12/03/2008

In(v/f)erno sem fim.

Caras plebeias gentes nabantinas, como estão? Mal presumo, decerto como eu, a chorar que nem desalmada!... mas vá, já lá vamos.
Preciso muito de vós, preciso da vossa ajuda. Tereis vós porventura a fineza de me prestar um pequeno pequeno obséquio? Sabereis vós, algum de vós, dizer-me onde paira o canastrão do Conde? Não que me interesse muito aquela inútil criatura, mas é que não sei dele vai para dois meses, e já não tenho saldo em quase nenhum dos meus golden cards.
É o fim do mundo, tenho tanta despesa a aproximar-se e o desgraçado não dá sinal. Já tive que, vejam bem, cancelar hoje a minha massagem de algas e pedras vulcânicas, e sinto já a pele toda áspera! Há mais de uma semana que não compro um par de Givenchy’s ou uma Louis Vitton, e saíram agora umas de alça dourada tão giiiiiras! Digam-me por Deus, como se pode ser Condessa assim, a usar a mesma mala dois dias seguidos?!

O pachola esfumou-se. Ainda pensei que tivesse ido visitar o Príncipe da Alameda, agora que se mudou para terras do Mondego, mas não, naturalmente já falei com ele, que toda a desculpa serve para falar com aquele enviado de Deus, mas ele diz que nada sabia do Conde e nem o queria ver nem que viesse coberto de chocolate belga – e se aquele homem adooooora chocolate belga!
Foi uma catástrofe, como é que consentimos que o esbelto Príncipe se fosse embora?! Naturalmente choro mais por ele que pelo Conde... O que será desta terra, quem agora, evitará que por aí entrem esbaforidas, as demoníacas tropas do progresso?
Na missa de domingo, estavam umas deslavadas sem jeito nem pilhéria, que nem sabem a diferença entre um Gucci e um Valentino, a cochichar que Dom Corvêlo de Sousa era bem capaz de guardar a cidadela das maleitas dessa gentinha pobre que se põe por aí a dizer que também quer ter jeitos de cá morar. Onde é que já se viu, gentinha sem pedigree aqui a dar mau cheiro a isto, a aterrorizar-nos com aqueles trapos comprados aos ciganos ou em lojas sem marca, ou pior, em saldos! Ui, que horrooor, já estou cheia de urticária! Pelo sim pelo não, já prometi doze velas à Nossa Senhora se proteger o senhor e o guiar nessa santa missão. Não deixai Santa Senhora Virgem Mãe que façam mal à nossa terra, ai!

É que também lá diziam à porta da igreja, que os primeiros que o querem levar para o tronco, são os que estão ao lado dele. Diziam mesmo que Dom Carrão, Barão das Freguesias, era o primeiro conspirador, de tal avidez que tem em conquistar o trono. Já se sabe como são estas tramóias da alta nobreza… Mas quem mandou o sujeito andar para aí antes do tempo a dizer que ia chegar a príncipe, se a sucessão ainda não estava decidida? E agora, como é que salva a honra se o concílio dos cardeais decidir que é o Regedor Côrvelo, ilustre Visconde da Passividade, que fica no trono? Giro giro era termos duelo ao pôr-do-sol, um a arrebitar o bigode, o outro a cofiar a barba, enquanto os pajens lhes afiam as lanças, e eles coçam os fundilhos daquelas calças tipo collants que os homens nobres usavam nos bons tempos da fidalguia. Têm os dois figurinha para isso, mas cicia a minha intuição feminina que o homem vai é calar-se bem caladinho, não vá ser desapossado dos títulos - o que é muito bem feito, que é para aprender a não andar para aí metido com o povo, naqueles arrais degradantes a comer coisas nojentas como frango assado e aos saltos sob a chinfrineira duns quaisquer iludidos cuidando que tocam músicas para bailes. Ou então, é como dizem as minhas amigas do bridge, aquela família do Laranjal está como as águas do rio Nabão, por agora correm suaves, mas todos sabemos que mais tarde ou mais cedo vai haver cheia.

E eu desespero, ó se desespero, onde anda o Conde? À direita do Flecheiro está visto que ninguém sabe dele, mas ao lado esquerdo também não vejo luz. Aquela gentinha dos Cavaleiros da Rosa Murcha, andam mais desatinados que eu, tal que me afigura que ainda não meteram na cabeça que as cruzadas já acabaram, e que se o Gualdim fundador cá viesse agora, era corrido mais ligeiro que os discursos do agora nosso Regedor. Diz que nesta terra, o povo é muito sensível ao que fazem lá por Lisboa, e já se sabe que, como quem lá manda agora são esses de rosa, a populaça daqui é bem capaz de não lhes ter grande conta. Ainda ontem comentava uma mestre-escola reformada que ao meu lado fazia a manicura, que nunca mais na vida lhes dá voto.
Nos cafés diz-se que o que os vai levar à batalha é o arquitecto, mas que o projecto vai ser chumbado, porque pairará ainda o espectro do outro, o anafado causídico e o seu grupelho de gastos rebeldes. Ele já cá reinou uns tempos, mas não tem grandes ilusões, dizem os doutos burgueses nas vividas mesas dos mesmos botequins da urbe, que a batalha dele é outra.
Certo, é que nem advogado, nem arquitecto, nenhum deles me sabe dizer onde e com que meretrizes se esconde o sovina do Conde. Amaldiçoado tempo em que, era eu pouco mais que menina e moça, ou praticamente virgem, caí na asneira de ir nos cantos apaixonados do Conde, que me enviava rosas e diamantes do tamanho de nozes. Aí, como o tempo passa…

Mas dizia eu, esse que já foi reinante, Dom Pedro … é que também não tem grandes ilusões, também sabe que o tempo passou, mas consegue levar dois ou três, ouvi eu entre as conversas à hora do chá. Até o velhinho Dias ainda vai fugindo ao lar, a ver se consegue uma destas noites voltar a acompanhar os homens do lixo que, diz o meu cabeleireiro, foi grande proeza por ele conseguida nos seus tempos aúreos.
Lá no salão, chiquííííssimo, onde eu agora só vou três vezes por semana, que tenho que poupar algum enquanto o Conde não der sinais de vida, ouço as mais interessantes conversas sobre as intrigas dos nobiliárquicos flecheirenses, em alguns momentos em que me deixo interessar por isso. Ainda há dias, dizia uma senhora lá da ilustre família do Laranjal, que nem lhes interessa quem seja escolhido no concílio, que o domínio do reino está seguro, que enquanto os rebeldes envolta de Dom Pedro se aguentaram, eles senhores do Laranjal nem precisam de se mexer muito, porque os rebeldes ajudam o povo a esquecer os Cavaleiros da Rosa, e assim mantendo o povo sereno, como se tomando todos três prozac’s pela manhã, mais facilmente os mantendo na sacarina ilusão de que tudo permanecerá na mesma, sem grandes suposições de mudança. E muito bem hajam!

E muito bem fariam se me dissessem do Conde… Enfim, se o virem, digam-lhe por favor para vir até ao Condado, que o palácio está a arder, ou que o querem deitar abaixo para construir um pilar para a ponte ou assim… é que ainda deitam isto abaixo mais depressa que as árvores no outro dia!
E eu, eu ficava nisto toda a tarde, mas tenho ali uns moços a mudar uns móveis, e coitados, eles são muito musculados, mas aquilo cansa-os muito e já devem estar todos suaditos e, a… tenho que ir ver se posso fazer alguma por eles, e… vá, pronto, fui.

Repenicados Cumprimentos da Vossa bela e distinta,
Condessa do Flecheiro

303 comentários:

1 – 200 de 303   Mais recente›   Mais recente»
Anónimo disse...

A MULHER DE ANTÓNIO COSTA FOI À MANIF

«Uma entre as cem mil vozes indignadas na manifestação de sábado era Fernanda Tadeu, mulher de António Costa, o número dois do PS, que em Junho abandonou o Governo Sócrates para se candidatar à Câmara de Lisboa. Educadora de infância numa escola do concelho de Sintra, Fernanda Tadeu casou com António Costa há cerca de 20 anos. É mãe dos dois filhos do presidente da Câmara de Lisboa, Pedro, de 16 anos, e Catarina, de 14. » [Diário de Notícias]

E a Condessa do Flecheiro?
É pr´ó lurditas/walter/pedreiro?
Deus queira que não.

Anónimo disse...

O PODER DA 'RUA'

«As impressionantes manifestações registadas nas últimas semanas, e continuadas um pouco por toda a parte, assumem a forma e o conteúdo de um severo depoimento contra o Governo. Não se trata de turbulências comunistas, como já o disse José Sócrates e, iradamente, o repetiu Augusto Santos Silva, cujas "verdades" surgem cada vez mais avariadas. A "rua" foi a demonstração categórica do desequilíbrio entre quem pensa em termos estatísticos e quem é vítima desse equívoco. E uma vigorosa afirmação de civismo. Há dias, conversei com Raul Solnado sobre a natureza do Estado e o domínio pelo domínio exercido, repetidamente, pelo Governo, esquecido de que a força da República é a virtude, e a sua fraqueza a soberba. Sobre ser um amigo de há mais de 40 anos, Solnado é homem sábio, de frase pensada e advertida inteligência, com quem apetece discretear. Disse: "Gostaríamos de sentir que este Governo tem vontade de transformar e de modernizar o País. Por outro lado, a sua arrogância e autismo quer arrastá-lo para uma democracia musculada, o que é assustador. Eles distanciaram-se de nós."» [Diário de Notícias] Baptista Bastos.

Anónimo disse...

Muito bem conde... ó, perdão, condessa - continua a dar-lhe com acutilância no que diz e no que deixa adivinhar.

Mas não poderá mesmo haver outras surpresas? Será já seguro afirmar que os independentes, ou seja, Pedro Marques, vão em frente? Não será que ele acabe por ir noutra força, mesmo que não sendo cabeça de lista? Afinal ele ganhava mais com isso, até porque presidente de câmara ele já não volta a ser, e como diz, ele sabe-o.

apareça mais vezes condessa,
cumprimentos dum pequeno burguês

Anónimo disse...

Estes juízes têm privilégios a mais: vencimento acima dos 2500 euros, pagamento do combustivel de deslocação, telemóvel, portátil, pagamento de subsídio de alojamento que agora (vejam só que deixou de estar congelado!) passou ou vai passar a ser de 770 euros pois antes era de 700 euros. É uma vergonha, uma afronta e um pesadelo para um professor do secundário que tem que pagar o quarto ou apartamento no local onde ensina, tem que pagar a sua formação académica, tem que pagar o seu mestrado e ainda as deslocações que faz entre a cidade onde ficou colocado e a sua residência oficial. Os juizes não trabalham mais que um professor dedicado e ainda por cima são uns mimados pelo Estado. Mas que m... de justiça temos neste país? Não será a educação no ensino obrigatório por exemplo, ou a saúde tão importantes como a justiça? E vejam os privilégios dos militares: esses sim pois são uns xuxas do caraças. Comem no quartel, deslocações pagas e por aqui me fico porque nem tudo é injusto.

Anónimo disse...

Para o anónimo de ontem das 16H24, quero dizer-lhe que essa do Pedro Marques avançar sem ser cabeça de lista, só pode passar pela cabeça de alguém que pretende aqui e agora lançar confusão. Como é que alguém que já foi Presidente de Câmara e realizou mais, com menos dinheiro, que outros e conseguiu investimentos estruturantes para o concelho, pode aceitar candidatar-se sem ser o nº 1? Porque razão o faria? Quem beneficiaria com tal demissão?
Tenho para mim que o Pedro Marques se vai candidatar e vai ser o próximo Presidente. Qual dos candidatos a candidatos que se perfilam para o ser, é mais capaz, mais conhecedor da realidade autárquica e de maior competência que ele?

Anónimo disse...

….oh cona Condessa, ufff….
V. Senhoria escreve que não mais acaba…
…se cansa; … ler tal epístola…
e, confesse lá ….a dona Condessa já estava com o olfactozito todo nos marmanjecos….
que tal, fez alguma coisa por eles? e eles por vexa?!....portaram-se com aprumo?..!

… o chavalheco que lhe aconchega os doces recônditos, já apareceu?
…repenicadíssimos afectos para V. e suas azuladas seivas…

conLião.

Anónimo disse...

ESPÉCIES RARAS? PERIGOSAS? EM VIAS DE EXTINÇÃO?

Segundo éditos governamentais, algumas raças de cães vão ser proibidas e também proíbida a sua criação. O que nos coloca aqui um problema: vai haver extinção de raças aqui no rectangulotizo à beira-mar.
Estou apreensivo porque brevemente vou adquirir um cão cujo aspecto porá muita gente em pânico. Trata-se de um cão dócil por natureza, de grande porte, mas cujas raízes nos transportam para os medos mais profundos do nosso ser, transmitidos de geração e geração.
O cão em questão não é nem mais nem menos que um cão-lobo checo, animal de um porte e uma beleza ímpares, mas com o senão de ser exactamente igual a um lobo. Imaginem o que não será andar com um bicho desses pelas ruas da cidade, parar na esplanada do Santa Iria para tomar um café. O pobre do animal vai ter de andar açaimado e preso a uma trela de estrangulamento, conforme as regras para os animais ditos "perigosos". Então de que liberdade goza este que vai ser o melhor amigo?

Pois é. Há por aí muito bicho careto que não parece o que é, e outros que não são o que parecem. Será justo julgar alguém pelo aspecto?
Já me lembra a quadra de António Aleixo:

Dizem que sou ladrão
Mas há muitos que eu conheço
Que não parecendo o que são
São aquilo que eu pareço.

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Neste fim-de-semana o país pôde assistir a um acto de revivalismo fascista: a manifestação de desagravo promovida pelo PS para limpar a imagem do governo e de alguns dos seus ministros e ministras. Lembro-me, era eu um jovenzinho, de manifestações "expontâneas" na Feira do Cavalo na Golegã, quando o Cabeça-de-Abóbora fazia a sua aparição na cerimónia de entrega de prémios. Lembro-me das "grandiosas" manifestações de apoio inequívoco a Salazar que enchiam a Praça do Comércio, numa época em que a mobilidade era penosa para a esmagadora maiorias dos habitantes deste país de carroças e bicicletas. Ter uma Zundapp era um luxo de poucos! Mas a "capacidade de mobilização" levada a cabo por padres, regedores, pides e outras forças vivas da nossa sociedade, era de facto assombrosa!
O que se passou neste fim-de-semana lembrou-me isso tudo. O actual presidente do Conselho convocou um encontro de socialistas à porta fechada (não vá o diabo tecê-las!) e fez-se rodear doutras mulheres, nomeadamente da sua ponta-de-lança, Maria de Lourdes (ou será Lurdes)Rodrigues, ministra da Avaliação como já foi apelidada, que diligentemente não arredou pé de junto do seu "guru" e passou todo o tempo num estado de euforia e exaltação que terá deixado muitos pasmados com aquela energia inesperada vinda de quem mais parece andar sempre com a morte às costas e com dificuldades de locomoção talvez por causa da celulite. O cortejo estava bem montado. Cada ministro com os seus cães-de-fila atrás, e todos em cerimoniosa procissão atrás do "maior". Só terá faltado uns sonoros "Ó Salvador da Pátria" e uns " A bem da Nação" ditos por voz profissional, de timbre afiado e isento de acordes etílicos. Mas isso não é grave. Terá sido um lapso da produção.
Presumo que os ilustres representantes do parttido do governo em Tomar tenham marcado presença. A sua falta seria notada porque mentes brilhantes como as deles fazem falta nem que seja numa festarola alucinada. No final terá havido comes-e-bebes mas só para um grupo restrito. O grosso do pagode se quis matar o bicho teve de ir para os centros comerciais e tascas regionais.
Tudo acabou em bem. O sr. Sócrates deve ter dormido bem, convencido que aquelas centenas de ovelhas do seu rebanho representam a maioria que o elegeu, e portanto, deve ter deduzido que o país está com ele, está feliz e contente por tê-lo no governo.


BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Antigamente a União Nacional/Acção Nacional Popular arranjava as camionetes de carreira, a malta era arregimentada com o aliciante do passeio a Lisboa e lá seguiam todos para a capital no magote.
Ainda há pouco tempo uma destas excursões (mais modernas) de nortenhos foi a Lisboa passear e, então foram também comemorar a vitória do Costa do Castelo nas eleições autárquicas.
Tudo coincidências está bem de ver.
Mudam-se os tempos e mudam-se as bandeiras, mas o esquema é o mesmo.
Aprenderam depressa e bem.
A continuar neste ritmo vão longe, muito longe.
O pagode que se cuide, faça como o Gualdim Pais na Praça da República, use o escudo de protecção.
Viva o Sucialismo!

Anónimo disse...

Por acaso estão enganados os comentadores anteriores, porque ao que parece nem um nabantino lá pós os cotos no pavilhão do porto.
Parece que os rosinhas da terra não andam muito felizes com o seu governo, a ponto do Cristóvão vir defender a demissão da ministra.

Corajoso, mas assim não vão longe...

Anónimo disse...

Novas Qualificações
Centros Novas Oportunidades
Especialista de Fluxos de Distribuição - Paquete
Supervisora Geral de Bem-Estar, Higiene e Saúde - Mulher da limpeza
Coordenador de Fluxos de Entradas e Saídas - Porteiro
Coordenador de Movimentações e Vigilância Nocturna - Segurança)
Distribuidor de Recursos Humanos - Motorista de autocarro
Especialista em Logística de Combustíveis - Empregado da bomba de gasolina
Assessor de Engenharia Civil - Pedreiro
Consultor Especialista em Logística Alimentar (empregado de mesa)
Técnico de Limpeza e Saneamento de Vias Públicas (varredor)
Técnica Conselheira de Assuntos Gerais (cartomante/ taróloga)
Especialista em Logística de Produtos Químico-Farmacêuticos (traficante de droga)
Técnico de Marketing Direccionado (vigarista)
Técnica Especialista em Terapia Masculina (prostituta)
Técnica Especialista em Terapia Masculina Sénior (prostituta de luxo)
Coordenador de Fluxos de Artigos (receptor de artigos roubados)
Técnico Superior de Distribuição de Artigos Pessoais (carteirista)
Técnico de Redistribuição de Rendimentos (ladrão)
Técnico Superior Especialista de Assuntos Específicos Não Especializados (político)

Anónimo disse...

Ó Condessa, então acha estranho não saber do COnde?

O homem não gosta de acção? Como esta terra desde que o Paiva se foi embora, anda mais fúnebre que o cemitério de marmelais, é natural que ele tenha ido à procura de acção noutras paragens não?
Aliás, parece que é o que muitos políticos da praça também estão a fazer...

Anónimo disse...

OMISSÃO INQUALIFICÁVEL

Desde há largos anos que a cidade de Tomar vem distinguindo alguns dos seus munícipes que de uma forma ou outra se elevam do anonimato para a galeria de notáveis, por feitos conseguidos de interrese reconhecido. A uns entrega-se-lhes uma medalha da cidade, a outros distingue a câmara com a aposição do seu nome a uma artéria da urbe, enfim, imaginação não falta!
Parece-me que pôr de lado certas actividades e(ou) pessoas a elas ligadas não é de bom tom, e lá se vai a equidistância necessária ao bom julgamento e decisão de quem manda.

Tudo isto me é sugerido por alguns comentários anteriores ao meu que referem o marasmo a que a cidade de Tomar se acomodou. Por vezes o reconhecimento público da competência de uma pessoa serve de catalizador para novos desafios a que essa pessoa não deve sentir-se obrigada, mas que em sede de bom juízo julgará dever assumir por sentimento de retribuição.

E é neste contexto que eu, na minha qualidade de tomarense, semi-ausente mas nem por isso menos ferveroso, deixo aqui a minha real indignação por nunca ninguém se ter lembrado de homenagear o...sr. JOSUÉ!!! Isso mesmo, não riam que isto é muito sério! O homem é um dos mais resistentes empresários de Tomar. Com nome e casa feitos...aliás podemos até falar em termos daquilo que os americanos designam por "brand". A marca "JOSUÉ" não existe tecnicamente mas existe no nosso imaginário, não tenho qualquer dúvida!
O sr. Josué tem feito mais pela cidade de Tomar, em termos de animação, do que todos os políticos somados desde o 25 de Abril. E se alguma dúvida houver façam disso prova!!!
Porque não permitir ao sr. Josué abrir dentro dos limites urbanos da cidade algumas extensões da sua célebre "3 Azinheiras", assim como uma espécie de SAP do sexo, cada uma com uma especialidade e a funcionar 20 horas por dia como alguns bares de Amesterdão ou Frankfurt?
Veriam os aflitos com o modestíssimo ritmo a que a cidade se movimenta a volta que isto levava...e porque não fazer do actual presidente da câmara seu cliente nr. 1...a ver se o homem acorda!!!

Aqui deixo pois a sugestão, caros concidadãos tomarenses! Reflictam...e formem um movimento cívico no sentido que alcandorar este empresário da noite ao panteão dos melhores de Tomar...porque é o último...e além deste não vejo mais nenhum!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Oh camarada BRONC E OLÍTICO com tanto esforço para alcandorar este empresário da noite ao pantão dos melhores de Tomar espera o quê?
Ser pago em espécie pelas trabalhadoras do Josué?
Ou vir a ser o empresário delas?
Se não é assim, parece.
E em política o que parece ..... é!
Boa Páscoa e divirta-se lá pelas 3 Azinheiras a cantar
o início da Grândola (à sombra de uma azinheira.....).

Anónimo disse...

Não brinquem com coisas sérias!
Todos sabemos que em política e especialmente em Tomar não há misturas com azinheiras.

Quando muito umas pombinhas...

Anónimo disse...

o senhor que diz que sem Paiva Tomar dorme:

Isto das rádios locais, da imprensa local, de boletins que se pagam e outros processos mais ou menos saloios de "percurso para aparecer" não passa da forma saloia e provinciana de viver a política. De facto, Trata-se de dara a palha que os burros querem comer, isto é, é tentar passar a urbe tomarense pela cosmopolita lisboa, Nova Yorque, ou Bruxelas. Até nisto o Sr. Paiva não foi original. Foi o sr. Marques que iniciou este processo bacoco de ser presidente transformanado em "Caras" e Luxes" tudo que era comunicação social local. O Carrão é que é o lídimo continuador do processo fazendo clara sombra ao sr.Marques e ao anedóditico Dias. Só porque regressámos a um presidente Autarquico civilizado e normal, que não necessita de se pôr em bicos de pés e muito menos de aparecer todos os dias para dizer "Olá cá estou eu!" já quer dizer que está a dormir etc. etc.
Assim não vamos longe...

Anónimo disse...

AO ANÓNIMO DAS 22:26h DO DIA 18:

Para já não sou seu camarada! E se o sou de alguns é com muita honra e estima. Elogio o seu esforço para ler as letrinhas com que compus a minha intervenção que lhe provocou alguma incomodidade. Já quanto ao conteúdo a coisa vai mal. Mas tudo bem! Desculpa-se! Quem mais não tem a mais não é obrigado. Já uma vez aqui referi que escrevo de forma muito próxima da oralidade (sabe o que é que isso significa?) para ter a certeza de chegar a toda a gente. Já vi que você não percebeu a ironia contida na "defesa" do Josué...!!! Já vi que falhei na minha tentativa de chegar onde queria. Olhe, numa próxima ocasião aviso em título se é a sério ou a gozar.

Já agora, e porque falou em pagamento, tem alguma coisa que me possa interessar?

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Ex.mo Senhor BRONC E OLÍTICO

Faz humor e não tem sentido de humor!
Então que sentido faz?
Só se for o sentido de trânsito proibido!
Infelizmente não percebeu o chiste comentário do
ANÓNIMO DAS 22:26h DO DIA 18

Com os melhores cumprimentos e votos de boa Páscoa, venerando e obrigado seja V. Exª muito feliz!

AMEN

Anónimo disse...

CAMBADA DE PAROLOS!

Anónimo disse...

E TU ÉS O CHEFE DA CAMBADA!
LAPAROTO!

Anónimo disse...

Cambada de vadios, parasitas da sociedade, façam por fazer alguma coisa já que não trabalham. Olhem, façam como dizia o Camacho Costa: durmam!!!
Assim não chateiam quem trabalha...

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

O anónimo,das 13h56 de 20/03 fica promovido a Sub-Chefe da Cambada para não ficar com ciumes!

Anónimo disse...

Vão trabalhar paralíticos da sociedade. Deixem de exploração os vossos pais e os avós reformados e cuidem de fazer vida com o vosso dinheiro, ganho com o vosso trabalho! Vão ver que não dói nada.

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Lapaduços, ignaros, gordos, flatulentos, deixem a política para os que sabem e dediquem-se a alguma coisa honesta.
Quando morrerem vão anónimos para a cova, não é como os políticos que por obras e outras manigâncias, levam de cortejo os seus apaniguados e outros que tais.
É isso que vos assusta? Não levarem cortejo fúnebre? Serem esquecidos no dia seguinte? Preferem vender a alma ao diabo em vida como está a fazer Pedro, O Gordo, e perdurarem nas memórias tomarenses após a vossa descida à cova?
Ora...

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Çó mapetesse escrever dacordo com o acordo ortugraficu...fod...(se) ou (sse tudo pegado?)

Anónimo disse...

BRONC o E Para (O) LÍTICO INVERTEBRADO

Fundador e Membro de Honra do
CLUBE XUXA DOS AMIGOS DO PAULINO!

ESCRIBA ACOCORADO!

Candidato a maquinista do submarino do Nabåo.

Anónimo disse...

DIVÓRCIOS VÃO SER MAIS RÁPIDOS
«O PS está a preparar um projecto de lei que diminui os prazos de divórcio, sobretudo em caso de separação litigiosa. Um dos pontos que será alterado prende-se com a separação de facto - actualmente a lei impõe três anos de afastamento da vida em comum como motivo para divórcio, período que vai ser diminuído. Para quanto é um dado que os socialistas se escusam, para já, a adiantar.» [Diário de Notícias].

Preparem-se para a reacção da Igreja Católica, até porque o DN teve o cuidado de recorrer a esta notícia para fazer a primeira página na Sexta-Feira Santa.

O JUMENTO

Anónimo disse...

Obscenidade
Celebrando o quinto ano da guerra no Iraque, George Bush glorificou-a como uma «guerra nobre, necessária e justa».
Isso mesmo: "Nobre e justa"! Poucas vezes palavras tão carregadas de sentido como estas terão sido tão vilipendiadas no discurso bélico. "Nobre e justa", a inventona e a mistificação das "armas de destruição maciça" que justificou a guerra e a violação do direito internacional? "Nobre e justa", a morte de tanta gente inocente e o sofrimento de tantos mais? "Nobre e justo", o vergonhoso pseudo-julgamento e execução dos responsáveis pela ditadura iraquiana? "Nobre e justa", a loucura de Abu Grahib? "Nobre e justo", o campo de concentração de Guantánamo? "Nobre e justa", a legalização da tortura pelas autoridades norte-americanas?
Como as palavras podem perder todo o sentido na boca de certos estadistas, que a História deveria ter dispensado!...
[Publicado por Vital Moreira]

Anónimo disse...

Nesta quadra pascal decidi solicitar a Sua Santidade o Papa Bento XVI que rezasse por Tomar, tal a quantidade de alimárias que por aqui defecam. Arre que é demais! Não há pachorra que aguente! Vão trabalhar, cambada de inúteis, parem de cortar as unhas na via pública e deixem-se de arremedos de políticos...vermes!!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Pode ser que Sua Santidade o papa Bento XVI convide o BRONC E OLÍTICO para o Vaticano, levando-o de Tomar e o torne um santinho (de pau carunchoso.
Não te trates não!

Anónimo disse...

Antigamente dizia-se assim:

O António há-de morrer!

A Oliveira há-de secar!

O Sal há-de derreter!

E o azar há-de acabar!



Actualmente é caso para dizer:

O António já morreu!

A Oliveira já secou!

O Sal já derreteu!

Mas a merda do azar não acabou!

Anónimo disse...

A NOVA ESTRATÉGIA DE COMUNICAÇÃO DA ASAE

"Não tenho memória de ler uma referência num jornal estrangeiro à actuação das autoridades responsáveis pelo controlo da qualidade alimentar, mesmo quando se regista um incidente grave, como sucedeu recentemente num matadouro americano, são os factos que são notícia e não as autoridades. Graças às ambições e vaidade pessoais do inspector-geral da ASAE em Portugal esta entidade é notícia quase diária, o vício pelos jornais do seu responsável parece mesmo ter levado a ASAE a cometer excessos, tornando-se numa super-polícia que até prepara os seus agentes para serem pequenos rambos.

O inspector-geral da ASAE percebeu que se estava a afundar se continuasse a fechar as "ginjinhas" e as mercearias típicas, agora opta por inspeccionar armazéns de peixe e, talvez para dar um ar de esquerda à sua actuação, até fechou umas grandes superfícies na Sexta-Feira Santa.

O problema do inspector-geral da ASAE é que ainda não percebeu que o seu erro não está na actuação, está na vaidade pessoal e no recurso abusivo à comunicação social para impor o medo colectivo pela sua polícia. O inspector-geral da ASAE ainda não percebeu que os resultados da sua actuação são avaliados a longo prazo e não pelas primeiras páginas que consegue alcançar. Não é por parecer uma Lili Caneças da Administração Pública que o inspector-geral da ASAE nos convence da sua competência, há muitos outros organismos públicos com um bom desempenho sem que os seus dirigentes utilizem as competências das instituições para gerir a sua própria imagem."

O JUMENTO

Anónimo disse...

Olha que eu não tenho o pau carunchoso, ó deserdado da inteligência. Pergunta a quem tu sabes...!!!

BRONC E OLÍTICO


...E JÁ AGORA VÊ SE ARRANJAS OCUPAÇÃO!!!

Anónimo disse...

Velhacos, ociosos, não fazem outra coisa senão sombra ao sol...só falta franzirem os joelhos como os burros...!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

AO ANÓNIMO DAS 11:44 - DIA 23/03/2008

Ó ocioso, não se brinca com o Sumo Pontífice, muito menos se faz chacota com a sua figura no próprio Domingo de Páscoa.

Herege!!! Quando te referires ao Sumo Pontífice não escrevas papa Bento XVI mas sim Papa Bento XVI...Papa com letra grande...inculto, quando nasceste Deus estava de costas e não te deu inteligência! Enfim, cada um tem o que merece!
Olha, para não fazeres figura de urso, faz por não apareceres nestas cenas...senta-te no teu cantinho e entretem-te com a pila...assim não chateias ninguém!!!

Com os meus cumprimentos,

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

"BRONC E OLÍTICO
...E JÁ AGORA VÊ SE ARRANJAS OCUPAÇÃO!!!"

Tu precisas de ir fazer alguma coisa, apesar de saberes muito pouco de tudo e nada de nada!
Pertences ao quadro de honra da SAPET!
Pessal, tenham pena deste BRONCo, do tempo do paleoLITICO!
Existe cada um!
Não hå pachorra para aturar esta alimåria!
Vai tomar banho no Nabão, mas não o poluas!!!!

Anónimo disse...

"BRONC E OLÍTICO
...E JÁ AGORA VÊ SE ARRANJAS OCUPAÇÃO!!!"

Tu precisas de ir fazer alguma coisa, apesar de saberes muito pouco de tudo e nada de nada!
Pertences ao quadro de honra da SAPET!
Pessal, tenham pena deste BRONCo, do tempo do paleoLITICO!
Existe cada um!
Não hå pachorra para aturar esta alimåria!
Vai tomar banho no Nabão, mas não o poluas!!!!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

O PM passados dez anos de ter estado no poder ainda causa invejas e brotoejas.
O Festival de Cinema e o Cine-Esplanada deixaram marcas.
Gente desta não perdoa!
Vingativos sempre, sempre!
Não desgrudam, apesar de ainda mamarem na vaquinha!
Irra!

Anónimo disse...

E pronto, lá estão estes filhos de pai ausente a zurrar coisas de que nada sabem. Alimárias do mais puro produto de Tomar. Teimam em martelar os neurónios dos outros com as suas defecações patológicas.
Acordem, filhos doutra alma, puros sangues do "dolce fare niente". Ocupem-se, madraços...indigentes, vocês são a vergonha de qualquer cidade, muito mais desta aldeia Tomar.
Vadios, se a pila não vos dá resposta usem a boca...no sítio certo!!!

...e nem por sombras se aproximem do Nabão...os peixes morrem de susto...

Bèbados...ladróes da bolsa dos pais, adultos com alma de teenager, vivem do pequeno furto matinal à bolsa da mamâ...incestuosos? Talvez a avaliar pela tibieza das exclamações verborosas da ressaca da noite anterior...vómito duma noite ganha sem mérito...alguém pagou...a mamã? No Akiàkopus? Talvez...rotuleiros sem género...


BONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

A ganância produz aberrações das que por aqui vamos lendo. Com nada mais se preocupam que tentar desvendar através das "diagonais" dos dis«scursos dos outros um rótulo com que os marcam. Assim sentem-se felizes e realizados com o anormal das 19:21, dia 24. mais valia dormires a sesta com a mamâ. Acordavas mais bem disposto, mais leves dos meios e mais bem disposto para encarares a descida ao povoado e o encontro com o teu dealer.
Ficamos todos felizes: nós que te vemos mais calmito e tu porque vês o mundo através duma nuvem de fumo...

BRON E OLÍTICO


...É PR'A PARTIR A LOIÇA TODA...T'OU FARTO DE TOMAR E DOS SEUS CROMOS...

Anónimo disse...

...e não vale a pena rotular-me com o que quer que seja! Isto digo ao meu anónimo de estimação! Só perdes tempo. Para mim políticos, sejam eles de esquerda ou de direita, Pedros Marques ou Paivas, são todos cães da mesma ninhada, água do mesmo poço, estrume do mesmo monturo.

Assim, ao perderes tempo e energia a classificar-me só desmonstra que és um medríocre, um pobre de espírito sem sumo...enfim um tomarense de gema, daqueles que sem dar por isso têm contribuído para fazer de Tomar a aldeia em que isto se transformou...!!!

BRONS E OLÍTICO

Anónimo disse...

...e devo dizer ao estúpido que mandou para aí uma atoarda referente ao festival de cinema, que este festival, a par do festival de Jazz patrocinado pela administração Paiva foram as melhores coisas que se fizeram em Tomar nos últimos 25 anos.
Lá está a defecação nabantina a conspurcar coisas que não são chamadas a lume...

Enfim...jumentos à solta...hoje em dia a liberdade de expressão é tida como uma coisa ao alcance de todos...e que por todos deve ser usada...t'á mal!!!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

...e lá vem o bronco do costume, a defender os independentes de coisa alguma, a defender a sua dama podre da crica e da alma...coitados, ossudos da testa...não vos falta verborreia para a vossa raiva surda...apontada a todos e a ninguém...cães que ladram ao vento!!!

BRONC E OLÍTICO (enfim bem escrito!!!)

Anónimo disse...

Ó Deus, manda vir para Tomar uma enxurrada que livre esta terra de gregos, romanos e árabes, que por ela fizeram algo de útil, desta escumalha policromática que envenena a opinião pública e incentiva á descrença e ao desarranjo espiritual de quem pugna, dia a dia, pelo bem estar e melhoria deste pequeno aglomerado amorfo hoje, mas amanhã conjugado num ideal de emancipação e livre destes cancros da sociedade que são os ratos imundos que habitam esta terra.

Tenho dito e boa noite! Amanhã cá estaremos...e se o meu anónimo de estimação não me der "trela" dou-lha eu...amanhã...até que a falange me doa!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Não deus, pensando melhor, manda antes um psiquiatra...
ou melhor, uma equipa deles!

Anónimo disse...

Pronto, lá estás tu a consumir energia e oxigénio que tanta falta fazem a quem precisa. Mas porque é que não te remetes ao silêncio? Quis a fatalidade que não viesses ao mundo como nado-morto...assim vamos ter de te aturar...

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Oh MF vai dar banho ao cágado, pá!
Estás cada vez mais velho e mais maluco!
Os tempos do MRPP já lá vão e não voltam, mesmo com a reciclagem pelo PS e a associação ao PSD-Paiva primeiro para arranjar e depois para segurar o emprego (não trabalho!!!!).
Agora podes concorrer a Presidente da Camara , entõa a vingança é terrível!
Avança, pá!
Mostra a tua capacidade para sacar o voto as massas!
E ainda podes vir a ser o maquinista do
SUBMARINO DO NABÃO

Anónimo disse...

O administrador do Blogue é um farrapo de m...

Então retirou um Post que convidava o mandranço do PM a ser o numero dois do Carrão ou do Becerra.

Está visto que é da sua laia este administrador, pois deve querer ver o balofo personagem com a sua listita de pé a enganar a malta...

Ou não é?

Anónimo disse...

Tchhhhhhhhhh...

Anónimo disse...

Numa das gasolinaieras situadas dentro da cidade de Tomar fui abordado por um camionista estrangeiro que pretendia ir para a fábrica do Prado. O dilema é não poder transitar na Levada porque a ruína em que aquilo se transformou impede a circulação de pesados, conforme sinal lá colocado. O pobre homem não fala português, espanhol, inglês ou francês. Imaginem o que é tentar explicar-lhe o caminho até à Soianda e daí, por estrada tipo montanha russa chegar ao seu destino...só em Tomar, cidade mal-cheirosa, pedra e mija e caga-cão!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

E lá está outra vez o anónimo das 19:37H, dia 26/03/2008, a regurgitar esterco outra vez. Mas nunca te ensinaram a ouvir a opinião dos outros? Caramba, basta de demonstrares aquilo que já todos sabem: és um erro da natureza! Vê lá se te ocupas a colar cromos na caderneta e deixas de chatear os outros com as tuas (des)opiniões mal-cheirosas.
Bebe um chá que isso passa!!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

...e já agora explica-me lá essa fixação pelos submarinos. Isso tem a ver com marinha, marinha...homens no barco...barco...alto mar...só homens sem ter para onde ir...!!!

Não me digas que és...

FÓNIX...

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Oh Bronco,
quem te julgas tu?
és um monte de esterco com mania,
ganha educação e juizo, på!
volta para a universidade de carregueiros, ali vão dar-te com o pau de marmeleiro que te faltou em pequena idade,
és mesmo um laparoto, parolo, cagão!
nem deves ter onde cair morto.

Anónimo disse...

E pronto, lá está o zangão outra vez! Arre que és burro!! Porque é que não vais brincar para o Mouchão, bebees o iogurte, escarras para o chão de enroscas-te!!!

Com que então submarinos...
Entendi perfeitamente!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

...e de cada vez que saires do teu tugúrio para te juntares às pessoas vê se borrifas com "Bolfo" (remédio para as pulgas), quando não andamos todos a coçar-nos!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

...eh, eh, eh...beliches no submarino!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Li no semanário "O Mirante" que estão em marcha os projectos de requalificação das estradas de Carvalhos de Figueiredo e Algarvias. Colocação de passeios, ciclo via, etc. Fico contente por verificar que finalmente, ao fim de décadas, o nível de segurança de quem transita, quer a pé, quer em qualquer tipo de transporte, vai ser substancialmente melhorado. É lamentável ter assistido ao longo destas décadas ao cortejo patético de aspirantes a presidentes, quer de câmara, quer de junta, em rídícula luta de caça ao voto em tempo de eleições, sem carregarem consigo a vergonha de submeterem pela sua inércia (ou inépcia) as populações que transitam no seu dia-a-dia nessas vias à verdadeira aventura que é colocar a vida em risco cada vez que saem à rua.

Uma outra questão se me coloca: nunca percebi porque é que o TUT não faz o percurso das Algarvias e de Carvalhos de Figueiredo (e de outros aglomerados confinantes com a área urbana de Tomar). Em Torres Novas por exemplo, os transportes urbanos locais fazem o percurso até à estação ferroviária dos Riachos.
O que mais lamento ainda é o facto de o sr. Paiva recém ex-presidente da câmara, amante do atletismo, que muita vezes percorreu o circuito das Algarvias com os seus companheiros do Calma, nunca ter tido olhos e sensibilidade para mandar dar um arranjo na miséria que qualquer um vê em que estão as bermas daquela estrada.

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

da-se, mas essa espécie de gente do Pa... não tinha morrido?

Enterrem lá o homem de vez, que não existe.

Anónimo disse...

Fónix, tu és mesmo incómodo, homem dos submarinos. Olha, prometo que se te calares te dou um apito na feira de Santa Iria. Até lá vai soprando onde te der mais jeito!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Mas quem é o santo ignorante (ANÓNIMO DAS 00h42) que põe a hipótese absurda de o Pedro Marques ser o segundo do Carrão ou do Becerra?
Para além de, em minha opinião, ser o mais capaz dos três, é aquele que depois de ter sido presidente, demonstrou humildade em assumir o lugar de vereador e tem em conjunto co o Rosa Dias feito a oposição mais construtiva e responsável que alguma vez houve na Câmara.
Deus nos livre se um dos outros dois é candidato a presidente. O Carrão só sabe é andar em festas e em excursões de idosos, pois o trabalho (pouco, face aos pelouros que tem), são os seus adjuntos que o fazem, ele tem horário de funcionário, entra às 9H00 e às 17H30 já está de saída à porta do jornal Cidade de Tomar. Pouco faz, nunca teve pelouros de grande responsabilidade devido à sua falta de competência e quando fala ninguém o entende.
Quanto ao Becerra, a sua passagem como vereador pela cãmara foi um desastre, quem não se lembra das suas "decisões" em termos urbanisticos e da sua pouca vontade para trabalhar, para não falar da incapacidade sempre demostrada e da antipatia que sempre denotou.
Por isso e na opinião de um cada vez maior número de tomarenses, se o PS e o PSD não perceberem todos estes sinais e não arrepiarem caminho, só nos restará e com grandes hipótese de vencerem, votar nos Independentes.

Anónimo disse...

Não ligue, é algum alucinado como o anónimo dos submarinos.
A propósito, ó anónimo dos submarinos: como é que vocês se entretinham lá debaixo? Era a jogar às escondidas? Tipo...um amoucha, os outros encondem-se e depois...cu, cu...onde estás tu?
Deixa-me adivinhar: eras dos primeiros a ser "descoberto"...!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Por favor, anónimo dos submarinos, dá sinal de vida. Já estou condicionado às tuas intervenções...vá lá! Não custa nada...é como pôr no vidrão...!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Hum, foi almoçar, ou melhor, o almoço vem ter com ele...algum ossito largado da esplanada da Bela Vista...

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Oposição construtiva do P.Marques? Só se for para rir.
Assuntos de grande importância para o Concelho: OS PARCÓMETROS QUE NÃO DÃO TROCO DE 1 CENTIMO OU DOIS!

Tirando o esquema velho das comissões e falar do Concelho que se estende da Praça da República à Escola do neto junto ao Colégio, o homem percebe é de case de meninas no Cais do Sodré.

Está gasto, velho e ultrapassado.
O Carrão pode não ser Doutor, mas pelo menos ninguém duvida da sua honestidade.
Quanto ao Arquitecto pouco se sabe dele, mas para ser Professor em Tomar há tantos anos e com tantas obras por aí espalhadas não há-de também ser assim tão mau.

O tempo dos Sebastiões já acabou. Que volte o Portas ou o Monteiro.

Anónimo disse...

Seja A, B ou C o escolhido, interessa é que seja competente e trabalhe em prol da terra que o escolheu. O resto é paisagem.

Anónimo disse...

O anónimo das 16H23 de ontem, deve ser um fulano mal com a vida e cobarde, porque quem diz aquilo que ele diz tinha obrigação de dar a cara e não esconder-se por detrás do anonimato.
Basta de atoardas e comentários sem fundamento, se quer criticar está no seu direito, mas não recorra à baixaria, pois isso não é sério.
Não duvido da honestidade do Carrão nem do Becerra e do Pedro Marques, mas quero-lhe dizer que estou totalmente de acordo com o anónimo de ontem das 13H15, o mais capaz e o mais competente de todos é o Pedro Marques. Conheço mal o Sr. arquitecto, mas quanto ao Carrão, ele tem razão, ao logo de mais de 10 anos que está na câmara o que se conhece dele é o andar pelas festas a comer, beber e dançar e em excursões, não se lhe conhece, nem trabahlo válido nem propostas e ideias com futuro.

Anónimo disse...

Cuidadinho com o que dizem do sr. Carrão!!! Estão a esquecer-se de algo de muito importante sobre o homem!!!
Então e as inefáveis crónicas do coração que ele escrevia da Nazaré para Tomar, talvez sentado na areia em frente à barraquinha, com um panamàzinho na cabeça e mordiscando um pacotinho de batatita frita?
São inesquecíveis as leituras no pasquim da câmara, perdão, no jornal Cidade de Tomar, dessas crónicas, verdadeiros extravases da alma...!!!

Por amor de Deus, falem de coisas sérias. Não duvido da seriedade do Carrão, mas o homem é um erro de casting no panorama político regional, a não ser que ninguém aspire a que Tomar seja melhor governada que uma simples freguesia perdida entre montes.

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Caros leitores estamos sempre a escrever sobre isto e aquilo por isso e já de fim-de-semana à porta deixo uma sugestão para descansar a vista!

É tipo vá para fora cá dentro.

Temos aqui uma boa primeira dama para o famoso Amandie!

Visitem o site: http://pitucha1980.hi5.com

É a Rosário, 27 anos, solteira, residente em Tomar e anda muito pela Alameda 1.º de Março.

Reparem na estatística dada pela página:
- 4094 Amigos
- 609 Comentários ao Perfil
- 1078 Comentários às Fotos
- 517 Fives

O que terá de tão especial esta menina e moça?

Os senhores leitores façam o obséquio de consultar à página da gaiata. Sejam amigos e juntem-se aos 4094! Sejam comentadores fotográficos e somem-se aos 1078.

Eu já o fiz (pedi amizade e não comentei nada pois sou muito respeitador da honra feminina) a conselho do meu psiquiatra e estou mais relaxado é um facto e até deixei os anseolíticos.

Mas o melhor é ir mesmo direito a ela por isso aí fica o link.

Aconselho os doentes cardíacos a tomarem a medicação meia-hora antes do click em http://pitucha1980.hi5.com

Bom fim-de-semana para todos e sejam felizes como os Dinamarqueses. Sim porque ao que vi no 60 minutos da SIC Notícias o povo mais feliz do mundo está na Dinamarca.

E sabem porquê? Vejam o programa na SIC Notícias e por favor felicitem a Rosário no: http://pitucha1980.hi5.com

Até mais escrever :-)

Anónimo disse...

Já agora não assinei propositadamente o post anterior mas pelo estilo devo acrescentar que sou o...

Anónimo disse...

O cabrão do LSD já não é o que era...

Anónimo disse...

Vamos ter mais gaguejo nas reuniões da câmara!

O Carlinhos voltou!!!!!!!!

Desejo-lhe um bom trabalho mas ainda ninguém percebeu os propósitos do PS aqui da terra dos patos bravos a não ser o próprio Cristovão e o seu mentor Ferreira.

Este PS parece a selecção nacional portuguesa que com tanta rotação nem em equipa jogam pois os seus elementos são joguetes dos seus chefes que põem e dispõem.

Quer dizer o nosso PR ficou chocado com as imagens que viu da "besta" a pedir o telemóvel à estúpida e tapada da professora que de tanto afastada do ensino volta para fazer burrada pois o mundo mudou cara professora velha e velha professora.

É burra mesmo! Então acha que os "índios" gostam de si? Se sair à noite e passear nos recreios ou infiltrar bufos nas turmas saberá o que pensam de si senhora professora velha. Se der boas notas, souber encontrar a técnica para contronar estes pequenos "animais" e mesmo assim ensinar alguma coisa então realizou a sua missão na escola. Agora se vem com débitos de matéria que desmotivam estas "bestas", autoritatismos como tirar um objecto privado a alguém e ainda por cima fazer frente a uma aluna com mais dois palmos para cima e mais um para o lado que a senhora como é que cenas dessas não acontecem todos os dias nas escolas portuguesas?

E a escola por acaso acha que fez bem em transferir dois alunos? E a velha professora fica? Ela foi mal-educada e deram-lhe troco também os seus alunos. é normal. E a partir de agora esta velhota quase reformada fica com uma mancha no seu vasto currículo de professora de gabinete. Mas pronto eu aceito pagar-lhe a reforma desde que não cometa o erro de enfrentar "bestas".

Solução para este caso: já a dei acima mas fizeram tudo ao contrário!

Cavaco e Pinto Monteiro já meteram o nariz onde não deviam e eu estou com o bastonário da ordem dos advogados. Um homem que fala verdade, é político quanto baste e tocou nos meninos que andaram com o rabiosque apertado de fazerem fortuna em poucos anos. Onde andam esses meninos agora? Eles apareciam nos debates todos da TV e agora fugiram? Não, mas andam calados e bem calados mas é como diz o outro: a memória é curta. Mas Marinho Pinto cá esta para colocar o dedo na ferida!

Quanto à senhora Rosário... bom é melhor nada dizer pois auguro-lhe um grande futuro profissional. Se for inteligente e esperta então ainda será uma boa concorrente à Pamela Anderson, eheheh!

O BURRO!

Anónimo disse...

ASSIM ESTÁ CORRECTO: «E a escola por acaso acha que fez bem em transferir dois alunos? E a velha professora fica? Ela foi mal-educada e deram-lhe troco também os seus alunos. É normal. E a partir de agora esta velhota quase reformada fica com uma mancha no seu vasto currículo de professora de gabinete. Mas pronto eu aceito pagar-lhe a reforma desde que não cometa o erro de enfrentar "bestas".»

O BURRO

Anónimo disse...

ASSIM ESTÁ CORRECTO: «E a escola por acaso acha que fez bem em transferir dois alunos? E a velha professora fica? Ela foi mal-educada e deram-lhe troco também os seus alunos. É normal. E a partir de agora esta velhota quase reformada fica com uma mancha no seu vasto currículo de professora de gabinete. Mas pronto eu aceito pagar-lhe a reforma desde que não cometa o erro de enfrentar "bestas".»

O BURRO!

Anónimo disse...

ARRE BURRO!

O JUMENTO

Anónimo disse...

Este condado anda uma bosta com um Burro e um Jumento só pode.
A maior alegria dos últimos posts foram as duas amigas da rosário, minha nossa senhora!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Anónimo disse...

OH JUMENTO: VAI-TE FODER!!!

Anónimo disse...

Oh BURRO vai zurrar para Fátima, pode ser que Nossa Senhora do ROSÁRIO tenha pena de ti e, com a colaboração do Esopo, te ponha a falar!
Olha e aproveita para não dizeres asneiras cabeludas!
A educação fica bem em toda a parte!
Principalmente às figuras mais importantes e com melhor pedigree!
Ou será que, além de puxares a carroça, és um carroceiro!?
Tu lá sabes!!!!!

Anónimo disse...

Oh joão pede para gagar e sai!!!

Anónimo disse...

Cagar é mais bonito!!!

Anónimo disse...

Há uns que gabam tudo, outros que nunca gabam nada!
Ei que fedor!
Limpa lá o cú, depressa, porco!!!!!!

Anónimo disse...

Aqui está um bom exemplo da bestialidade dos excelsos de Tomar, ei-los em alegre conversação, munidos dos mais refinados adjectivos e argumentos.

Com gente assim Tomar tem o futuro garantido.

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

BRONC E OLÍTICO - o imaculado moralista de serviço!

Anónimo disse...

"Aqui está um bom exemplo da bestialidade dos excelsos de Tomar, ei-los em alegre conversação, munidos dos mais refinados adjectivos e argumentos.

Com gente assim Tomar tem o futuro garantido.

BRONC E OLÍTICO"

VAI DOUTORAR-TE E PEDE PARA SAIR!

O BURRO!

Anónimo disse...

Se não fosse cá por coisas dáva-vos uma palmada no rabo, mas como já são crescidos dão mais rendimento se forem desossados e mandados para Guimarães...

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Ó burro, fugiste do presépio?

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Ó burro, o teu pai já acabou de fazer o poço? É para eu lá ir montar a nora...!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Olha, já sei com quem é que o homem dos submarinos brinca às escondidas...é com o burro!
Ih...Oh...Ih...

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

...fazem comboios e trocam de máquina...Úuuuuuu...ùuuu!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

BRONC E OLÍTICO queria ser maquinista, mas nem o deixam andar na linha!!!

Anónimo disse...

Juro que quando li sobre ROSÁRIO e ALAMEDA pensei: brincadeira sobre o parvo do Paiva e a sua dulcineia Rosário que ficou por cá para ser a voz do dono.
Mas não!
Afinal esta Rosário é de facto a mulher mais bonita da Cidade de Tomar, cujo coração pode ter dono, mas uma mulher bonita não pode ter dono, não só porque a s mulheres não têm dono e muito especialmente uma mulher bonita.

Parabena ao Site do templário por esta espectacular revelação.

30 Março, 2008 21:45

Anónimo disse...

Lá está o meu anónimo de estimação, o homem dos submarinos, a atirar barro à parede! Ah maroto, tens saudades do cu-curu-cucu!!!
Nem o Mister Ed zurrava tal alto como tu! Fazes-te ouvir em Carvalhos de Figueiredo mesmo em dias de vento sul.
Vai trabalhar, indigente! Faz alguma coisa na vida! Não tens vergonha de andar a chular terceiros?

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Ó homem dos submarinos, meu anónimo de estimação, junta-te ao burro (se é que não são a mesma pessoa), compra bilhetes para a Lamarosa, esperas que passe o Rápido e marras com ele...vais ver que nem sentes...alcanças o Karma num instante...

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

"Vai trabalhar, indigente! Faz alguma coisa na vida! Não tens vergonha de andar a chular terceiros?

BRONC E OLÍTICO"

É pá, estás a ver-te ao espelho!
Tu é que pertences à SAPET e comungas com o Nunes - Saraiva os bancos ao pé do Gualdim Pais.
Se não trabalhas, ao menos respeita os outros que trabalham, que têm um emprego, que não são parasitas da sociedade, nem comilões da corrente.
Olha e compra um barquinho pequenino e põe-no a navegar no Rio Nabão, assim sempre te distrais e não xateias o preto!!!!!

Anónimo disse...

"Vai trabalhar, indigente! Faz alguma coisa na vida! Não tens vergonha de andar a chular terceiros?

BRONC E OLÍTICO"

É pá, estás a ver-te ao espelho!
Tu é que pertences à SAPET e comungas com o Nunes - Saraiva os bancos ao pé do Gualdim Pais.
Se não trabalhas, ao menos respeita os outros que trabalham, que têm um emprego, que não são parasitas da sociedade, nem comilões da corrente.
Olha e compra um barquinho pequenino e põe-no a navegar no Rio Nabão, assim sempre te distrais e não xateias o preto!!!!!

Anónimo disse...

DE CONFIRMARSE LA DENUNCIA, EL CLUB PODRÍA DESCENDER DE CATEGORÍA
El Oporto es acusado de soborno a árbitros
El club Oporto y su presidente Nuno Pinto da Costo deberán responder ante la Comisión Disciplinaria de la Liga por supuestas irregularidades en los partidos Oporto-Amadora y Beira Mar-Oporto, de la temporada 2003-2004. Ambos tienen un plazo hasta el próximo lunes para responder a los cargos contenidos en la notificación enviada este lunes por ese organismo.

En el caso 'Silbato Dorado', en el cual están implicados varios dirigentes del fútbol luso y es investigado por la justicia, aparecen mencionados esos partidos y Pinto da Costa es acusado de "sobornar" a los árbitros. Si resulta probado de que hubo corrupción activa, el club Oporto podría descender de división y una multa, de acuerdo al reglamento disciplinario de la Liga Portuguesa de Fútbol Profesional (LPFP).

Si se comprueba que Pinto da Costa intentó sobornar algún arbitro, puede ser haber una suspensión de 2 a 10 años, además de una multa. El pasado 25 de marzo, Pinto da Costa fue informado de que tendrá que responder ante el Tribunal de Instrucción Criminal de Oporto por el supuesto delito de "corrupción activa".

La juez Anabela Tenreiro decidió en ese entonces reabrir el proceso del denominado caso 'Silbato Dorado', que había sido antes archivado por la Fiscalía de la ciudad de Gaia (norte), al recibir nuevos elementos para la acusación, de un equipo dirigido por la magistrada María José Morgado.

El caso, que debe ser juzgado por Tenreiro, se remonta a un partido entre el Beira Mar y Oporto en la temporada 2003-2004, del 18 de abril de 2004, que terminó en un empate 0-0. Dos días antes del encuentro, el árbitro Augusto Duarte y el empresario Antonio Araújo, visitaron a Pinto da Costa, en su casa en la ciudad de Gaia. En esa ocasión, el presidente del Oporto le habría entregado al árbitro un sobre con 2.500 euros, según denunció Carolina Salgado, ex compañera de Pinto da Costa.

Anónimo disse...

Olá homem dos submarinos, t'ás bom? Dormiste bem ou passaste a noite a roubar auto-rádios? Vais para o inferno se passares por esta vida sem teres feito algo de honesto!!!
E já agora segue o meu conselho: borrifa-te com "Bolfo" porque andas a pegar pulgas às pessoas.

E vê lá se deixas de falar em águas, barcos, submarinos!! A gente já percebeu os teus gostos...olha, comigo não contes!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Ó marinheiro de água doce, quando levas o Burro a passear por onde é que lhe pegas? Deixa-me adivinhar...é pela "arreata"!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Ó homem dos submarinos, meu anónimo de estimação, quando almoças com o Burro, comes do mesmo prato? Quando espirras enches tudo de palha?

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Se comprueba que BRONCo PalEOLITICO intentó sobornar un arbitro, va haber una suspensión de 2 a 10 años, además de una multa. El pasado 25 de marzo, BRONCo PalEOLITICO fue informado de que tendrá que responder ante el Tribunal de Instrucción Criminal de Tomar por el delito de "conspiracion activa".

Anónimo disse...

Ó anónimo dos submarinos, o teu marido sabe que andas a gastar tempo nas tuas inutéis tentativas de te fazeres compreender?
Olha que se ele sabe ficas de castigo a pão e água e não comes carne nem pela frente nem por trás...

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

O homem dos submarinos à presidência da "Cambra"!!! O resto da maricada já lá está...MIRA, MIRA!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Vão trabalhar, caralho!

Anónimo disse...

Ó mariconço dos submarinos, não se deve dizer em público o que se come em casa...alarve! Lapaduço! Ignaro! Alimária! Estronço! Vaga-lume! Marinheiro!!!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Alimentação dominava as despesas há 15 anos, agora é a habitação
Um quarto do rendimento é gasto com a casa

Em 15 anos, os portugueses gastam o dobro na habitação e metade do que gastavam em alimentaçãoCada vez mais, o orçamento das famílias portuguesas fica dentro da própria casa. Ou melhor, é gasto com ela. A corrida à compra de uma casa própria com recurso ao crédito e a correspondente subida de preços registada no mercado imobiliário fez com que o peso das despesas com habitação no orçamento familiar dos portugueses mais do que duplicasse durante os últimos 15 anos.

E agora, como nunca antes se tinha verificado, a habitação é, de longe, a principal preocupação dos portugueses quando estão a preparar o seu orçamento.

De acordo com os dados ontem publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), entre Outubro de 2005 e Outubro de 2006, os agregados familiares gastaram, em média, 26,5 por cento do seu orçamento com habitação, o que inclui as despesas pagas com a renda de casa, o valor que pagariam de renda numa casa de que são proprietários e as contas de água, gás e electricidade.

Nos anteriores inquéritos aos orçamentos familiares - que são realizados de cinco em cinco anos -, o peso da habitação era substancialmente mais baixo. Há quinze anos, não ultrapassava os 12,4 por cento e apenas ocupava o terceiro lugar no ranking das principais despesas. O INE explica que, "para este comportamento, foi determinante a importância crescente da habitação própria", responsável por 70 por cento da componente habitação.

Em 1990, as preocupações eram outras. Para os alimentos e bebidas não alcoólicas, ia logo 29,5 por cento do orçamento, deixando pouco espaço de manobra para outro tipo de gastos. Agora, esta componente da despesa já só representa 15,5 por cento do total, o que constitui também uma descida face aos 18,7 por cento de 2000.

A redução do peso das despesas em alimentos e bebidas não alcoólicas é um fenómeno natural numa sociedade que vai progressivamente enriquecendo. À medida que as pessoas ficam mais ricas, aproveitam o rendimento adicional para consumir bens e serviços menos imprescindíveis. As necessidades de primeira or-

dem, como a alimentação, já estariam mais satisfeitas e, por isso, não é por haver mais dinheiro que se vai consumir mais, levando este tipo de bens a perder progressivamente seu peso no orçamento familiar.

É por isso que na região mais rica do país, Lisboa, as despesas com alimentação representam apenas 14 por cento do total, abaixo da média nacional. E é também por isso que Portugal, o país com o PIB per capita mais baixo da zona euro, está ainda longe do valor que, em média, é dedicado à alimentação nos 15 países do euro: 12,9 por cento.

Outra tendência é a diminuição do peso das despesas com vestuário e calçado, que passaram de 6,6 por cento em 2000 para 4,1 por cento em 2006. Neste caso, a descida de preços trazida pela entrada no mercado dos produtores dos países emergentes também constitui uma explicação.

Espaço para outros serviços

Com a redução da importância destes bens de primeira necessidade, as famílias portuguesas estão - apesar da pressão crescente para pagarem a casa - a conseguir gastar uma parte maior do seu dinheiro em bens e serviços menos essenciais. As despesas com lazer, distracção e cultura aumentaram nos últimos quinze anos de 3,9 para 5,7 por cento. Os gastos com hotéis e restaurantes subiram moderadamente e a componente onde estão os "outros bens e serviços" também viu a sua importância reforçada de 4,8 para 6,5 por cento. É por isso que, como explica Luís Vieira e Silva, presidente da Associação Portuguesa das Empresas de Distribuição (APED), se verificam "alterações na oferta comercial com o aparecimento de lojas especialistas em decoração, tecnologia, comunicações, brinquedos ou cultura". E mesmo nos formatos mais dedicados à alimentação, como os supermercados ou hipermercados, nota-se a incorporação de "áreas dedicadas progressivamente maiores, como por exemplo para jardins ou telecomunicações".

Mais saúde e educação

Outra preocupação crescente no orçamento dos portugueses é a despesa com saúde e educação, que acentuaram desde 2000, a tendência de subida. Em 2006, os gastos com saúde, cujo maior peso está nos medicamentos, atingiu os 6,1 por cento, enquanto o ensino representou 1,7 por cento.

A maior importância deste tipo de despesas pode ter várias explicações que vão desde a subida dos preços dos medicamentos, o aumento da comparticipação exigida pelo serviço público ou a preferência crescente por serviços privados.

Nos dados referentes às despesas de transportes, que tem como principal componente a aquisição de automóveis, detectam-se os efeitos da crise. Depois de se manter, entre 1990 e 2000 sempre acima da média europeia, o peso deste tipo de despesa caiu em 2006.

PÚBLICO

Anónimo disse...

Anónimo dos submarinos, ondes estás??????

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Anonimozinho??????!!!!!!??????

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

QUINTA-FEIRA, ABRIL 03, 2008

Manual "Como educar um filho"
Tirado de um Manual recente sobre educação. Temos muito que aprender com este educador, mas já cá ha quem pratique disto. Ora vejamos:

1- Comece na infância a dar o seu filho tudo o que ele quiser. Assim, quando crescer, ele acreditará que o Mundo tem a obrigação de lhe dar tudo o que ele deseja.
2- Quando ele disser nomes feios, ache graça. Isso fá-lo-á sentir-se interessante.
3- Nunca lhe dê qualquer orientação religiosa. Espere até que chegue aos 21 anos e “decida por si mesmo”.
4- Deixe ele tratar por tu os mais velhos, afinal são todos uns gajos porreiros
5- Arrume tudo o que ele desarrumar: livros, sapatos, roupas. Faça-lhe tudo para que aprenda a atribuir aos outros toda a responsabilidade.
6- Discuta com frequência na presença deles. Assim não ficará muito chocado quando o lar se desfizer mais tarde.
7- Dê-lhe todo o dinheiro que quiser, para que ele não passe as privações que você passou.
8- Satisfaça todos os seus desejos de comida, bebida e conforto. Negar pode acarretar “frustrações prejudiciais”.
9- Tome sempre o partido dele contra vizinhos, professores e autoridades. (Todos têm má vontade com o seu filho).
10- Quando ele se meter nalguma complicação séria, desculpe-o, dizendo que a culpa é das más companhias.

Anónimo disse...

PARA O ANÓNIMO ANTERIOR

Brilhante! Boa sátira! Infelizmente tocou numa situação que é real e cada vez mais comum! Por incrível que pareça até num encontro de juventude em Gouveia, que reuniu cerca de 4.000 alunos do secundário, um energumenozinho de 17 anos (já tem idade e tromba para levar um par de estalos)agrediu um agente da GNR.
Veja-se ao que isto chegou!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

BRONC E OLÍTICO

parece que a prosa é do seu grande amigo (de peito!) .... submarino.
Quem diria!
Eh! Eh! Eh! Eh!

Anónimo disse...

Olha o meu inestimável amigo, homem dos submarinos, o marinheiro "puxa que empurra"...
Então como vai esse hemorroidal? Todo metido para dentro? Pudera, com tanto supositório...
Então estás a perder tempo em horário de trabalho? Lá estás a roubar o teu patrão!!!
...ou será que estás "desempregado"?

Hum...cá para mim se o trabalho fosse vírus tu nascerias, vegetarias e morrerias sem nunca ter apanhado uma constipação sequer!!!
Adeus e almoça bem...olha parece que hoje há frango assado na Bela Vista! Aparece por lá que sempre é possível que te deitem um ossito...

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

A questão da violência dentro das salas de aula ou no âmbito da escola não tem sentido único, isto é, não ocorre apenas tendo como vítimas os professores e como causadores os alunos ou os pais destes.
Tive conhecimento que há alguns anos, aqui em Tomar, na escola Gualdim Pais, houve um caso de perseguição por parte duma professora a um aluno, envolvendo violência verbal durante meses a fio, ao ponto do aluno ter de ser seguido por um psicólogo. Quando os pais apresentaram queixa ao Conselho Directivo, presidido na altura pela que foi até há pouco tempo a braço direito do ex-presidente Paiva, essa professora tentou inclusivamente atropelar o pai do aluno numa passadeira em Tomar.
Resta-me dizer que o C.E presidido pela senhora teve o assunto metido na gaveta durante imenso tempo...
Quando finalmente o assunto baixou ao ministério a professora foi afastada temporariamente.
Neste caso a presidente do Conselho Directivo não deveria ter sido igualmente sancionada?

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Oh BRONCo E Para (O) LÍTICO mental,

Então como vai esse hemorroidal? Todo metido para dentro?
Pudera, com tanto supositório...
Continua a tomar que te faz bem e alivia a tripa.

Zé Bumba

Anónimo disse...

Ó pá, então agora chamas-te Zé Bumba? Primo do Rebimbó Malho!! Não andarás com um distúrbio de personalidade? Lá no submarino como é que te chamavas? Maria Amélia?
Olha, eu vou informar-me se ainda existe a Feira dos Três em Ourém. Se no próximo dia 3 de Abril houver essa feira não me importo de te levar lá. Olha, até peço ao Tomix o reboque emprestado, deito um bocado de palha no fundo que é para não estranhares e depois dou-te 3 ou 4 Kgs de fava seca mais 5 litros de água que é para quando lá chegarmos já ires mais cheiinho. Prometo que só te vendo a quem eu vir que te trata bem! Eu também fui ensinado a gostar de animais, por isso é que te dou sempre "troco". É que isso de virar as costas é mais contigo...!!!

A propósito sempre passaste lá pela Bela Vista? Ou preferiste subir a rua...

...e pára de fazer eco dos meus pensamentos, pareces o emplastro, só que ele cheira melhor!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

... e vê lá se tens decoro, ó lapaduço dos submarinos!! Os vizinhos já nem te podem ouvir!!! Vê se baixas o tom de voz...ninguém tem nada com o que fazes dentro das quatro paredes da tua casa. Ninguém tem que ouvir expressões tuas como "ai, tão grosso!!!", "ai tão grossa!!!" ou "tira, tira que vem lá gente!!!"
BRONCO

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Falamos no secundário e no universitário? Há professores a comerem alunas e professoras a comerem alunos. Queres um dez então vamos aum jantar e auma noite de sexo. Quando as imagens aparecerem no tube vão se passar. Eu tenho umas muito nítidas e facilmente posso identificar o professor universitário. Ele até vai à TV.

Anónimo disse...

Então afinal a velha e inadaptada professora de Francês perdeu um teste de uma aluna e por isso repetiu a prova à mesma rapariga deixando os outros colegas a usar o telemóvel.
O que faz a velhice! Perder um teste? A velha só não perde a cabeça porque está colada pelo esternoclidomastóideo!
E assim vai o ensino das nossas "bestas" ou como disse a velha e incompetente professora: dos "marginais".
Esta velha tem que ser castigada pois não tem nível para exercer ensino. Vá coser as meias dos netos ou arranje mais um tacho no ministério de onde saiu!
Os miúdos ainda têm remédio agora a velha... velha burra fica!

O BURRO!

Anónimo disse...

O que têm a dizer os geniais deputados pelos IpT?
Será que a sua contribuição para a Carta Educativa foi brilhante, eheheh!

O BURRO!

Jose disse...

Até que nefim que leio no Cidade de Tomar um artigo de opinião com conteúdo e de qualidade. Estou a falar do artigo do Pedro Marques que convido-os a todos a ler, pois podemos até discordar de algumas coisa. mas tem ideias arrumadas que formam um todo coerente.
Parabéns.

Anónimo disse...

Obrigado pela informação. Vou já a correr comprar o pasquim!

O BURRO!

Anónimo disse...

CÂMARA DE TOMAR CONDENADA A PAGAR 750.000 EUROS A CONCESSIONÁRIA DE ESTACIONAMENTO.

Mais uma "herança" deixada pelo inefável ex-presidente Paiva. Outro dos seus bons negócios. A sua teimosia já tem fama. O preço dela é que ainda muita gente não sabe. A procissão ainda vai no adro.
...e havia por aí quem dissesse para largarem o homem de mão...que já estava "morto"...!!!
Ainda iremos ouvir falar muito dele!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

...sem falar da polémica que se gerou na Ordem dos Arquitectos relativamente ao "mamarracho" mandado construir pelo ex-autarca atrás da câmara, cuja volumetria é gritantemente desajustada ao espaço.
Como quase tudo em Portugal, o processo que deveria ter sido instaurado aos "arquitectos" que desenharam aquela "pôia" perdeu-se no tempo e nas gavetas da burocracia, e ficou tudo em "águas de bacalhau".

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

...E A CARTA EDUCATIVA PASSOU...FINALMENTE, UHF!!!

Felizmente que ainda existem políticos locais que, passando por cima dos poderes estabelecidos e interesses partidários obscuros, votam por aquilo que em consciência lhes parece ser o mais adequado e que melhor serve os interesses de quem os elegeu.
Parece ter sido o caso do sr. Serra da CDU que, contrariando a intenção e indicação de voto do seu partido, votou favoravelmente a carta Educativa do Concelho de Tomar, permitindo assim o desencadear do processo burocrático que fazer chegar a Tomar as verbas e demais condições para a execução dos objectivos traçados.
Segundo me disse um passarinho, os comunistas fizeram vir de Lisboa um "jagunço" do Comité Central, muito provavelmente com o intuito de condicionar, quiçá amedrontrar o seu correlegionário. Em vão! O homem manteve-se firme e hirto que nem um rochedo na sua convicção e deu com o seu voto o toque de finados nas intenções de alguns que teimavam em não fazer aprovar a C.E., talvez, disse-me outro passarinho, para favorecimento de interesses ocultos, provavelmente também imobiliários, nos corredores da partidarite nabantina.
É o caso da E.B.2.3 Nuno Álvares Pereira, que estaria na mira da especulação imobiliária. Disse-me o mesmo passarinho que seria o sr. Paulo Fonseca, construtor de Ourém e membro do PS distrital, uma das personalidades que estaria por detrás desse "cambalacho".
Outra eminência parda do nosso panorama político caseiro que se terá manifestado sempre adverso a esta carta Educativa, terá sido o sr. Pedro Marques, favorável à construção dum polo escolar algures para os lados das Avessadas, em desfavor da continuação do antigo colégio Nuno Álvares. Porquê? Ora parece que este senhor será proprietário duns terrenos lá para a zona! Será verdade? Os passarinhos são muito calhandreiros...!!!
E por fim parece que houve quem andasse a incendiar ânimos nas redondezas de Tomar, fazendo crer a alguns presidentes de junta com inteligência mais obtusa que um ãngulo obtuso, que encerrar escolas com pouco mais que meia dúzia de alunos fazia parte da política da câmara no âmbito desta carta Educativa, quando até o mais distraído sabe que essa tem sido a política do governo.

Parabéns sr. Serra pela sua frontalidade e honestidade. Estas suas qualidades são a excepção que confirmam a regra no panorama dos politiqueiros desta terra.
Ah, e segundo já ouvi por aí dizer (e esta é uma dedução muito bem conseguida), a CDU que se prepare para perder mais uma Junta de Freguesia nas próximas Autárquicas, já que o sr. tem sido sempre muito bem aceite pela população da freguesia. Porque será?

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

O Sr. Serra ao pedestal na Praça da República já!
Parece que finalmente o PSD vai voltar a concorrer à Junta de Carregueiros nas próximas eleições autárquicas.
Sim candidato ganhador já tem - o Sr. José Nunes Serra, a transferir da CDU/PCP e, já agora, proposto pela Madame Zita Seabra.
Isto agora é bom para os transfugas.
Viva a demUcracia!
Só os BURROS não mudam!!!!!!

Anónimo disse...

Cala-te, cabeça de Vila Franca. Vai vomitar para o teu casebre!!!

Anónimo disse...

"O Gualdim Paes representa o estado Novo, e como tal devia ser removida da Praça da República!" afirmou o sr. arq. Sebastião.Gostava de saber a que horas foi proferida tal afirmação.
E já agora, no entender desse senhor o que é que deveria substituir a estátua? Uma pipa de vinho?

Anónimo disse...

Ao Serra de Carregueiros basta-lhe candidatar-se como independente! O partido dele pelos vistos têm sido as pessoas da freguesia que continuam a gostar do seu trabalho.
Porque razão alguns cabeças de asnos que aqui aparecem continuam a partidarizar tudo e todos?

Anónimo disse...

Então porque é que o Serra se candidata pela CDU/PCP?
Ele é (ou era) militante do Partido Comunista e nunca saíu, nem o negou.
Não dá para entender que estes anónimos venham acusar os outros de partidarizar as coisas.
Quando convém independente, quando convém do partido.
É tudo feito à medida destes BRONCOS, não olham a meios para atingir os fins.
Viva o partido dos partidos, dos escaqueirados.

Anónimo disse...

Ó "josé" essa do artigo do Pedro Marques foi mesmo metida a martelo não?!

Dêem ao homem mas é juízo, e já agora um ventilador médico, que o homem já nem consegue respirar!
Vergonha já não lhe peço, pela mesma razão que sei que não vale a pena, coisas que a idade já não muda.

Anónimo disse...

O que é um ventilador médico?

Anónimo disse...

Retiro a pergunta anterior. Estava a pensar naqueles ventiladores dos cafés. Um ventilador médico é um aparelho para dar ar às pessoas com falta dele. Tem um elástico, uma coquilha e sai um vento que faz Ffffffffffff duma mangueirinha estreitinha ligada à parede.

Anónimo disse...

Caro Conde,

Fiquei contente por ler o artigo que assinou no jornal da terra - o Cidade de Tomar - sob outro heterónimo (AR). E mais alegre fiquei por o saber de regresso ao mundo da escrita jornalística (que confessou para breve). Só não gostei do facto de ter gasto meia página a fazer autopublicidade. Apesar de todos os que o conhecemos lhe aturarmos os modos narcisistas que até nos dá um certo gozo, não lhe fica bem. E como diria o seu amigo Miterrand, também conhecido pelo rei-maçon, era perfeitamente excusado.

Atenciosamente o seu,
Duque da Sabacheira

Anónimo disse...

Só mesmo quem não conheça o António Rebelo...

Anónimo disse...

Sim, realmente o artigo não tem nada de auto elogio...

Anónimo disse...

É mais um a querer vender-se (se calhar aos independentes). Até já anda a discursar na confraria do Barbo...

Anónimo disse...

CONDE DO FLEXEIRO = ANTÓNIO REBELO

Porque não me lembrei disso à mais tempo!

O Asno!

Anónimo disse...

Já não há eleições!!! D. Sebastião volta para a semana!!!

O Barão do Cú da Mula

Anónimo disse...

Esta gente tem andado a dormir.
Só faltava mesmo receberem o senhor de braços abertos.
Para abraçar melhor o seu (grande) ego.

Anónimo disse...

Eh pá, não chateiem muito o homem porque senão tira-nos o brinquedo e depois já não podemos dizer mal uns dos outros.

Anónimo disse...

Carta ao Fisco (recebida por e-mail)
Querido Fisco

No meu casamento, que se realizou no dia..., estiveram presentes 120 convidados: 89 adultos, 9 crianças e 2 bebés. A festa teve lugar na Quinta... do meu padrinho Luís M. que me presenteou a boda (as cópias dos talões do talho, da mercearia e da peixaria seguem em anexo).
A minha tia Alzira S., que é costureira, fez-me o vestido e não cobrou nadinha, mas gastei 60€ em tecidos, 34, 5€ nas rendas e bordados e 18, 75€ em linhas, botões e alfinetes. As meias e as ligas ficaram por 35€, conforme recibos que envio. O noivo usou o fato da Comunhão Solene com umas ligeiras alterações (a Tia Alzira não cobrou nada).
O meu irmão foi o fotógrafo de serviço. Todas as fotografias foram enviadas aos convidados por e-mail, que imprimirão as que entenderem por sua conta.
Não foi alugada qualquer viatura. Eu fui na Charrete do Sr. José M., que andou comigo ao colo e é como um pai para mim. O Manuel ( o noivo) foi de mota: a mota dele que ainda está a acabar de pagar, conforme se comprova com documento.
As flores foram todas do jardim da minha avó Margarida e a minha prima Mariana F. que é uma moça muito prendada fez os arranjos.
A animação da festa esteve a cargo do irmão e dos primos do Manuel, que têm uma banda - os "Sempr'Abrir" que merecem ter sucesso.
Não pudemos aceitar nenhum dos presentes, uma vez que não vinham acompanhados dos recibos.
Os charutos cubanos que um amigo nosso nos trouxe de Cuba ficaram para nós, porque não os declaramos na Alfândega, e assim não os podíamos oferecer para agora provar o seu custo.
Os preservativos comprou-os o Manuel naquelas máquinas que estão longas horas ao Sol (porque é um rapaz muito introvertido), mas que não dão recibos, o que me permite escusar-me a revelar o seu número, não vá, daqui a alguns anos, lembrares-te de cobrar retroactivamente uma taxa pelas que foram dadas na lua de mel.


Maria Julieta Silva Chibo

Manuel António Sousa Chibo

Anónimo disse...

Irregularidades relativas à obra de reconstrução da entrada do Mouchão. Tem a ver com a ponte!
Mais uma boa do executivo Paiva!
É sempre a abrir!!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

O homem quando foi embora sabia o que deixava para trás...

Anónimo disse...

É verdade! Anda para aí gente a dizer que já "morreu", no sentido em que já se foi embora e portanto não batam mais no ceguinho, mas o que é certo é que vai ser a partir de agora que vão começar a aparecer as "ondas de choque" da sua má administração, e sobretudo da sua teimosia e arrogância.
Eu não devo a partido nenhum, nunca fui nem serei político nem mesmo na sua expressão mais baixa - refiro-me às freguesias - e por isso estou à vontade para criticar onde ache que devo criticar, ou elogiar quando entender que o devo fazer. No caso do sr. Paiva, infelizmente há mais a criticar que a elogiar. No entanto não acabo sem realçar a sua acção no que se refere à Educação, que, segundo opinião de muita gente ligada ao meio, foi de uma forma geral positiva.

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Também o homem vem desse sector e poderá a ele regressar muito em breve...

Anónimo disse...

O Paiva é um tubarão.
Se pensam que o homem desapareceu, enganem-se que ele regressará um dia destes. Se calhar armado em D.Sebastião...
Mas provavelmente apenas resolvidas estes problemas menores, como dívidas, multas, etc.

O Duque da Sabacheira

Anónimo disse...

Acha que 750.000 euros é um problema menor? Quando a coisa cair em cima dos munícipes em forma de alguma taxa talvez deixe de pensar assim...

Anónimo disse...

É verdade. E isto se calhar é a ponta do iceberg. Viver em Tomar tem os seus custos, por culpa da má gestão dos cromos que têm estado na câmara. Em Tomar o IMI subiu. Na Nazaré, por exemplo, desceu!

Anónimo disse...

"Acha que 750.000 euros é um problema menor? Quando a coisa cair em cima dos munícipes em forma de alguma taxa talvez deixe de pensar assim.."

1.200 lugares tarifados por toda a Cidade, indemnizações referentes a não ter sido implantada a tarifação da BragaParques/Parque T (vejam que na Rua dos Arcos, Av. Cândido Madureira estão as marcações no chão e alguns dísticos);
pagamento das despesas do processo e advogados (já gastaram quase 400.000 euros até agora);
indemnizações à BragaParques/Parque T pelos prejuízos na fraca ocupação do parque subterrâneo
e......
que mais irá acontecer!

Valha-nos S. Frutuoso, já que a Borga foi para o Ribatejo.

Volta Paiva, se pagares estás perdoado.

PAPA FIGOS

Anónimo disse...

Força Tomar! Força Tomar! Não deixem Tomar atrás!

Anónimo disse...

Após várias moções de protesto aprovadas pela Assembleia Municipal de Tomar, o Secretário de Estado da Justiça afirmou hoje em Tomar que o Tribunal do Trabalho vai ficar instalado no Palácio de Alvaiázere (no espaço que os Notários deixaram vago) ATÉ AO FINAL DESTE ANO DE 2008.
Assim o serviço a prestar poderá ter a dignidade que não tem (minimamente) no edifício do Pelourinho.

Água mole em pedra dura .....

Anónimo disse...

Olha, esta é mais ou menos uma boa notícia. Pelo menos ficamos a saber que o Tribunal do Trabalho não vai sair de Tomar...pelo menos para já!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

O BCE - Banco Central Europeu e a OMS - Organização Mundial de Saúde acabam de emitir um comunicado onde alertam para a existência de produtos cancerígenos altamente nocivos nas notas de 500 euros.
José Sócrates acaba de anunciar no portal do governo que os portugueses estão imunes ao perigo!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

"O país perdeu a inteligência e a consciência moral.
Os costumes estão dissolvidos, as consciências em debandada,
Os carácteres corrompidos.
A prática da vida tem por única direcção a conveniência.
Não há princípio que não seja desmentido.
Não há instituição que não seja escarnecida.
Ninguém se respeita.
Não há nenhuma solidariedade entre os cidadãos.
Ninguém crê na honestidade dos homens públicos.
Alguns agiotas felizes exploram.
A classe média abate-se progressivamente na imbecilidade e na inércia.
O povo está na miséria.
Os serviços públicos são abandonados a uma rotina dormente.
O Estado é considerado na sua acção fiscal como um ladrão e tratado como um inimigo.
A certeza deste rebaixamento invadiu todas as consciências.
Diz-se por toda a parte: o país está perdido!"

Eça de Queirós, 1871

Anónimo disse...

Muito boa.
Mas lembro-me de uma outra, também muito a propósito dos tempos que correm:


* RIFA DO BURRO *

Certa vez, quatro meninos foram ao campo e, por 100 €, compraram o burro de um velho camponês.

O homem combinou entregar-lhes o animal no dia seguinte. Mas, quando eles voltaram para levar o burro, o camponês disse-lhes:

- Sinto muito, amigos, mas tenho uma má notícia. O burro morreu.

- Então devolva-nos o dinheiro!

- Não posso, já o gastei todo.

- Então, de qualquer forma, queremos o burro.

- E para que o querem? O que vão fazer com ele?

- Nós vamos rifá-lo.

- Estão loucos? Como vão rifar um burro morto?

- Obviamente, não vamos dizer a ninguém que ele está morto.

Um mês depois, o camponês encontrou-se novamente com
os quatro garotos e perguntou-lhes:

- E então, o que aconteceu com o burro?

- Como lhe dissemos, nós rifamo-lo. Vendemos 500 rifas a 2 € cada uma e arrecadamos 1.000 €.

- E ninguém se queixou?

- Só o ganhador, porém devolvemos-lhe os 2 €, e pronto!

* O IMORAL DA HISTÓRIA: *

Os quatro meninos cresceram.
Um fundou um banco chamado "BCP";
Outro uma empresa chamada "SONAE" ;
Outro uma igreja chamada "Universal";
E o último chegou a primeiro-ministro por um partido político chamado "PS".

E estão agora a governar Portugal!!!!

Anónimo disse...

ESTA JÁ TEM BARBAS....

Anónimo disse...

E diz o Scolari:
Então o BURRO sou eu?????....
Vota PS que arrefece (o corpo e a alma)!

Anónimo disse...

Lá estão vocês a ajavardar a conversa!!!

Anónimo disse...

O PROFESSOR QUE SÓCRATES NÃO CONHECIA, NÃO CONHECEU NEM QUER OUVIR FALAR; A BEM DA NAÇÃO CHAMA-SE ANTÓNIO JOSÉ MORAIS E É ENGENHEIRO A SÉRIO; DAQUELES RECONHECIDOS PELA ORDEM



(não é uma espécie de Engenheiro, como diriam os Gatos Bem Cheirosos).



O António José Morais é primo em primeiro grau da Dra. Edite Estrela.

É um transmontano tal como a prima que também é uma grande amiga do Eng. Sócrates.

Também é amigo de outro transmontano, também licenciado pela INDEPENDENTE o Dr. Armando Vara, antigo caixa da Caixa Geral de

Depósitos e actualmente Administrador da Caixa Geral de Depósitos, grande amigo do Eng. Sócrates e da Dr.ª Edite Estrela.

O Eng. Morais trabalhou no prestigiado LNEC (Laboratório Nacional de Engenharia Civil), só que devido ao seu elevado empreendedorismo canalizava trabalhos destinados ao LNEC, para uma empresa em que era parte interessada.

Um dia foi convidado a sair pela infeliz conduta. Trabalhou para outras empresas entre as quais a HIDRO-PROJECTO e pelas mesmas razões foi convidado a sair.

Nesta sua fase de consultor de reconhecido mérito trabalhou para a Câmara da Covilhã onde vendeu serviços requisitados pelo técnico Eng.

Sócrates.

Daí nasce uma amizade.

É desta amizade entre o Eng. da Covilhã e o Eng. Consultor que se dá a apresentação do Eng. Sócrates à Dr.ª Edite Estrela, proeminente deputada e dirigente do Partido Socialista.

E assim começa a fulgurante ascensão do Eng. Sócrates no Partido Socialista de Lisboa apadrinhada pela famosa Dr.ª Edite Estrela, ainda hoje um vulto extremamente influente no núcleo duro do líder socialista.

À ambição legítima do político Sócrates era importante acrescentar o grau de licenciatura.

Assim o Eng. Morais, já professor do prestigiado ISEL (Instituto Superior de Engenharia de Lisboa) passa a contar naquela Universidade com um prestigiado aluno – José Sócrates Pinto de Sousa, bacharel.

O Eng. Morais demasiado envolvido noutros projectos faltava amiúde às aulas e, naturalmente, foi convidado a sair daquela docência.

Homem de grande espírito de iniciativa, rapidamente, se colocou na Universidade Independente.

Aí o seu amigo bacharel José Sócrates, imensamente absorvido na Política e na governação seguiu-o....." porque era a escola, mais perto do ISEL que encontrou ".

E assim se licenciou, tendo como professor a maioria das cadeiras (logo quatro) o desconhecido mas exigente Eng. Morais.

E ultrapassando todas as dificuldades, conseguindo ser ao mesmo tempo Secretário de Estado e trabalhador estudante licencia-se, e passa a ser Engenheiro, à revelia da maçadora Ordem dos Engenheiros, que segundo consta é quem diz quem é Engenheiro ou não, sobrepondo-se completamente ao Ministério que tutela o ensino superior.

(Essa também não é muito entendível; se é a Ordem que determina quem tem aptidão para ser Engenheiro devia ser a Ordem a aprovar os Cursos de Engenharia....La Palisse não diria melhor)

Eis que licenciado o governante há que retribuir o esforço do HIPER-MEGA PROFESSOR, que com o sacrifício do seu próprio descanso deve ter dado aulas e orientado o aluno a horas fora de normal já que a ocupação de Secretário de Estado é normalmente absorvente.

E ASSIM FOI:

O amigo Vara, também secretário da Administração Interna coloca o Eng. Morais como Director Geral no GEPI, um organismo daquele Ministério.

O Eng. Morais, um homem cheio de iniciativa, teve que ser demitido devido a adjudicações de obras não muito consonantes com a lei e outras trapalhadas na Fundação de Prevenção e Segurança fundada pelo Secretário de Estado Vara. (lembram - se que foi por causa dessa famigerada Fundação que o Eng. Guterres foi obrigado a demitir o já ministro Vara (pressões do Presidente Sampaio), o que levou ao corte de relações do Dr. Vara com o Dr. Sampaio - consta até que o Dr. Vara nutre pelo ex-Presidente um ódio de estimação.



O Eng. Guterres farto que estava do Partido Socialista (porque é um homem, acima de qualquer suspeita, íntegro e patriota) aproveita a derrota nas autárquicas e dá uma bofetada de luva branca no Partido Socialista e manda-os todos para o desemprego.

Segue-se o Dr. Durão Barroso e o Dr. Santana Lopes que não se distinguem em praticamente nada de positivo e assim volta o Partido Socialista comandado pelo Eng. Sócrates..... Que GANHA AS ELEIÇÕES COM MAIORIA ABSOLUTA.

Eis que, amigo do seu amigo é e vamos dar mais uma oportunidade ao Morais, que o tipo não é para brincadeiras.

E o Eng. Morais é nomeado Presidente do Instituto de Gestão Financeira do Ministério da Justiça.

O Eng. Morais homem sensível e de coração grande, tomba de amores por uma cidadã brasileira que era empregada num restaurante no Centro Comercial Colombo.

E como a paixão obnubila a mente e trai a razão nomeia a "brasuca " Directora de Logística dum organismo por ele tutelado a ganhar 1600 € por mês. Claro que ia dar chatice, porque as habilitações literárias (outra vez as malfadadas habilitações) da pequena começaram a ser questionada pelo pessoal que por lá circulava.

Daí a ser publicado no " 24 HORAS" foi um ápice.



E ASSIM lá foi o apaixonado Eng. Morais despedido outra vez.



TIREM AS VOSSAS CONCLUSÕES E NÃO SE ESQUEÇAM: EM 2009 CONTINUEM A VOTAR NELES...!!!

Anónimo disse...

Ivo Santos, o último dos moicanos do PSD foi apanhado pelo fiscal das Finanças Caros Silva, como"oportunista" encartado, pois parece que é sócio de uma empresa com contratos com a Câmara onde agora passou a estar a tempo inteiro.


Muito mal para um senhor que tinha 4 turmas para dar al~ulas e a meio do ano se baldou, para sacar mais uns cobres.

Bem pregas Frei Tomás...
Imaginem se o tipo tinha ganho no PSD. Era só sacar...

09 Abril, 2008 22:03

Anónimo disse...

Mas o sr. Ivo Santos nunca enganou ninguém! Só quem não quer ver o óbvio!!! Não tem nada que se lhe aponte de bom! Como político é uma anedota, como homem de família ainda é pior que o ex-maior. Homem adulto, de idade "por supuesto", foi o próprio pai dele agarrá-lo por uma orelha e dar-lhe um raspanete para voltar para casa onde tinha à espera 2 filhos menores e uma mulher trabalhadora a quem dava a importância necessária apenas para inglês ver.
Quanbdo finalmente consumou o divórcio, dizem, o aconchego dele mandou-o às ortigas porque a relação não valeria para mais do que umas quecas.
É homem de virar para o lado donde as notas mais acenarem. Um
oportunista que não leva por diante projecto nenhum, rola ao sabor das conveniências. É mais um trafulha e um bandalho que a nossa política autárquica alberga naquela estrebaria que é a câmara municipal. Nenhum, dos seus actos até agora criou mais-valia.

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

VAI BUSCAR!!!

Anónimo disse...

Havia o SIR IVA (el gigante),
agora há o SIR IVO (el matador),
mas que grande SIR ILHO

Anónimo disse...

NOTÍCIA DE ÚLTIMA HORA

Carolina Salgado sofre acidente na ponta da Arrábida. Assistida no hospital apresentou fortes queixas na zona cervical!!!!!

Está indisponível para bobós até novo aviso.

Anónimo disse...

Mas afinal o Ivo Santos é ou não empresário? É ou não dono ou gerente, ou qualquer coisa do zone?
Alguém que apure isso por favor.

Anónimo disse...

CAROLINA SALGADO SOFRE ACIDENTE NA PONTA DA ARRÁBIDA

Segundo notícias seguia a bordo do seu jipe BMW topo de gama. Estranho para quem diz viver do subsídio de desemprego. Um carro daquele gabarito não é para qualquer um(a).
Mas há que ter em conta uma coisa: do corpo lhe saiu!!!

Anónimo disse...

Caro BRONC E OLÍTICO,

Não sei se é ódio ou inveja, mas fica-lhe mal dizer essas barbaridades de um ex.colega.
Tomara chegar aos calcanhares do Ivo...

Anónimo disse...

ABAIXO O FCP!

SLB SLB SLB SLB SLB SLB SLB

Anónimo disse...

O Ivo andou escondido porquê?
Rabos de palha? Foi?
E agora voltou para quê?
Pelouro dos Parques e Jardins?
É uma verdadeira anedota na política da casa.
Piada esta de ter sido o apagado Carlos Silva a perguntar o obvio.
E ainda dizem que ele não serve para nada.
De uma acentada pregou o Ivo no chão e levou no mesmo embrulho o Pedro Marques. Lindo serviço, sim senhor!

Anónimo disse...

PARA ANÓNIMO DO DIA 10/04/08 18:36H

Eu colega do sr. Ivo Santos?
Está muito enganado quanto ao que julga ser a minha identidade. E quanto ao facto de dizer "barbaridades"...enfim. não vou aqui expor-me dizendo donde me chegaram equelas informações...mas se chama à realidade barbaridades...!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Caro BRONC E OLÍTICO,

Lamento que não tenha percebido o que escrevi. Eu nunca escrevi que era Ivo era seu colega, mas sim "ex-colega".

Por outro lado não seja imodesto ou "naïf" que isso fica-lhe mal. Todos nós sabemos quem é que se esconde por detrás deste pseudónimo. E também sabemos quando e onde se cruzou com o Ivo. E se agora já não é mais "amigo" dele, provavelmente deve tal a um conjunto de atitudes lamentáveis da sua parte motivadas por uma grandecíssima "dor de cotovelo".

Quanto ao facto do seu (agora) amigo Carlos Silva ser muito bom. Resta salientar que já estamos habituados às cambalhotas dos socialistas tomarenses, às suas lutas intestinas e também ao facto de habitualmente se preocuparem mais em destabilizar o PSD-Tomar do que em arrumar a casa.

Mas não se preocupe que o candidato do PSD, seja ele qual fôr, ganhará com uma perna às costas e V.Exelência poderá continuar a escrever estas barbaridades a que chama verdades.

Seu,

Anónimo disse...

Lamentável a sua teimosia azinina. Continuo a afirmar-lhe que não sou nem nunca fui colega do sr. Ivo Santos. Também lhe poderei dizer, embora seja o mesmo que falar com uma parede, que do sr. Carlos Silva a única ligação que guardo é tendo por permeio o balcão das finanças.
Também lhe posso relembrar que em intervenções anteriores afirmei que nunca fui, não sou nem nunca serei político.
Por tudo isto sugiro-lhe que deixe de atirar "barro à parede" porque já percebi que quanto mais matuta mais longe está da verdade, e deixe-se de catalogamentos bacôcos e sem fundamento...só lhe fica mal, seja quem você fôr!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

...e se quer uma achega àcerca da minha identidade dir-lhe-ei apenas que tnho mais de 8 e menos de 80 anos, frequento o Santa Iria, as Estrelas, o Condestável, o Tropical, o Modelo, o Lidl, o Intermarché, a Marisqueira, as farmácias Dias Costa, Nova, Central, Torres Pinheiro e Ribeiro dos Santos, os CTT, trabalho das 09:00H às 17:30H de segunda a sexta, gozo fim-de-semana à inglesa, ando a pé, tenho carro de marca europeia.
Pois é, meu amigo. Dá para perceber que sou um cidadão comum, do mais comum que existe. Simplesmente ando bem informado! Benefícios duma vivência gregária!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

O CASMURRO

Dei-me ao trabalho de observar esta manhã o fluxo de trânsito que, em grande parte vindo da estrada das algarvias e descendo a av. Cândido Madureira, atravessa a ponte e se dirige para a zona escolar. Em apenas 15 minutos contei 60 carros com um denominador comum: um(a) condutor(a) e um(a) estudante. É lamentável o tempo e o gasto de energia a que a fila de trânsito obriga, situação esta agravada pelo "afunilamento" provocado pelas obras da "carismática" ponte do flecheiro.
Então não seria sensato incluir a zona das Algarvias no roteiro do TUT, pelo menos durante a época escolar, para já, e posteriormente de forma permanente?
A curto prazo seria de certeza um alívio para o trânsito em Tomar, porque é facilmente constatável que em período de férias escolares nem 1/20 de viaturas entram em Tomar por aquele lado e àquela hora. Porque não estender o circuito do TUT às zonas limítrofes da cintura urbana de Tomar, mesmo com horário mais espaçado?
Se fui bem informado, este assunto foi em tempos exposto mais que uma vez para reflecção ao ex-presidente Paiva que sempre declinou debruçar-se sobre a questão.
Malefícios de défice democrático...e de casmurrice!!!

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Talvez o Carlos Silva possa resolver o problema...

Anónimo disse...

Se calhar o Carlos Silva até tocou numa questão sensível. Tocar nas feridas até doi como o caraças.

Anónimo disse...

CAROLINA SALGADO

Carolina Salgado já teve alta do hospital.
Disponível para bobós.

Anónimo disse...

Se calhar o Carlos Silva até tocou numa questão sensível da Carolina Salgado, que já teve alta do hospital.
Tocar-lhe até doi como o caraças. E para bobós, estão os bobos.

XPTO

Anónimo disse...

Novo Governo apresentado por Zapatero tem mais mulheres que homens

O socialista José Luis Rodriguez Zapatero apresentou hoje, oficialmente, a composição do seu novo Governo. Pela primeira vez em Espanha, há mais mulheres do que homens.

Investido ontem na liderança do novo Governo espanhol, depois da vitória do seu partido nas legislativas, Zapatero reconduziu os pesos pesados do seu anterior Governo, nomeadamente a vice-presidente e porta-voz Maria Teresa Fernandez de la Vega e o vice-presidente responsável pela Economia, Pedro Solbes.

Miguel Angel Moratinos continua à frente da diplomacia espanhola e Alfredo Perez Rubalcaba, mantém o lugar de ministro do Interior.

Entre os que se mantêm estão ainda Elena Espinosa, que será responsável pelo Meio Ambiente, Meio Rural e Marinho; Alfredo Pérez Rubalcaba (Interior), Bernat Soria (Saúde), César Antonio Molina (Cultura), Elena Salgado (Administração Pública) e Mariano Fernández Bermejo (Justiça).

Este Governo, que marca uma certa continuidade, vê chegar cinco novos ministros e sair quatro titulares da equipa cessante, entre eles o ministro do Trabalho e dos Assuntos Sociais, Jesus Caldera.

Carme Chacon, 37 anos, tornou-se na primeira mulher em toda a história espanhola a liderar a pasta da Defesa. Chacon faz parte de um grupo de nove mulheres, contra oito homens, que compõem o Governo de Zapatero.

Passam ainda a fazer parte do Executivo Miguel Sebastián (que ficará com a pasta da Indústria), Celestino Corbacho (Trabalho) e Beatriz Corredor (Habitação).

Entre as novidades figuram um Ministério da Igualdade, atribuído a Bibiana Aido, 31 anos, e um Ministério das Ciências e da Inovação, ocupado por Cristina Garmendia, 45 anos.

PÚBLICO

E em Portugal o do Socrates?

Anónimo disse...

Tu tens uma fixação pelo Carlos Silva. Ah Carlos Silva, meu maganão!!! Andas a fazer das tuas quando os maridos delas vão para os copos, ou andas a fazer das tuas quando as mulheres deles saem para o rendez-vous?

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Carlos Silva a Presidente.
(da junta)

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Ora aí está a ordinarice tomarense no seu melhor! O anónimo das 11:52H deve muito à educação. Porque não vais fazer paraquedismo para o Castelo de Bode?

BRONC E OLÍTICO

Anónimo disse...

Saraiva para vice-presidente e Luis Ferreira para vereador da educação.

Anónimo disse...

É indecente.

Vem uma pessoa para aqui defender o único político tomarense (pelo menos assim parece) que pensa que a política deve servir os cidadãos (e não os interesses particulares dos que a usam a seu belo prazer)
e é apedrejado pelos maledicentes do costume.

Não sei se Carlos Silva será o melhor tomarense para presidir aos destinos da autarquia, mas sei que é dos poucos - ou o único - a fazer frente aos tubarões do costume. Os que fazem negócios escuros com a Câmara e, amíude, defendendo menos estado, acabam por engordar à custa desse.

Carlos Silva tem os "ditos" no sítio certo. E isto faz confusão a muita gente.

Pena que esses que tanto o criticam não aprendam com ele.

Anónimo disse...

Tem os "ditos" a seguir aos teus?

Anónimo disse...

Desfolhando o pasquim "Cidade de Tomar" vejo atónito umas fotografias onde salta à vista o novo presidenteda câmara. Mas ninguém tem por aí uma bomba de ar para encher o dito com um bocadinho de ar?
É que o homem parece uma boneca insuflável, na versão masculina, meia cheia, carragada de engelhas.
Que mau aspecto...

Anónimo disse...

Mas ninguém tem por aí uma bomba de ar para encher o dito com um bocadinho de ar?

- Isto são os amigos do Carlos Silva a falar, pois só veem beleza em almas anafadas. Ou então é boca dos independentes afectos ao Pedro Marques...

Anónimo disse...

Lá estás tu a mandar papos para o ar. Porque não vais à Serra D'Aire fazer um estágio com os burros que lá moram para ver se aprendes alguma coisita?
Ressabiado!!!!!

Anónimo disse...

- Isto são os amigos do Carlos Silva a falar, pois só veem beleza em almas anafadas. Ou então é boca dos independentes afectos ao Pedro Marques...

Bronco!!!

Anónimo disse...

Nem sequer sabes conjugar o verbo ver! És mesmo um lapaduço!

Anónimo disse...

Poça que isto aqui é só Xuxas.

Gozam com o Curvelo de grande, mas se alguém ousa falar no Carlos Silva caiem em cima que nem moscas numa bosta.

Mas será que o Sócrates só obriga a trabalhar os que não são do PS?

Vão trabalhar, malandros.

Anónimo disse...

Mas para que é que perdes tempo e energia a zurrar? Ninguém percebe o que dizes...oh sueco?

Anónimo disse...

Arre que é burro!

Anónimo disse...

Ouve lá ó tareco, ninguém tem necessidade de saber que eu sou bem abonado de partes fodengas. Julguei que isso era para ficar só entre nós os três: eu, tu e a tua mulher!

Anónimo disse...

Ups, essa é forte.

«O mais antigo ‹Mais antiga   1 – 200 de 303   Mais recente› Mais recente»