Anónimo disse...

"Sairem" ou "Saírem"?...

hahaha, ou melhor,
HAHAHA :-)

Anónimo disse...

Mais um corregedor (corrector) de escrita.
Um dicionário ambulante com gramática acoplada.
Um superdotado, um poliglota, um génio!
Vivó!

Anónimo disse...

Obrigado anónimo das 20:53 é exactamente como chamou a atenção! Futuro do conjuntivo do verbo "sair" (vulgo "saírem").
A note: a sua "hahaha, ou melhor," has a little mismatch. Não será "hahaha ou melhor,"? A primeira vírgula é imprópria para gente inteligente.
Hahaha sem maiúsculas, por favor, pois oiço muito bem e ainda não sou jarreta.
P.S.: se não souberem ler em língua inglesa ainda há tempo para tirarem o First Certificate.

Anónimo disse...

Estou na recepção de um Hotel de Varadero, a beber uma Piña Colada e a ler os posts que estes ressabiados aqui deixam e não posso pensar senão na pequenez de alguns dos nossos conterrâneos.
Passam a vida a criticar tudo e todos e esquecem-se de programar o futuro, de viver a vida, de amar os prazeres que podemos tirar durante a nossa existência.
Para todos os que pretendem gozam a vida e alguns que ainda desconhecem que irão morrer infelizes, votos de boas férias.
Viva Tomar!

MM
(em terras de Fidel Castro)

Anónimo disse...

É "obrigado" e não "obrigada" pois sou do sexo masculino :-(

Anónimo disse...

Engraçado que esta gente medíocre anda sempre nos mesmos lugares. Férias à Tuga! Vá a Colombo ou a Nova Deli: aí o senhor deixava de mandar bitaites desses. Beba muito para dormir até tarde! Boas férias pois o país dispensa o seu trabalho improdutivo. Deixe que eu e mais alguns pagamos-lhe o salário :-)

Anónimo disse...

«É bom ver os ratos a sair da toca!»
ou
«É bom ver os ratos saírem da toca!»
- Aconselho a estudarem um pouco mais a língua portuguesa.
Nem tudo o que parece é.
Segundo o que aprendi com Vitorino Nemésio as duas expressões estão correctas, embora considere a primeira mais acertada, face ao contexto.

Edite Estrela.

Anónimo disse...

Para o ressabiado da 1:38,

Era mesmo de si que falava.
Os cães ladram e a caravana passa.
Enquanto faz que trabalha, eu gozo umas merecidas férias. Cada um tem apenas o que merece.
Tente cuidar da sua vida e pode ser que para o ano vá para os destinos que ambiciona. Colombo ou Nova Deli. E já agora, porque não Beirute ou Líbano?

MM

Anónimo disse...

Cada um no seu canto e Deus com todos. Edite vai fazer contas vá: quantos centímetros são 5 pés e 11 polegadas? E quantos quilogramas são 225 libras. A matemática do 1.º ciclo é que te f... não é? Por isso o país está assim até o Socrátes reprovava nestas questões em 5 minutos, hahaha!
O MM que puxe pela tola e responda também. Não me parece pois a bebedeira queimou-lhe o neurónio que tinha, hahaha!

Anónimo disse...

Para o ressabiado da 1:38,

Era mesmo de si que falava.
Os cães ladram e a caravana passa.
Enquanto faz que trabalha, eu gozo umas merecidas férias. Cada um tem apenas o que merece.
Tente cuidar da sua vida e pode ser que para o ano vá para os destinos que ambiciona. Colombo ou Nova Deli. E já agora, porque não Beirute ou Líbano?

MM

Anónimo disse...

Mas que destinos? Quando vieres faz o que já fiz nessa e noutras terras miseráveis mas que nos inspiram no dia-a-dia... deixa os teus haveres supérfluos para os indígenas. Não me digas que pertences aos portugueses que pedem créditos para irem a Cuba, México ou Jamaica? Quando for à faixa de Gaza vais comigo para fazes de escudo humano, hahaha :-)
Homem ou maricas, viajar para mim e para a minha família faz parte do meu lazer mensal. Como sou inteligentemente abençoado e bafejado pela sorte passo algum tempo mensal fora destes 90000 Km quadrados! Por isso aproveita agora que mais tarde pagas as ressacas das bebedeiras e a TAEG bem alta, hahaha. BURRO!

Anónimo disse...

Que viva FIDEL!

Anónimo disse...

UM ASSISTENTE POR DEPUTADO

«O novo cargo, que poderá ser criado já a partir de meados de Setembro, não implica, como ficou consagrado na lei, um aumento da despesa global com a actividade parlamentar, mas, para ser implementado, exigirá a obtenção de poupanças financeiras noutras áreas de funcionamento da AR. O diploma com as alterações ao estatuto do deputado, que permite a criação do assistente individual, foi publicado em Diário da República na última sexta-feira e estabelece que os encargos com a aplicação desta medida sejam “satisfeitos pelo orçamento da AR, salvo determinação legal especial”. O presidente do Parlamento já disse que a contratação destes assistentes “não pode ser feita com recurso ao aumento do orçamento da AR”, até porque “o Orçamento da Assembleia não pode ter uma expansão superior à do Orçamento de Estado em termos de despesa pública e de despesas com pessoal”.» [Correio da Manhã]

Aí está o ataque ao tacho!
É fartar vilanagem!
Aproveitem enquanto a teta dá euros!
Procura-se deputado amigo que precise de assistente com desejo de aprender a governar-se!

Anónimo disse...

Para o "tó" das 04:35 e das 01:47,

Como asno super-inteligente que aparente ser e que com toda a certeza será, não deveria antes escrever:
hin-hoon, hin-hoon, hin-hoon!
E já agora, quem é que lhe pede lições de ortografia?
Será que não passa de velha pileca arraçada de analisador ortográfico?
Vá dar de beber à dor.

Anónimo disse...

O melhor candidato do PSD é Carlos Carrão, que conhece como aquilo funciona e é do povo.

O melhor candidato do PS é Luis Ferreira, que tem peso institucional dentro do PS, tem visão e é rijo.

O melhor candidato dos construtores e outros vigaristas é Pedro Marques que garante a amizade do poder.

Não avalio qualidades de possiveis candidatos que isso não interessa nada.

24 de Agosto de 2007 12:03
in Sondagem de Tomar

Anónimo disse...

Concordamos com o colega das 13:25.
Até que enfim alguém como nós dá nome às coisas. As individualidades estão muito bem caracterizadas.
Mas os seis marretas ainda não responderam às nossas perguntas, porquê? Andam aqui na defensiva ou tentam lançar areia para os olhos dos munícipes. Isto agora não dá vontade de rir mas sorrir :-)

Anónimo disse...

O melhor candidato para Tomar é o João Vital. Provou o que valia na última festa dos tabuleiros. É profissional, inteligente (embora não tenha curso superior, mas o Miguel Relvas também não), sabe dialogar com todos, é perspicaz e muito competente.
Teria o meu voto se avançasse.
António Silva
in Sondagm de Tomar

Anónimo disse...

Valha-me Deus, tanta brutidade.
Não metam pessoas sérias ao barulho!
Que bagunça!
Tirem-me deste filme!
É melhor fugir!!!

Anónimo disse...

Como o Conde pode constatar pelas mensagens dos anónimos das 13H25 e 13H53, a ordinarice e a ofensa pessoal continua, pelo que não vale a pena perder tempo neste blog.
Instalaram-se aqui os defensores acérrimos da mediocridade, que só poderiam patrocinar candidatos tipo Carrão ou Luis Ferreira.
Quando assim é, não vale a pena perder tempo.
Fiquem bem, mas acreditem que o povo não é estúpido e quando se fôr a votos, veremos a banhada que levarão os "inteligentes" dos blogs. Por certo será bem maior que aquela que o Luis Ferreira levou nas últimas autárquicas.

Anónimo disse...

Que vivam Carrão e Luis Ferreira!

Anónimo disse...

Não sei porque andam sempre às turras no blogue. Querem ganhar protagonismo? Ganhem-no com acções meritórias começando por se descvreverem a vós próprios como diz o autor Diogo Arruda. Porque não filmam e tiram fotografias daquilo que tanto vos (nos aflige).? Uma imagem vale mais que mil palavras. E depois disso, observem-nas e escrevam então coisas sérias neste blogue. Por exemplo alguém já pensou em colocar lombas na estrada de Venda da Gaita? É preciso morrerem pessoas? A título de exemplo.

Cumprimentos a todos.
José da Silva Rato.

Anónimo disse...

Rato enquanto estiveres com o Arruda (JG) não alimento as tuas ideias extraordinárias.
Autor o Arruda? Por acaso já escreveu alguma coisa averbada pelos seus pares. Claro que não. Já viste um BURRO a escrever? Já? Então eras tu ao espelho. Hahaha :-)

Anónimo disse...

Lombas na Venda da Gaita?
Gaita para tal ideia!
O paiva agradece a "boleia" e vai colocar mais lombas pela cidade.
Na Venda Gaita uns semáforos limitativos de velocidade e uns radares móveis em viaturas descaracterizadas da PSP de certo contribuiriam para o evitar destes gravíssimos problemas.
Isto é claro a par com mais campanhas, a começar nas Escolas, a continuar nos jornais e na TV e a acabar em intervenções preventivas (punitivas) das autoridades nas estradas.
Certamente que muitíssimo civismo de condutores e de peões são cruciais.
Talvez assim se chegue ao desenvolvimento.

Barão do Barrote

Anónimo disse...

Muito bem observado embora discorde com a quantidade ("uns semáforos limitativos de velocidade e uns radares móveis" não queria mais nada ao mesmo tempo?) dos meios logísticos usados no combate à sinistralidade (os meios são escassos e mesmo não o sendo não os iria usar ao mesmo tempo pois seria uma má gestão. Percebido? Barão do Barrote ou melhor Arruda (JG).
É o que eu digo o homem tem dupla personalidade e escreve com heterónimos típico da doença e não da genialidade! Hahaha :-)

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Malcriadão vai-te embora, vai trabalhar que o teu ócio com hálito pestilento só te é prejudicial e também a nós outros (como dizem os espanhóis).
Não gries que a malta não é surda, ouve muito bem!
Semáforos a Venda Gaita sim (um-dois chegam) e radares móveis da PSP (um de de vez em quando também chega.
Lombas é que não, talvez passadeiras empedradas, que duram e não estragam as viaturas, nem fazem mossa aos doentes transportados em ambulância.

Anónimo disse...

Coreccção:
gries - grites
a - na

Assim se escreve em bom Português!

Anónimo disse...

p/ Barão do Barrote,

De facto, as lombas não me parecem ser a melhor ideia, no entanto considero que o civismo dos condutores e dos peões não se consegue apenas com campanhas que referiu.
Essas campanhas só servem para gastar dinheiro dos contribuintes na imprensa e dar dinheiro a ganhar aos publcitários. O impacto junto do público-alvo é muito diminuto.
Dúvidas?
Vejam o que se passa com o lixo e com a poluição (nomeadamente o CO2 e o efeito de estuda).
Cada vez há mais publicidade e não é por isso que as acções das pessoas se altera.
Eu defendo medidas pro-activas. Criação de formas de pressão - e repressão - junto das pessoas.
Se calhar um radar 24 sobre 24 horas, a tirar flashes e a enviar multas, ajudasse a resolver o problema?
Ouvi dizer que em Lisboa e no Porto, os radares estão a resultar.

Anónimo disse...

Caríssimos,
Radares, semáforos, custam muito dinheiro, mas se colocarem redutores de velocidade, ou lombas mas de borracha durante alguns metros antes da curva, quer de um lado, quer de outro, e ao pé das bombas de gasolina, paga o investimento logo no próprio dia.
Cumprimentos.
José da Silva Rato.

Anónimo disse...

Peço imensa desculpa ao senhor Conde, o Arruda é o autor dos Postais Saloios.
Cumprimentos
José da Silva Rato

Anónimo disse...

p/ José da Silva Rato

Os radares podem custar muito dinheiro, mas são amortizados rapidamente com o valor das multas. Era moralização pela certa.

Anónimo disse...

Ao anónimo das 14 e 59. Não digo que não fossem amortizados rapidamente, ou que não metessem medo, mas as coimas são revertem a favor do Estado e não exclusivamente à instituição PSP.
Grato pelo seu cuidado e reparo, cumprimentos.
José da Silva Rato.

Anónimo disse...

Perdoe o "são" pelo meio, foi um erro.
José da Silva Rato.

Anónimo disse...

Durante a campanha de 2005 apareceu um folheto fotocopiado com um rol de acusações ao sr. Paiva! Como estão essas investigações? Será que era tudo mentira e não passavam de calúnias e difamações sobre a honorabilidade do sr. Paiva? Os munícipes nunca souberam dos resultados das investigações! Se ele fosse administrador da SOMAGUE ninguém tinha nada haver com essas acusações excepto as autoridades competentes. O sr. Paiva tem o dever de explicar e os munícipes o direito de saberem com provas de facto, senão ficam sempre de pé atrás! É difícil identificar o autor. Então deveria o exmo. sr. Paiva ter (e ainda vai a tempo) disponibilizado aos media as suas declarações de rendimentos e extractos bancários (quem não deve não teme e o património em cargos públicos deveria ser averiguado à lupa como defende Morgado e Sanches). Estes dois têm coragem a mais para este país dos quintais, conluios e vigaristas. A memória é curta e já ninguém se interessa por este caso lamentável em plena campanha eleitoral em Tomar?
A diferença entre o caso do sr. Marques e o sr. Paiva é que do primeiro as denúncias anónimas vieram dos traidores e do segundo vieram dos opositores! Na política vale tudo para denegrir a imagem de outrem e granjear votos. É que gajos que estão a exercer cargos públicos (ou figuras públicas, por exemplo) tal como o Socrátes fogem sempre com o rabo à seringa no caso da Independente. Que história mal contada mas um tipo razoavelmente inteligente sabe bem o que se passou e se passa.
É a mesma coisa que o sr. Herman ou o sr. Goucha: aceito, como é normal, como cidadão não sectário, as várias tendências sexuais dos indivíduos mas estes acabados televisivos aquando dos seus programas quase que se excitam (hipocritamente) quanto aparece uma câmara e uma gaja boa e armam-se em homens cheios de testosterona. Porque é que ninguém lhes pergunta (já que fazem eles próprios tantas perguntas pessoais) se gostam de homens? Por crianças aí temos o feeling que sim e falando com gente que os conhece (vizinhos) até dá vontade de rir. Está à vista de quem lá vive próximo.
O problema comum dos srs. Paiva, Marques, Herman e Goucha é provarem como figuras públicas (quer queiram, quer não queiram) que tudo do que são acusados anonimamente ou não, é mentira! Ou então negarem (simplesmente) pois é a forma mais fácil de fugirem com o rabo à seringa. E é o que todos e até o primeiro-ministro têm feito. Num país onde a hipocrisia reina, senão desagregava-se a sociedade, e onde alguns como eu escrevem anonimamente pois ainda não são capazes de confrontar certas pessoas com certos actos pois elas não têm poder de encaixe e se é para usar o confronto físico então prefiro enviar alguém para a prisão que para a morgue. Hahaha :-)

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

MALCRIADÃO.
GRANDE MALCRIADÃO.
Continuas, sempre com o intrumento na boca.
De tanto falares dele deves ter uma trauma de infância.
Tem cuidado não vás trincá-lo.
Vè se tens juízo e te portas bem, já tens idade.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Assim se pode ver o nível baixíssimo desta execranda criatura.
Roça a imbecilidade e faz inveja a todos os malcriadões casca grossa que existem à face da terra.
Vê-se que não tem quaisquer ideias na caraminhola e nem sequer deve ter cara para levar dois tabefes bem aplicados.
Parafraseando um distinto frequentador deste blog:
desprezo, só desprezo.
Acrescentarei: distância, imensa distância; quem se coloca ao nível desta gentinha fica pior que ela.
Gentinha, gentinha é o que é.
Fruta do chão já apodrecida.
Vai-te mas é catar que tens imensos piolhos.
E tem juízo, já tens idade para - ao menos - ter juízo e tento na bola.

Diogo de Arruda disse...

Ex.mo Senhor
José da Silva Rato
Ilustre Bruxo de Carregueiros e concorrente da Bruxa do Pego.

Faz Vossa Excelência uso dos seus “dotes” divinatórios e afirma taxativamente: “O Arruda é o autor dos Postais”.

Deixe-me, por favor, dar-lhe conselho.

Deixe-se dessa sua actividade de cartomante e dedique-se a outra coisa qualquer que não as artes da adivinhação para as quais não é dotado do mínimo de competência.

Já me bastava o imbecil que se arroga o direito de se intitular Alta Autoridade (Em Regime de Exclusividade) para os Assuntos de Ciência Médica andar a chagar-me a cabeça com a afirmação ridícula de que sabe de ciência feita (olha se fosse médico!) que eu sou o José Gaio e ainda vem Vossa Excelência arrotar postas de pescada sem nexo!

Bolas!

Qual é o vosso interesse?

Sou casado e pai de filho e não gosto de homens.

Sou autor de um blogue e co-autor de outro.

Sou o “Diogo de Arruda”.

Não tenho nada a ver com os Postais Saloios para além do divertimento da leitura.

Não sou o José Gaio embora leia “O Templário”.

Não sou o Gualdim Pais embora seja tomarense.

Não sou a Santa Iria porque sou homem.



Diogo de Arruda
(Que nem acredita em bruxas! ou bruxos.)

Anónimo disse...

Cá para mim o sr. Diogo de Arruda é o Prof. António Rebelo. É tão certo como dois + dois serem 4.

O Observador

Diogo de Arruda disse...

Para Observador deixa-me dizer-te que não és, nem de perto nem de longe, perspicaz.

Junta-te ao Rato.

Diogo de Arruda

Anónimo disse...

Cá para mim não me importa nada quem seja o Diogo de Arruda, confesso que sou apreciador das
suas opiniões. É castiço!
Continue, independentmente de quem quer que seja!

Anónimo disse...

Arruda (JG) gostava que estivesses nas mãos do dr. Mendes! Ele fazia-te uma boa ressuscitação artificial!

Qual é o teu interesse?

Sou casado e pai de filhos e não gosto de homens.

Sou autor de um site e co-autor de outros.

Sou o “?”.

Não tenho nada a ver com os Malcriadões para além do divertimento da leitura.

Não sou o Arruda (JG) e leio o Expresso on-line.

Não sou o Gualdim Pais embora seja tomarense.

Não sou a Santa Iria porque sou homem.

Hahaha :-)

Anónimo disse...

Exmo Senhor Diogo Arruda,

O senhor não deve saber ler pois se soubesse não olharia com tom perjorativo esse meu engano sobre a sua pessoa, no qual eu apresentei as minhas desculpas. Confundi, é certo, a sua autoria no blogue, mas isso não quer dizer que seja bruxo, e merecedor de desvalorização da minha personalidade ou de algum insulto, pois a minha intenção não foi de o magoar. Por outro lado, quanto à orientação sexual não lhe atribuí nenhuma, e a minha é igual à sua. Admiro-me é que aprecia enaltecer as suas qualidades literárias como se fosse a maior coisa deste mundo, e gosta de aplicar uma linguagem vernácula a todos os comentários que profere e que gosta ou pensa que só a sua opinião é que conta. Mas digo-lhe desde já o seguinte, quando alguém estiver a falar sobre um tema não se desvie dele quando lhe aplica um comentário, para além de feio é triste, dado que se gaba em demonstrar cultura. Será que a tem, com tais propósitos. Aqui no blogue como na vida estamos para aprender uns com os outros, não se esqueça disso. É melhor rirmos com alguém do que de alguém. Está a compreender. E para além da profissão que me atribui e que não tenho, informo-o que não moro em Carregueiros e também sou co-autor de blogues que, se fosse vaidoso como o senhor é, diria que são muito melhores e mais elevados politica, economica, e cientificamente, que estes onde estamos. Fique bem.

Cumprimentos.
José da Silva Rato.

Anónimo disse...

Pois é cá para mim o malcriadão é o dr. Mendes....
Tá bem tá...!

AF

Anónimo disse...

Esta é para o Arruda (JG): só é competente em Tomar quem for doutorado nalguma coisa (mas de uma universidade de prestígio) por isso vai dar banho aos dedos e ao cerebelo. Hahaha!
Agora tens o Rato aí nos teus calcanhares! Para que é que assinas? Não assinar permite que tenhas várias personalidades para além de Arruda/JG. Esquizofrénico paranóico. Hahaha

Anónimo disse...

Rato e ainda dizes ao Arruda (JG): fique bem? Mau acho que se andam a comer uns aos outros. Fiquem mal, hahaha.

Anónimo disse...

Arruda (JG): é "Não tenho nada a ver" como escreves-te acima ou "Não tenho nada que ver"?
Ajuda-me já que tens sempre à mão o prontuário de língua portuguesa da Porto Editora, BURRO! Hahaha :-)

Anónimo disse...

Aqui está uma opinião do senhor governador civil de Santarém quanto à questão da segurança das estradas. Também não vê possível a colocação dos radares. Por outras razões, mas fica aqui a ideia. Mas requere-se com urgência que se faça alguma coisa pelas estradas de Tomar. Fica aqui a ideia:

Arquivo do Mirante: Edição de 16-08-2007

SECÇÃO: Sociedade

Radares não são opção para distrito de Santarém



O governador civil de Santarém, Paulo Fonseca, acredita que a correcção do traçado de alguns troços de estradas, a reformulação e reforço da sinalização e a insistência em campanhas de sensibilização junto dos condutores serão medidas mais eficazes no combate à sinistralidade rodoviária do que a instalação de radares de controlo de velocidade, como os que existem em Lisboa.

Num comunicado enviado às redacções o Governador Civil diz estar preocupado com a elevada sinistralidade rodoviária no distrito e considera “indispensável a tomada de medidas sérias, urgentes e activas”. No texto é referida uma campanha de prevenção cujos pormenores serão anunciados em breve mas que teve o seu início dia 5 de Agosto, coincidindo com a realização de uma operação de fiscalização da GNR ao trânsito e a estabelecimentos de diversão nocturna.

Na operação que decorreu entre as 0h00 e as 6h00 foram fiscalizados 130 veículos, tendo dois condutores sido detidos por terem uma taxa de alcoolemia superior a 1,2 gramas de álcool por litro de sangue. Registaram-se ainda duas autuações por álcool a mais e foram levantados 11 autos de contra-ordenação por infracções ao Código da Estrada.

Cumprimentos.
José da Silva Rato

Anónimo disse...

Arruda (JG) procura nos meus supostos rabiscos. Onde está taxativamente escrito que JG são as iniciais do meritório jornalista José Gaio? Deves estar mal da pinhata, hahaha.

Anónimo disse...

Que viva o Governador Civil!
Longa vida ao honorável camarada Radares Não Sung!

Anónimo disse...

Para o anónimo das 00:47,
De facto como asno super-inteligente que aparente ser e que com toda a certeza será, não deveria antes escrever:
hin-hoon, hin-hoon, hin-hoon!
Vá dar de beber à dor.

Anónimo disse...

Eu voto nos radares. Por isso não irei votar PS!

Anónimo disse...

Filho da p... do c... aquilo que estão a fazer no Porto fazia-te eu a ti ignorante.... um tiro no frontal e a massa encefálica (que tens pressumo senão nem me dava ao trabalho) ia para o c.... Não achas que és menos improdutivo que o jogador de futebol que faleceu? Ele era um talento. Tu um desalento oco para a humanidade e para Tomar. Deus dá nozes a quem não tem dentes, f...
Sabes qual é a taxa de desemprego em Tomar nos jovens até aos ...? Não sabes? Então eu não estou lá! Sabes quanto é o salário médio português? Então eu estou três vezes e meia acima! Sabes qual é a taxa de divorcialidade? Então eu não estou lá! Por isso achas que tenho dor... dos jarretas, marretas e mercenários da política provinciana? Também não tenho dores. Vendo mais saúde do que a que compro pois não tenho nem cifose, nem hipertensão, nem arteriosclerose. Estes velhos do c... que deveriam tomar conta dos enfeladóides dos netos andam por aqui a escrever m... Mas que inveja é essa de eu ser o melhor. Deverias render-te ao meu talento profissional e ao meu sentido de humor aplicado neste espaço pois afinal de contas aqui divirto-me à brava contra os amorfos cheios de bolor, acabados profissionalmente e com famílias destruídas, hahaha :-)
P.S.: algum c... já sabe quantos cms são 5'11''? E quantos Kgs são 225 lbs? Se não sabem são todos uns burros além de nem serem doutorados.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Burros além de serem doutorados...
Hin-hoon, hin-hoon, hin-hoon!

Anónimo disse...

Este blogue cada vez está pior.
Tomara deus que o António Rebelo venha de férias.

Anónimo disse...

O candidato não assumido Luis Ferreira anda muito contente. Parece que o patrão Fonseca pode subir a Secretário de Estado na futura remodelação governamental. Que Sócrates nega mas preparava cuidadosamente para finais de Dezembro. E alguém terá dito ao nosso amigo boy tomarense que poderia asceder a Governador Civil.

Nem pode de contente o nosso luisinho.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Luis Ferreira não é, e não será candidato a Tomar.
Digo eu que sou amigo dele e conheço bem as suas ambiçoes.

AF

Anónimo disse...

O enfatuado-emproado das 12:05 anda pelo blog errado.
Anda por aqui a desperdiçar os seus imensos (tão imensos que são incomensuráveis por humanos) talentos.
Talvez dar umas aulas na Universidade da Terceira Geração da Câmara Municipal, é só oferecer-se à Reitora Prof. Rosária Simões que -à vista de um curriculum tão eloquente - o aceitará de braços abertos.
Assim pretará um óptimo serviço e, quem sabe?, obterá uma condecoração no dia da Cidade.
Longa vida ao honorável camarada superstar.
Amen.

Anónimo disse...

Oh malcriadão trabalhas quem?
Só se for a dizer asneiredo hora a hora, minuto a minuto, segundo a segundo - como os juros do banco!

Anónimo disse...

Meu Caro AF
(António Freitas ou lá quem é...)

Quem é que lhe encomendou vir para aqui defender o seu camarada de partido. Pensava que ía bater com a porta ao partido da Xuxa, descontente com os apoios do governo á sua freguesia.

Padeiro dos Soudos
(futuro contribuinte de Torres Novas)

Anónimo disse...

Seja bem vindo Padeiro dos Soudos!
Brevemente passa-se para Torres Novas!

Anónimo disse...

Olha olha o Rebelo já veio de férias, já pegou no lápis azul e vai de coratar!!!

«O mais antigo ‹Mais antiga   1 – 200 de 355   Mais recente› Mais recente»