12/07/2007

Enquanto Agosto não entra...

Acabou-se a festa, já não há cortejos, já não há pendões, já não há acenos e risos forçados, aos papelinhos lançados das janelas enfeitadas, e tantos outros meneios da jubilosa populaça e dos seus pastores.
Acabou-se a festa, acabaram-se as farturas os churros e os cachorros, acabou-se a feira, e calaram-se aqueles que a criticaram pelo excesso de roulottes e por parecer isso, quando isso afinal sempre foi, uma feira. De vaidades vero, mas uma feira.
Findou-se a festa, findou-se a fatuidade, findou-se o movimento, findou-se a cidade por mais quatro anos, por certo acatando em sua letargia que um iluminado a arrebate da lama onde sufoca.
Findou-se, mas deixa lembranças. Abrigarei por demorado período a reminiscência daquela representação Estado Novo do Rei Cavaco, que afinal compõe cálculos pior que o dos seis por cento, ladeado pelos apendículos subindo a Corredoura em embevecida ovação até à praça e ao Palácio onde deambulava abandonado pelo que contam, um diferente rei pois que brasileiro.
Da festa persistirão um pouco os comentários, os mais aludidos e auscultados pelos de cá: “que feia está a cidade, tudo em obras”, “a cidade está descaracterizada, já não parece o que foi”, “esta terra ganhou vida para hoje, mas está morta todo os outros dias”, e tantos que tais e parecidos com os quais, purgou a cidade envergonhada que não obstante não se comediu no pavoneio.
Será admirável que os comentários mais negativos à cidade e à festa sejam quase sempre de autóctones, se a eles se deve a responsabilidade, mesmo que por omissão desleixo ou desinteresse, pelo estado em que se encontra. O Príncipe Perfeito é o primeiro responsável, mas somente isso, o primeiro. Tomar ainda confia que alguém vai fazer por si. Os nabantinos estimam que por si decidam. Tomar é a primeira maravilha do mundo, e os nabantinos o melhor povo, porquê portanto importar-se com o resto do cosmos?

A Festa findou-se, e foi-se o grande palco para o primeiro testar dos candidatos a candidatos: Carrão, Cristóvão, Dias, Freitas, Graça, Marques, Relvas, Vitorino… e Paiva. Sim, o jeito obstinado como anuncia até a exaustão que não se recandidata, é o que leva muitos dos actores políticos a duvidar dessa proclamada intenção.
Todos por aí vaguearam, por dentro ou por fora do cerne festeiro, mais ou menos à vontade, com real prazer ou encoberta aversão, arrecadando a maioria sorrisos pela fronte e esgares pelas costelas, a verdade é que prova mais abrangente à capacidade de mesclar com o povo não aparece todos os dias.

E a coisa marcha.
No PS sente-se motivação mas insegurança, no PSD tensão e hesitação, nos Independentes cansaço e intranquilidade.
O despeitado príncipe independente é bem o espelho (não fosse o alfa e o ómega) desse cansaço, e nem a posse napoleónica com que se arrasta pelos campos elísios da Alameda convence. A surpresa e a fogosidade do grupo de free lancer’s conseguidas em 2005 evolaram-se de vez. Diga-se no entanto que Marques, independente dos independentes, será sempre, como foi, vitorioso. Tudo é uma questão de objectivos que se definem para o empreendimento.
Rosa Dias continua cheio de genica, mas todo o esforço mal dirigido é desperdiçado, regras da Física, e além da sua inclusão neste grupo ter prejudicado a sua aura, a idade de todo modo e mesmo que só aos olhos dos outros, não perdoa.
Na laranja o esforçado ex chefe de redacção multiplica-se em sorrisos, em abraços, em aparições, afirma-se seguro e convicto, diz-se preparado para enfrentar o seu próprio partido se for preciso – e poderá bem ter que o fazer se os mais jovens e a elite do partido conseguirem ganhar o domínio intestino lá mais para o fim do ano. Nas suas costas há forças que se mexem, e há quem para Carrão queira carrinho. Será conjuntamente um teste à vontade e ao poder de Relvas.
Nos rosas, depois de afastados aparentemente de vez a maior parte dos fantasmas e velhos do restelo, faltará talvez resolver um ou outro adamastor. Embora a calma e o alinhamento sejam como há muito não se via, os afazeres não deixarão de ser muitos se intentarem restabelecer a confiança perdida – e o governo deles não ajuda. O avolumado Cristóvão, preso entre ser maestro ou primeiro concertino, gosta de comparar o partido a uma orquestra mas para já ainda não passou de filarmónica, é que reconhecem-se por ali qualidades, mas não as conhecem a maior franja dos nabantinos, e qualquer que seja a escolha imanada terá contestatários e fortes contra-argumentos. O ignoto porém, é elemento presente nos melhores jogos, e como monção poderão ter o imprevisível mas inevitável ensejo de alternativa.
De um jeito ou de outro o engodo foi lançado, mas está a ser difícil de morder – na essência um velho obstáculo, um militante convicto arduamente adopta alguém que teve já protagonismo noutro partido. No condado para ali se definiu um de três candidatos possíveis, qual então a isca que se segue?

E Agosto aproxima-se, o verão prosseguirá apático, com um ou outro frango assado nas festarolas, e muito “pezinho de dança” de Carrão, e uma ou outra disponibilidade vacilante junto dos decisores.
Lá para o remate do ano, em especial depois da contagem de gomos na laranja, as coisas começarão a ganhar outro sumo, mais doce para uns, por certo amargo para outros.
O alinhamento dos jornais vai ser um factor importante, sentindo-se apenas suave nestes tempos politicamente mortos, mas aumentando seguramente com o achegar da contenda.

Et voilá, a água da piscina deve estar morna, as flutes cheias e o champanhe gelado. Faltam os morangos e o chantilly que devem estar mesmo a chegar…
Gozem o calor e façam-se às ondas, mas tentem manter-se acima delas.
Com elevada consideração, O Conde.

167 comentários:

conde do flecheiro disse...

A partir de agora para poder comentar terá de estar registado no blogger, o que garante ainda o anonimato possível, mas aumenta a facilidade de identificação de um qualquer anónimo se necessário for.

Toda a Liberdade tem limites. Saibam percebê-los.

Postais Saloios disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Postais Saloios disse...

Bem vindo ó Conde.

Tardava vossa mercê.

Pois para seu gozo, saiba que tem mais sondagens para se coçar.

Elas estão fresquinhas em Postais Saloios

Vinde de lá essas opiniões.

rei lear disse...

Salvé Conde
Viva a República Monárquica ou
a Monarquia Republicana
nunca se esqueça do Barão do Barrote ou do Duque da Câmara
e fique sabendo que os bois da Festa vieram de Arganil, porque no Ribatejo já não há bois para Festa (os que há não deram a cara e vieram disfarçados)
Saudações Democráticas e os meus respeitos à Condessa
Fiquem paz e que o Senhor (na sua santa presença) os proteja
Amen

h.lobo disse...

Prezado Conde
Parabéns pela forma elegante como resolveu o problema dos anonimos.
Agora que de alguma forma nos identificamos vamos ver quais é que têm a coragem de , sob pseudonimo ou e forma real aparecer por aqui.
Bem haja
H.Lobo

conde do flecheiro disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
conde do flecheiro disse...

Recebido por e-mail:

"Para esclarecimento de V.ALTEZA, seus súbditos e "populaça" em geral, anexo um mimo da rigorosa gestão do iluminado PP.

Aí está um dos preços, de um dos vários ELEFANTES BRANCOS do modelo de desenvolvimento PP.

Módica quantia: 256.174 Euros!

se comparada com outras que se vão seguir:

- 535.000 Euros para a "recauchutagem" da fonte cibernética.
+
- 500.000/1.000.000 Euros para a reparação do parque de estacionamento do Pavilhão,acrescentados dos honorários a pagar à sociedade de advogados do Morais Sarmento,amigão do MR.

Tudo legitimado por 9.993 votos obtidos pelo PSD para a Câmara e que lhe valeram 4 votos em 7,contra os 3 votos da oposição, resultantes dos votos de
11.268 eleitores.

Tudo legitimado por 9.260 votos obtidos pelo PSD para a Assembleia Municipal e que lhe valeram 19 dos 37 votos,contra os 18 votos da oposição,resultantes 11.814 eleitores. Isto,sem contar com os votos no CDS,por não ter representação em qualquer órgão municipal.

E,agora,na passada 6ª feira,a opinião de 11.814 eleitores foi "esmagada" pela imposição de 9.260.

A "máquina de votar" do PSD, ao serviço do PPP,impõe a ponte do Flecheiro contra a ponte das Ferrarias,impõe a demolição do Mercado Municipal contra a
sua requalificação.

Como antes impuseram a descaracterização de muitos locais da cidade,incluindo o Mouchão.

Sempre afrontando a opinião da maioria dos votantes (bastante díspar da maioria dos mandatos-no caso da AM em + de 2.500 votos - 10% dos votos expressos) e sem fazer qualquer esforço para consensualizar iniciativas
marcantes para o futuro do concelho e/ou para o gasto de expressivas verbas.

V. ALTEZA,devia, sob pena de se evolar,ler as actas da CM e da AM,para se certificar de quem tem sido e como,a verdadeira OPOSIÇÃO ao Paivismo/Relvismo.

Pergunte ao próprio ILUMINADO se alguma vez sentiu oposição a sério durante os 10 anos anteriores.

E consideramos oposição séria aquela que aprova e até elogia o que é bem feito - e há coisas bem feitas - mas que se opõe tenazmente ao ERRO e ao
DESPERDÍCIO,sempre propondo soluções ALTERNATIVAS.

Fernando Oliveira (IpT)"

O anexo referido foi recebido no condado mas não publicado neste comentário, por uma razão simples, penso não ser possível colocar imagens nos comentários.
O Sr. Fernando Oliveira pode no entanto explicar no que consta o dito anexo.

conde do flecheiro disse...

Os serviços informáticos do Condado descobriram ser possível apagar qualquer comentário colocado no blogue, pelo que o sistema volta ao seu formato mais liberal, uma vez que, todos os comentários que se entendam ir além do bom senso, da boa crítica ou do bom humor, serão apagados.
Fala-se daqueles que gratuitamente injuriem quaisquer personalidade, em especial no seu foro pessoal.
Alguma elevação na linguagem também se agradece.

"Toda a Liberdade tem limites. Saibam percebê-los."

rei lear disse...

Sr, Conde
Só uma pequena achega: para discutir em Tribunal o "affaire" com o Parque T (BragaParques), que se traduz no valor de 750.00€ (mais juros), a Câmara Municipal de Tomar já gastou em despesas judiciais(honorários e assessoria) 250.000€.
Como a procissão vai a menos de meio e como poderá haver danos colaterais (o estacionamento concessionado à Parque T, que não está a facturar), imagine-se a quanto ascenderá o valor total dos gastos.
Isto é uma verdadeira INDIgestão à custa do consumidor (que paga taxas altíssimas).
Paga Zé de Tomar! e com raiva
Vota Paiva!

Vai lá vai!

Anónimo disse...

Conde, estava com medo de perder clientela e garanto-lhe que estava a perde-la! Julga que as pessoas agora andam para se registarem no google? Está a ver que o bom senso impera. Agora remova o que não lhe interessa: Não acha que o Paiva anda aqui com negociatas pouco claras! Em 10 anos passa a vida a destruir e a construir obras públicas! Porque será? Sabe onde se ganha mais dinheiro por fora? É na construção civil, que o diga o Pedro Marques que acumulou o seu patimónio imobiliário como? A trabalhar na câmara? Acredite quem for tonto e mais a Procuradoria que investigue o Paiva e o Relvas pois de sérios não têm nada! Esta da Alves Redol é lamentável e o flecheiro e mais coisas. Alguém anda a engordar o Paiva! Quem será?

Anónimo disse...

Salvé Conde, assim de facto fica mais fácil.

De qualquer forma era só para dizer que gostei muito da sua crónica, aliás como é costume, e que genericamente acerta em tudo.
Há no entanto um assunto da política local no qual passa ao lado na sua análise, e que tem a ver com a hipótese de uma lista independente no campo da direita tomarense.
Porquê Conde? Não se afigura possível? Não é credível? ...?

Excelência, fico pacientemente à espera da próxima crónica.
Com a devida vénia,
JAS_K

Anónimo disse...

É mesmo um assunto pertinente a tal nova lista independente.
Vamos ter uma repetição de Lisboa com duas listas de independentes atirados dos seus partidos?
O Pedro Marques Roseta numa e o Ivo Santos Carmona noutra?
Ou será como sugere o Conde, o próprio carrão a ter de avançar par isso?
E quem é que paga essas cmapanhas todas?

JSP

Diogo de Arruda disse...

Boa Tarde.

Escreveu o Rei Lear "Só uma pequena achega: para discutir em Tribunal o "affaire" com o Parque T (BragaParques), que se traduz no valor de 750.00€ (mais juros), a Câmara Municipal de Tomar já gastou em despesas judiciais(honorários e assessoria) 250.000€."

Convêm escrever todos os zeros.

Diogo de Arruda
(Claro que foi um lapso, ninguém é tão totó que gaste aquela massa toda por causa de 750.00€! E daí...)

Anónimo disse...

Não percebo essa frescura toda com as listas independentes. Todos, mesmo os que nelas votam, percebem do que são feitas.
Os votos que nelas fazem não são verdadeiros votos de apoio, mas sim votos de protesto a outra coisa qualquer.
Além disso, não ganham eleições, apenas as estragam.

Anónimo disse...

Obrigado Sr. Diogo de Arruda
Efectivamente o zero perdeu-se e alguém o ganhou e o passou para a esquerda (um zero à esquerda, há tantos!!!!).
Para que conste são 750.000€ (setecentos e cinquenta mil euros), nem mais.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Lá volta o malcriadão.
Ninguém será capaz de lhe ensinar as boas maneiras para ser minimamente educado, ou seja, dar-lhe um pouco de chá em colher de prata.
Já que não veio do berço, pode ser que ainda consiga.
E o Sr. Conde tem de impôr-se a estes desmandos grosseiros,
Obrigado.

Anónimo disse...

José Sócrates, o secretário-geral do PS, anunciou que o partido vai criar uma agência de viagens especializada em turismo político, aproveitando uma nova procura que a generalizar-se a todas as forças políticas poderá ter mais peso que o turismo religioso atraído por Fátima.
Assim, espera-se que nas próximas autárquicas de Lisboa os festejos sejam feitos por turistas da Covilhã, nas autárquicas de Faro os manifestantes embarcarão a partir de Matosinhos e em Évora a vitória será festejada por pessoal vindo de Bragança. Os turistas com mais recursos poderão deslocar-se aos Açores, estando mesmo a ser planeada uma viagem à Madeira, ainda que neste caso ainda não haja data marcada.
O JUMENTO.

Anónimo disse...

Já viram o que se passa para os lados da Sondagem Tomar?

Aquilo está giro, pá!

Diogo de Arruda disse...

Por acaso não acho que esteja assim tão giro.

Vive apenas de uma ideia, a de fazer uma "avaliação" de competência de futuros possíveis candidatos à Presidência da CMT, sem que se saiba dos méritos dos "avaliadores", e daí não sai.

Não há nenhuma opinião crítica fundamentada, não há ideias para futuro.

Pouco. Muito pouco. Demasiado básico.

Diogo de Arruda
(Crítico de blogues.)

Diogo de Arruda disse...

E vou já trabalhar!

Anónimo disse...

De Sondagem de Tomar

AVALIAÇÃO DA COMPETÊNCIA PARA PRESIDENTE DE CÂMARA

1º Carlos Carrão PSD 375

2º Anabela Freitas PS 371

3º Becerra Vitorino PS 365

4º Ivo Santos PSD 357

5º Hugo Cristóvão PS 355

6º Luís Ferreira PS 343

7º Miguel Relvas PSD 326

8º Luis Graça PSD 326

9º António Paiva PSD 312

10º Pedro Marques IpT 293


(Seguem-se mais 97 nomes de figuras públicas de Tomar)

fernando oliveira disse...

Pois,pois...

Vão brincando às sondagens...e deixando o Paiva a continuar a descaracterizar a nossa bela Cidade e a esbanjar milhões!



Fernando Oliveira

Anónimo disse...

Que raio de sondagem é esta?
Hugo Cristovão?
Anabela Freitas?
Pedro Marques?
Carlos Carrão?
Luís Ferreira?
Em Tomar há de facto uma grande crise de valores!
Alguém me explica que valores têm
estes senhores?!
Pobre cidade, pobre concelho!
Merecias melhor sorte!
Isto é o descrédito total...

O Besouro

Anónimo disse...

Tirem-me deste filme!
O PSD, o PS deviam ter mais decore
e preocuparem-se numa solução credível para este concelho.
Estou de acordo consigo anónimo do post anterior.
Os partidos deviam ter mais respeito pelos seus munícipes!

Marcelo

Anónimo disse...

AVALIAÇÃO DA COMPETÊNCIA PARA PRESIDENTE DE CÂMARA

1º Carlos Carrão PSD - A ambição desmedida mata!

2º Anabela Freitas PS - Subir na vida à custa do cartão do partido não tem nada de meritório.

3º Becerra Vitorino PS - Um homem mais ou menos interessante, é pena
andar com gente sem interesse e sem perfil.

4º Ivo Santos PSD - Disfarça bem a sua ambição de ser presidente da Câmara.

5º Hugo Cristóvão PS - É tão mau que não merece comentários.

6º Luís Ferreira PS - É tão petulante que não merece comentários.

7º Miguel Relvas PSD - O Padrinho parte 4

8º Luis Graça PSD - Deixem o senhor fora desta gentita.

9º António Paiva PSD - O próximo perdedor!

10º Pedro Marques IpT - Este já não conta para nada!

Anónimo disse...

Os dez melhor avaliados não agradam a toda a gente, mas se calhar são do melhor que existe na Política em Tomar.

Experimentem arranjar melhor.

Anónimo disse...

O Sr. Fernando Oliveira insiste em fazer propaganda barata aos seus fantasmas. Vá-se catar, homem!

Anónimo disse...

Pois, pois, falar mal é fácil, mas quem é melhor que estes, é você besouro?
Ou algum iluminado por aí a gozar a vida, à espera de ser chamado pelos ignorantes que trabalham por um qualquer partido?

Anónimo disse...

mas que raio, as eleições ainda vêm tão longe e já tods se perfilam
Vão mas é trabalhar.

O Besouro, parte 2

Anónimo disse...

A próxima Câmara será constituída
por :

Presidente (surpresa)
Carlos Carrão
Becerra Vitorino
Ivo Santos
Isabel Miliciano
Pedro Maarques
Anabela Freitas

Quanto ao presidente será uma figura sobejamente conhecido
por todos mas que ainda não posso revelar. A pessoa em causa está a ponderar a estratégia a implementar, uma vez que já aceitou encabeçar alista pelo PSD.
Pois é o PSD que vai ganhar as próximas eleições!

Anónimo disse...

Sr. Conde já espreitou o site do Templário, aquela história da Rotunda ainda vai dar muito que falar!? Não acha|?
www.otemplario.pt

Um fiel leitor de "O Templário"

Anónimo disse...

A Jornal Cidade de Tomar está uma grande Bosta! Esta semana está intragável!

Um leitor atento

Anónimo disse...

Senhor anónimo das 11H57
pode crerque eu Besouro, de nome e raça, era a pessoa indicada para gerir os destinos da Câmara de Tomar. Tenho ideias, amo esta terra e tenho um sentido muito próprio de servir a população, talvez como nunca ninguém o fez.
Sei gerir económicamente, pois a vida a isso me obrigou.
Tenho uma capacidade de trbalho muito acima da média.
Sou uma figura muito conhecida e até acarinhado pela população.
Trabalho com espirito de equipa e sei o que faz sobressair o bom lider.
Portanto meu amigo tenho consciência que era um candidato excelente

O seu amigo O Besouro

Diogo de Arruda disse...

Caro Sr Besouro
Quero ser o primeiro signatário da sua candidatura.

Até que enfim! Um homem que não diz "eles" e diz "eu".

Diogo de Arruda.

Anónimo disse...

Sr. Diogo de Arruda talvez um dia
venha assumir essa possibilidade.
Mas como deve imaginar há logo uns quantos de dentes afiados, perdoe-me a expressão para morderem nas canelas.
Mas acredite que reune um conjunto de características que ao serviço deste concelho o tonaria um lugar mais harmoniso para viver.
Desenvolvimento, e a defesa dos mais fracos seriam as palavras chaves. Mais importantes que as obras são as pessoas.
O que temos feito pelas pessoas do nosso concelho?

Fico muito agradecido por poder contar consigo.

O Besouro

Anónimo disse...

Se não queres ser touro voto no besouro!
Olé!

Anónimo disse...

As opiniões para Presidente da Câmara estão fresquinhas em Sondagem de Tomar / Postais Saloios .

Vão lá e dêem a vossa opinião.

Anónimo disse...

Ora aí está um bom slogan para a campnha:
"SE queres um concelho
(conselho) de oiro
Vota no Besouro"

Ora aí está uma ideia engraçada...
Conselho, de aconselhar e concelho, território.
Para mim que venham os dois, bem preciso«amos de um concelho de oiro!

O Besouro

Anónimo disse...

Não vos parece que está na hora de arejar a política de Tomar?

É com os Paivas, os Carrões, os Pedros e os Dias de sempre que querem mudar isto?

Há quantos anos e durante quantos anos é que estes senhores se arrastam pela autarquia?

Rosa Dias - 13 anos (3+4+4+2)
Pedro Marques - 10 anos (4+4+2)
António Paiva - 10 anos (4+4+2)
Carlos Carrão - 10 anos (4+4+2)

Estes são os campeões de longevidade de presença em executivos municipais, desde o 25 de Abril, em 30 anos de poder autarquico democrático.

Não está na hora de lhes dar a Reforma?

Anónimo disse...

Reforma de quê, se eles têm trabalhado tão pouco?

Anónimo disse...

Está a sugerir que venham os boys e as girls?
Bora lá, avancem, para o povo ver.
Estendam a passadeira de veludo e vamos ao desfile.
Já!

Anónimo disse...

Porque não convidam cada um dos candidatos a vir aqui expressar-se e responder às questões dos bloguistas? Seria interessante e aproximado. É uma ideia.

Cumprimentos.
José da Silva Rato.

Anónimo disse...

Ninguém comenta o facto de o Rosa Dias, o Pedro Marques, o António Paiva e o Carlos Carrão, serem as pessoas que há mais anos estão na Câmara de Tomar?

Até parece que estão satisfeitos com a forma como isto tem sido gerido, ou foi tudo de férias?

Anónimo disse...

OH POLÍTICOS DA NOSSA PRAÇA, FICAI A SABER QUE ESTÁ A PERFILAR-SE UMA LISTA DE ILUSTRES(?) PROFESSORES, CANDIDATA À cÃMARA DE TOMAR.
SEXTA-FEIRA PASSADA PSD DE TOMAR ALMOÇOU COM O PESSOAL DO POLITÉCNICO. REUNIÃO DE TRABALHO.
QUEM VAI CEDER A QUEM?
O PSD PARECIA PREOCUPADO!
MAS DO POVO QUEM É QUE CONHECE OS PROFESSORES DO POLITÉCNICO?
UMA LISTA SÓ PARA BARALHAR AS CONTAS....
ASSIM AS LISTAS DOS INDEPENDTES
PODE GANHAR!
cHEIRA-ME QUE ISTO VAI PARTIR-SE TUDO...
VAI SER CÁ UMA FESTA...
AH...AH...AH...

Diogo de Arruda disse...

Tangas!

Diogo de Arruda

Anónimo disse...

Que uma nova lista de independentes se parece perfilar, ou pelo menos apalpar terreno parece ser verdade.
Mas verdade é também que Paiva e MArques andam cada vez mais coniventes. Qual será o segredo?
Paiva apoia aquele que mais pode ajudar a mostrar que ele Paiva é que era bom? Ou Marques vai conseguir o ambicionado apoio do PSD?

Anónimo disse...

ou nem uma coisa nem outra!
contem sempre com as surpresas da

TERCEIRA VIA

Anónimo disse...

...tantas vezes vai o cantaro à fonte que acaba partido...

ditado popular

Anónimo disse...

É com os Paivas, os Carrões, os Pedros e os Dias de sempre que querem mudar isto?

Há quantos anos e durante quantos anos é que estes senhores se arrastam pela autarquia?

António Paiva - 14 anos (4+4+4+2)
Rosa Dias - 13 anos (3+4+4+2)
Pedro Marques - 10 anos (4+4+2)
Carlos Carrão - 10 anos (4+4+2)

Estes são os campeões de longevidade de presença em executivos municipais, desde o 25 de Abril, em 30 anos de poder autarquico democrático.

Não está na hora de lhes dar a Reforma?

Diogo de Arruda disse...

Ó amigo.

Não viu ainda que ninguém se interessa por essa sua amável contabilidade dos anos, ou quinzenas ou séculos ou lá o que é, que os nossos autarcas passaram na casa de ban..., perdão, era mesmo na Câmara não era?

É aqui, repetido, no Templário e no Sondagem... já mandou para o "Cidade de Tomar"?

Diogo de Arruda
(sim eu sei que você acha que tem muita razão mas Que Fazer?

Diogo de Arruda disse...

Independentes de quê?

Ser independente é, de per si condição para ter um bom desempenho autárquico.

Se o que é independente é que é bom para que servem os partidos?

Se a Helena Roseta é independente e se isso é uma virtude, eu sou o quê? O Bispo de Santarém?

Se um vereador independente aceita pelouros e mordomias continua a ser independente ou passa a "graxa"?

O Pedro Marques (PS) não é a mesma pessoa que o Pedro Marques (IpT) ou o Fernando Oliveira (CDU) não é a mesma pessoa que o Fernando Oliveira (IpT)?

Diogo de Arruda
(Fiz as perguntas mas não espero respostas. Não são votações...)

Anónimo disse...

Oh Diogo de Arruda
Acertou ma mouche!

O Besouro

Anónimo disse...

Ó Arrudinha, o P.Marques e o F.Oliveira, são as mesmas pessoas, com a pequena diferença que estão a fazer prova de vida. Mais ou menos como aqueles aposentados já muito velhinhos que de quando em vez têm de ir a um lado qualquer provar que ainda estão vivos para receberem umas migalhas, pois, senhas ou lá o que é.

Ricardo S. Lopes

Anónimo disse...

E o Ricardo S. Lopes é o zeloso funcionário do Governo que controla as suas contribuições e quer receber o dizimo das "migalhas, pois, senhas, ou lá o que é" que afirma que eles recebem.
Este rapaz dava um óptimo auxiliar da Margarida Moreira da DREN....

Anónimo disse...

Se a Helena Roseta é independente e se isso é uma virtude, eu sou o quê? O Bispo de Santarém?

Se um vereador independente aceita pelouros e mordomias continua a ser independente ou passa a "graxa"?


Quando o Oliveirinha "leva nas fuças" fica nervoso. Ele e o amigo das negoiciatas. O meu Pai é que os topa, ah isso topa.

R.S.Lopes

Anónimo disse...

R.S.Lopes já traz para aqui a Olivedesportos!
onde isto já vai,
o pai dele é que os topa,
pudera
deve ser deste negócio,
salva-os pascoal, salva-os

Anónimo disse...

ATENÇÃO

A GNR alerta a população para a presença na região de um indivíduo que se faz passar por funcionário bancário e tem burlado vários idosos ...

Será que ele anda infiltrado por aqui?
Cuidado.

Anónimo disse...

Este Ricardo Lopes é o filho do Jaime Lopes, presidente da junta dos Casais? O mesmo Ricardo que vai à Assembleia Municipal receber "umas migalhas, pois, senhas ou lá o que é", orgão onde segundo consta nunca abriu a boca?
O "Pai é que os topa"? Quem, o bronco do Presidente dos Casais?

Não deve ser o mesmo Ricardo...

António P.

Anónimo disse...

Convido-os a assinar o abaixo-assinado pelo José Carlos.
É um tomarense. Precisa da nossa ajuda!
Assinem pelo José Carlos
O abaixo-assinado está no Templário.
Já muitos assinaram. Junte-se a nós! Seja solídário.
Os homens dão-se a conhecer nas pequenas coisas.
Vamos ajudar o tomarense José Carlos a conseguir um simples casinha. À Câmara não custa nada.
Vá lá façam isso por vós, pela comunidade, pelo José Carlos.

Isabel Miliciano

Diogo de Arruda disse...

Ó Ricardinho

Para fazer "um" Fernando Oliveira são precisos mais de 1000 como tu.

Diogo de Arruda

Duque de Thomar disse...

Caro Conde

É com prazer que leio as suas cartas com novas da minha amada terra. Infelizmente os afazeres da corte na capital do reino impedem de me deslocar até ao vosso belo condado as vezes e o tempo que gostaria.

Contudo estive aí aquando da Festa Grande e apenas não passei pelo seu palácio no Flexeiro porque, amigos comuns me garantiram que já tinha a casa cheia de gente fidalga. Tão pouco os meus afazeres ao lado do Rei Aníbal I me deram liberdade para encontros sociais.

Mas passemos a outros assuntos.
Fico feliz por saber que finda a festa, se movimentam as hostes para o próximo confronto político. Contudo, quer-me parecer que de momento ainda poucas cartas saíram do baralho, e os principais trunfos encontrar-se-ão bem guardados.
Mas há um que pareceu-me óbvio: o Mordomo já terá lugar assegurado na lista do PSD. Foi o que me pareceu da tribuna da Praça de D-Manuel I no passado domingo 8 de Julho.

Com estima e consideração,

D.Afonso Martins, Duque de Thomar, Príncipe das Beiras e par do Reino

O navegador disse...

Enquanto Agosto não entra, deixo-vos uma história enviada por um amigo da Ilha da Madeira.


Era uma vez…

Tava o vendeiro ao paleio com o vadio do vilão quando ouviu uma
zoada. Era a água de giro. O buzico do levadeiro que vinha
mercar palhetes à venda, vinha às carreiras e às parafitas com bizalho. Dá-lhe uma cangueira, trompicou no matulhão do vilhão. Bate cas ventas no lanço e esmegalha a pucra. O vilão dá-lhe uma reina vai a cima dele para lhe dar uma relampada, patinha uma poia. Ficou todo sovento. O vendeiro dá-lhe uma ressonda por ele querer malhar num bizalho dum pequeno. Vem o levadeiro, e, ao ver o vassola, que anda à gosma e a encher o pampulho à custa dos
outros, a ferrar com o filho, fica variado do miolo e diz-lhe umas. O vilão atazanado, atremou mal e pensou que ele lhe tinha chamado de chibarro, ficou alcançado, deu-lhe uma rabanada e foi embora todo esfrancelhado.

O levadeiro ficou mais que azoigado mas lá foi desatupir a
levada. O piquene chegou a casa todo sentido, com um mamulhão. A mãe que é uma rabugenta mas abica-se por ele, ao vê-lo todo ementado, deu-lhe um chá que era uma água mijoca, pensando que canalha é mesmo assim, mas, como ele não arribava, antes continuava olheirento, entujado e da
chorrica foi curar do bicho virado e do olhado. O busico arribou e até já anda a saltar poios de bananeiras na Fajã.

Anónimo disse...

Ó Dom Afonso, então e novidades?
Que essa do Mordomo é velha!
O homem diz que é monárquico e um pouco pró apagado mas não é parvo. Além do mais quem é que fez dele mordomo?

E depois pode parecer mal, ou pouco ético, mas também não será novidade que as listas venham a estar atulhadas de funcionários da câmara, afinal quantos entraram sem a maozinha deste ou daquele?
PAiva e o PSD serão campeões nesta matéria, mas há ainda os reverentes ao Pedro Marques, e até o PS lá tem o refilão do Saraiva nas suas listas. E o presidente da Madalena.

D.Afonso Martins disse...

Novidades aspiro eu do meu carissimo confrade e mui estimado amigo Conde. E já agora novas também aguado dos seus amigos que por aqui passeiam.

Eu sou um mero forasteiro à muito arredado das intrigas do condado, já que as responsabilidades de coajudar na governação do Reino, pouco tempo me liberta para outros prazeres políticos.

Contudo, guardo sempre junto ao meu ser, uma atenção particular aos assuntos do condado onde nasci.

Posso contudo afiançar que há um punhado de ilustres tomarenses da capital que intentam tomar em mãos o destino da sua terra-natal.

E embora Pedro Marques tenha querido liderar esse grupo (que nunca o foi enquanto tal) a verdade é que a sua antecipação/precipação em concorrer nas últimas eleições denota que existem muitas vontades não domadas pelos partidos (ou melhor, pelas concelhias dos principais partidos).

Conheço bons quadros do PSD e do PS com poucas ou nenhumas ligações com as concelhias de Tomar desses partidos e que seriam candidatos a lugares elegíveis. Lourenço dos Santos, combatente pelos Negócios Estrangeiros e Cooperação e irmão de armas do Princípe Durão é um deles.

D.Afonso Martins, Duque de Thomar, Príncipe das Beiras e par do Reino

Anónimo disse...

Lourenço Santos?
Quem é?
Nunca o vi nos teatros, nas cerimónias, nas freguesias, na rua,
na assembleia municipal, nos partidos politicos, nos independentes, nos bares, nos locais públicos,
Quem é?
Mais algume que quer cair aqui de pára-quedas?

O Besouro

Anónimo disse...

Deve ser mais um oportunista que descobriu de repente que é de Tomar.

Deveras esta terra não vai a lado nenhum.

Anónimo disse...

Esse senhor Lourenço, que parece que foi Secretário de Estado, será porventura o mesmo D. Afonso Martins?
É que é comum nestes blogues, perfeitos desconhecidos virem propor-se para candidatos...

São os iluminados que vêm à terrinha fazer o jeito aos pobres...
Devem julgar que ainda estamos no tempo em que o povo prestava vassalagem a um rei que nunca vira.
Há de facto quem deseje que isto seja o Condado de alguém.

Rita

D.Afonso Martins disse...

Prezados súbditos do Conde do Flecheiro,

Já por outras vezes referi que gostaria mais de saber de novas de Thomar do que as dar. Afinal sinto-me longe das tricas do Paço do Nabão...

Quando falei no "combatente" Lourenço estava apenas a abordar um personagem potencial. Outros haverão com qualidades acima da média dos observáveis nos habituais candidatos tomarenses. Eventualmente pouco conhecidos nas tavernas e cafés da cidade. Por mais comissões e associações locais a que pertençam. Élio Bernardino... Firme Alves Gaspar... João Portela... Paulo Rodrigues... Duarte Silva...

Bem, já sei o que vão dizer. São desconhecidos das pedras da Corred'oura. Mas são bons. E Thomar precisa dos mais capazes e competentes. Os outros têm mostrado o pouco que valem. Tendo sido completamente ofuscados por um estrangeiro com um olho bem aberto. E já diz o provérbio, em terra de cegos...

Eu prefiro um bom mestre, com elevadas qualificações profissionais e acompanhado de um amor à terra do que é natural do que mais um aprendiz com quem me habituei a ir para os copos.
Há casos - conhecidos - de "bons vizinhos" que anseiam pelo poleiro para subir de nível e fugir de Thomar.

Quanto a apostar em candidatos sem vassalagem nem mordomias, apenas se consegue escolhendo com inteligência. Amiúde são os que nos são mais próximos os primeiros a trairem-nos.


D.Afonso Martins, Duque de Thomar, Príncipe das Beiras e par do Reino

D.Afonso Martins disse...

A senhorita Rita que fique descansada que nunca fui Secretário de Estado da Cooperação. E tão pouco aspiro a lugares de destaque em terras de meu amigo Conde de Flecheiro.

D.Afonso Martins, Duque de Thomar, Príncipe das Beiras e par do Reino

Anónimo disse...

O ilustre Dr. Franquelim Alves, da Asseiceira não está na ista do D. Afonso.
E o Engº Cupertino também não.
Porquê?
Têm lepra?
Tal tá moenga heim!

Anónimo disse...

Se calhar é melhor parar de inventar potenciais candidatos para a Câmara.

Os nomes falados pelos comentadores anteriores são do nível da anedota. Podem ser muito bons mas ver algum deles a dar o "coiro" em Tomar, por Tomar ou em prol de alguma instituição ligada a Tomar, nem pó.

Todos sabemos que o conjunto de candidatos sairá de um pequeno leque que está contido nos conjunto dos nomes que vêm sendo falados e pouco mais.

Anónimo disse...

Brincalhões
Querem lá ver se o Franquelim Alves, se o Cupertino e outros da mesma classe estão agora para se sujeitarem a um lugarzito de presidente da Câmara. O pessoal ganhem juízo. Não sabeis de quem falais.
Nem mesmo o Duarte Nuno está para isso!
Essa malata recebe duas ou três vezes mais que um presidente de Câmara e sem exposição pública.
Ganhem juízo!

O Besouro

Anónimo disse...

Proponho para candidato à
Câmara o dignissimo
Dr. António Madureira
Director do Cidade de Tomar e
ex-Mordomo da Festa dos Tabuleiros!

O Moscardo

Anónimo disse...

Eu proponho para Presidente da Câmara
o Sr. Eng.º Manuel Faria,
vice-presidente da Região de Turismo.
Homem sério, honesto, trabalhador.
De grande rigor e altruísta.
Tão altruísta que deixou um jornal cair na rua para servir o Turismo de Tomar. Servir o Povo.
A sua obra é grande!
Por isso voto no Sr. Manuel Faria
Homem de grande entrega ao Povo de Tomar!

Um seu admirador

Caiano Silvestre disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

Oh Conde você invernou?

h.lobo disse...

Prezados companheiros bloguistas
Após férias de inverno, visitei de novo o condado e fiquei surpreso pelo novo leque de nomes aqui propostos, pessoas de elevada indole moral e ética, futuros e possiveis candidatos a um burgo casa vez mais desprestigiado. Começemos pelo D.Duarte Nuno Vasconcelos, filho de pai militar, autor pretenso de um desfalque no CIRE, ex-deputado pelo CDS, alto quadro de empresa multinacional e que acumula tal como Miguel Relvas elevado numero de viagens entre Lisboa e o Rio de Janeiro, empresário de sucesso, agora como se está, ou ja está divorciado da filha do falecido Fernando Paulino da Fábrica de Mosaicos, nada melhor que a exemplo do Pedro Marques, do Paiva e outros quejandos, uma eleiçãozita para presidente para arranjar um "arranjinho" no burgo.
O Sr.Dr.António Manuel Lourenço dos Santos, quadro superior de vários ministérios, governos e outros que tais, é também pessoa sobejamente conhecida, de jovem pelo codenome de "tó Paposseco", quem não se lembra das noites do d'arco, das motos, das meninas da sociedade que os acompanhavam, acompanhadas de produtos da época, como pós de cheiro, e produtos de fumo, para além de outros piores.... das corridas de moto que fizeram as suas vitimas mortais, etc. O Tó,que depois de bater com a cabeça no taipal do camion, tirou o curso e é hoje amigo do seu scotch, e da sua marosca, dará continuidde perfeita á cidade, e a melhorará pois as lombas, essas sim complicam a sua vida, e do seus popós.
O Elio, já fica um pouco desenquadrado em relação a esas dois passaros, mas futuramente contareia sua história,
Algures na costa de Moçambique vendo o mar de inverno no primeiro de agosto do ano 2007
H.Lobo

Anónimo disse...

E então sobre o sr. Manuel Faria não tem nada para contar? O Sr. Eng.º? Vice-presidente da região de turismo?
E o Sr. Dr. Madureira, ilustre tomarense que desgovernou a Festa de 2003?
E o Sr. José Soares??' o DA MÚSICA?
e TAMBÉM CONHECE O PESSOAL DO POLITÉCNICO?
CONTE-NOS!!!!!!!!!! PLEASE!!!!

Anónimo disse...

Oh Sr. Lobo
Se for a Beira passe em Matacuane, no Macuti e na Ponta Gea.
Veja se a Mexicana e SheiK estão a funcionar, isto para não falar do Molin Rouge, do Primavera e do Campino.
Ah e tome um banho retemperador na Praia das Palmeiras e coma um franguinho da Manga Loforte.
Saúde, paz e dinheiro para gastos.
E volte sempre e depressa a Tomar.

D. Afonso Martins disse...

Chegou-me a notícia de que o Conde de Ourém, Paulo Fonseca, actual governador do Reino em Santarém, e pessoa mui ilustre e apreciada em terras de Ourém (dizem-me) está a preparar terreno - com apoio de gente mui influente no PS de Thomar - para concorrer à C.M.Thomar.

Cruzando-me com o Conde (de Ourém) há poucos dias e confrontando-o com esta informação, deu-me um comprometedor sorriso amarelo.

D.Afonso Martins, Duque de Thomar, Príncipe das Beiras e par do Reino

Anónimo disse...

O Conde de Ourém pode tirar o cavalinho da chuva que quem designa os destinos do castelo da rosa, já há muito que o colocou fora de jogo.

Os Tó paposseco, barão relvas e escudeiro bernardino, não são deste jogo. Gajas e jogo é o forte deles. Nada de trabalho que isso faz peste.

Anónimo disse...

Já agora, para que se perceba melhor, o jogo de um e do outro, fácil é de entender que o do Conde de Ourém é desde há vários anos que seja o seu fiel ajudante Ferreira e do Barão Relvas o seu apaniguado Carrão, se não conseguir demover o às do baralho paiva.

E tudo o resto são patranhas, ou coisas fáceis de adivinhar: marques continua e os outros não contam.

Anónimo disse...

vão trabalhar!!!

Anónimo disse...

Essa do FOnseca é só para confundir. É fácil perceber que ele não poderia ser candidato em Tomar.
O candidato mais provável do PS é Hugo Cristóvão, pois é o único dentro das lógicas politico/partidárias que pode mostrar-se aos cidadãos como alternativa aos quase certos Carrão e Pedro Marques. Vitorino é mais do mesmo, e não pega.
Falta saber se Hugo quer, e se acredita que pode. Não é uma decisão fácil, e embora seja o presidente, poderá ter que enfrentar algumas resistências.

joão m.

Anónimo disse...

Não acredito que seja o Hugo, Tomar não está preparado para ter um candidato tão jovem, não só pelo seu conservadorismo, mas também porque Tomar é cada vez mais um concelho de velhos.
Os candidatos serão por isso coerentes, Carrão, Marques, e até o Becerra, todos eles têm andado pela câmara nas últimas décadas e são co-responsáveis pela situação em que Tomar se encontra.

Vai ser lindo ter como presidente de câmara o Carlos Carrão.
Só nesta terra...

IM

Anónimo disse...

Ó meu crlh IM então achas que essa gente é velha? és um anormal. Fazes uma equipa em qq lado só com gente muito nova? Tinhas que ser mesmo um tipo novo como eu mas com mentalidade de velho. Até digo mais o gordão do Cristovão tem idade cronológica de trintão sim, mas mentalidade de velho como tu dizes, pá! Conheço gente de idade muito jovem da tola. E cá na nossa terra há gente de 20 e 30 anos com mentalidade de velhos. Desde na minha profissão até à tua meu crlh...

Anónimo disse...

É mais do que evidente que tudo se encontra a ser preparado para os candidatos serem: Ivo Santos, com o apoio da Presidente do PSD isabel Miliciano; Pedro Marques, sem Rosa Dias e Trincão em segundo; Luis Ferreira, com o apoio do Presidente Hugo Cristóvão.

A grande disputa virá a ser entre o ex-Vereador Ivo e o Ajudante do Governador Ferreira.

Não são novos, nem velhos, se perderem, um ou outro continuam o seu caminho e abrem espaço para a afirmação final de Miliciano ou de Cristóvão. Pedro o melhor que pode ambicionar é conseguir manter os dois vereadores, o que não será fácil.

Anónimo disse...

Numa coisa estamos todos de acordo, com Cristóvão, ou com Miliciano, ou com Ferreira, Tomar nada ganha pois estes não são candidatos com mentalidade jovem. Longe disso.
São apenas um reflexo sem rugas de Pedro Marques, Carlos Carrão, Rosa Dias, Miguel Relvas e outros tais.

Anónimo disse...

Velhos e novos fazem falta: mas apenas os que são competentes e sérios. Nos IpT, por exemplo, há velhos a mais e demasiadamente gastos. No PS há novos a mais que não sabem nada da vida pois eludem-se com as aparentes facilidades com que trepam. O que conta nisto tudo é o equilíbrio e dose qb de todos. Boas férias ou más férias: é a escolher!

Anónimo disse...

Para o senhor das asneiras, abra os olhos e veja, em que concelhos houve pessoas eleitas pela primeira vez já com alguma idade, e outros onde foram eleitas pessoas mais novas, e veja as diferenças.

Olhe-se para Tomar e veja-se se não é um problema de idade, de falta de visão, de energia, de vontade.

Já para não falar de inteligência.
Veja-se no que esta cidade se está a tornar, num asilo!

E já agora, como é que sabes qual é a minha profissão, ou se tenho alguma sequer?

IM

Diogo de Arruda disse...

A questão da idade é falsa.

Resumindo.

Se fosse verdadeira teríamos que todos os jovens sem excepção seriam incompetentíssimos e que todos os idosos seriam competentíssimos. logo o Ti'Maria, do Corujo, aquela que dizem ser das pessoas mais velhas deste Mundo deveria ser PR, pelo menos.

Sendo a eleição autárquica a mais pessoalizada creio que ainda o mais importante factor é a qualidade da equipa.

O programa é também muito importante mas será que o eleitorado se dá ao trabalho de o ler?

Continuo a pensar que há muito de "clubismo" na "militância" partidária. É-se do PS ou do PSD ou do CDS, etc, como se é do Benfica ou do Sporting. E é-se mesmo que a equipa esteja a "jogar" mal...

Anónimo disse...

IM crlh... se não tens profissão devias ter para pagares o serviço onde escreves. Tens o paizinho a pagar não é? Vai estudar e acaba o curso 1.º e depois escreve nos blogues. Não deves seguir o gordão pois esse nunca fez nada na vida. Mas em Portugal 20% pensa e o resto executa. Tu estás nos 80%. Sabes que essa m... da idade na política é uma treta pois os dois jovens promissores Manuel Monteiro e Portas eram os craques e agora? E sabes que idade tem o Sócrates? Eu pensava que fosse mais novo!
Quanto ao Arruda devo opinar que não se dão ao trabalho de ler pois o paradigma de campanhas é sempre igual mutatis mutandis. A campanha faz-se na rua, quotidianamente, nas nossas profissões, na nossa vida privada, na transparência, na honestidade, no exemplo a seguir, na liderança, na educação e não pontualmente pois quem vota e quem votará fartou-se disto tudo. É mais do mesmo!

Anónimo disse...

Esta história dos novos versus menos novos , de quem é mais competente, capaz, dinâmico e empreendedor para ter nas mãos os detinos de um município faz-me lembrar a história do ovo de Colombo.
Tenham juizo, cresçam - quanto mais não seja em termos mentais - e deixem de defender quintinhas inconsequentes. O que é necessário é criar um rumo progressista para Tomar. E isto não se consegue com discussões sem nexo e com este sorteio de atribuição de culpas.
Eu, por mim, irei votar na lista que me apresentar um conjunto de pessoas que considerarei as mais capazes para liderar a autarquia e pouco me importarei com a idade, sexo, cor ou se tem caspa. Exigirei é que tenham dedicação ao cargo a que concorrem.

Anónimo disse...

Ó mamarracho com certeza que a m... da idade não interessa nada para um desempenho de um lugar. Até porque o senhor sabe que por exemplo o salário sobe com a idade e a antiguidade tem correlação com essa mesma idade. Mamarracho... que m... é essa da dedicação? Como é que o Marques e Paiva não foi e não é, respectivamente, dedicados? Então? Claro que são crlho... para eles próprios a ponderação da dedicação é maior? Para os munícipes quase nada! E para os futuros eleitores e herdeiros da obra do Paiva nada! Claro que assim que os filhotes do António (ou até mais cedo) concluirem o curso manda a cidade e todos os que cá vivem à m... e vão, ele a mulher e o resto, para Lisboa. É garantido pois ele não gosta de Tomar. É tudo uma encenação típica de um bom actor! Portanto a dedicação existe mesmo e a m... da idade até pode revelar espírito de empreendedorismo. Mas vá ao blog do gordo do Cristovão que ele é outro que adora "encenar" que ama Tomar! E não esteja à espera de equipas de pessoas para dar-lhes o seu voto, dedique-se ao seu trabalho e seja competente no que faz e deixe lá a m... da política profissional para os falhados profissionalmente.

Anónimo disse...

tanta frustração...

Anónimo disse...

De um alcunhado de "mamarracho" para um grande frustado:
Prefiro a dedicação de um bom profissional do que o comodismo de um tomarense preocupado com equilíbrios sociais e políticos.
E só por isso, António Paiva foi um grande presidente. Sobretudo enquanto não começou a sonhar com võos mais altos, ou melhor financeiramente mais atraentes: secretário de estado,... administrador de empresa pública,... eurodeputado,... funcionário comunitário.

Mas numa coisa estaremos de acordo. O amor por Tomar não serevela por palavras mas sim por actos.

Anónimo disse...

Depois de mim virá,
quem bem de mim dirá!

Anónimo disse...

Bem de mim dirá?
O Paiva revelou-se o PIOR presidente do Município de Tomar desde 1810.
Senão vejamos:
- o transito está um caos,
- a degradação urbanística do centro da cidade mete dó,
- o comércio está pelas ruas de amargura (e agora com a abertura de grands superfícies em Torres Novas) só tem tendência a agravar mais,
- a indústria, bem qual indústria?
- a cultura tem andado a fechar as portas, só alguns subsidodependentes amigos do peito (e sobretudo oportunamente aliados ao poder) é que perduram,
- o desporto resume-se a meia dúzia de futeboladas entre Kromos amigos e umas corridas para a imprensa mostrar ao povo,
- e por aí adiante.
Resta as excursões organizadas pelo Carrão para os "velhotes" e uns festivais de comes e bebes tão os gosto popular dos "bem criados" e "melhor alimentados" tomarenses

Anónimo disse...

Não senhor, o Paiva é que é bom, e os outros antes dele também, graças a todos eles Tomar é hoje uma cidade em franca expansão, pérola do turismo, líder na cultura e no desporto, com pleno emprego, boa qualidade de vida, empresas que são modelares, etc, etc.
Viva Tomar, e viva aos vossos dirigentes! Continuem, por favor, continuem assim.

Anónimo disse...

Por isso mamarracho desempenho a minha profissão com dedicação, competência e altruísmo. E os cidadãos que me conhecem sabem bem que é assim. E fico por aqui pois não devo dizer mais nada por agora!

Anónimo disse...

A luta pelo poder em Tomar vai ser dura, renhida, suja até, tal como a última foi, com a história dos folhetos anónimos a dizer mal do Paiva.

Quem estiver diposto a sujar e sujar-se vai estar na linha da frente. Luis ferreira / Ivo Santos era uma batalha que ia dar que falar. O primeiro já veio elogiar o 2.º e até disse que eram amigos, mas de amizades dessas quero eu distancia.

Mas que ambos são políticos e têm construido uma imagem politica é uma verdade. No Ivo Santos apenas irritante é aquele discurso de não querer ser presidente nem estar na política. No Luis Ferreira também irritante é a ambiguidade do seu discurso quando argumenta na assembleia municipal.

Fora isso, iam fazer uma campanha engraçada - com os próprios a discutir seriamente e uns "amigos" na rectaguarda a montarem armadilhas um ao outro. Mas tudo normal, politique oblige!

Por último - Conde, mude lá o seu post.

Anónimo disse...

Luis Ferreira?... Ivo Santos?... como é que querem melhorar Tomar se continuam a falar dos mesmos?... Cresçam por favor.

Anónimo disse...

Para o "frustrado":

Qual seria o seu candidato?
Afinal diz mal de todos! Tem mesmo a certeza que não é do Bloco de Esquerda? é que eles nisto costumam ser muito inflexiveis. Na melhor tradicção troskista.

Anónimo disse...

"Frustado" era o seu pai!
Fique sabendo que nem sou do Bloco de Esquerda, mas acabo por simpatizar com o seu líder concelhio. Carlos Trincão é uma pessoa íntegra, disciplinada e competente. Não fosse algum snobismo e poderia tornar-se um bom candidato.

Anónimo disse...

O Conde foi a banhos e deixou o Paço entregue à criadagem.

Anónimo disse...

Como é que pode haver dúvidas de que Pedro Marques é o melhor candidato? É o único com provas dadas e que mostra vontade para governar a Câmara.
Estamos todos fartos do PAiva e da sua plebe, mas fora ele só o Pedro mostra que sabe como reunir apoios para por esta cidade a mexer.
Aquele parvo e gordo do Cristóvão devia ser humilde e pedir ao Pedro que voltasse a ser candidato pelo PS. Assim ambos ganhavam, caso contrário ambos perdem, e deixam o Carrão ser presidente.

L_G

Anónimo disse...

Desde quando é que o Trincão é líder do Bloco? Ele nem sequer é militante, não passa de mais um a ver donde sopra mais.

Anónimo disse...

1 - Cristóvão aceitará Pedro marques quando este apresentar cartão no PS. O PS ainda não esqueceu as promessas não cumpridas...

2 - Trincão não será do Bloco de esquerda, tal como Paiva não será do PSD. Mas todos sabemos que são eles que dão as cartas...

Anónimo disse...

Trincão um bom candidato?
Deixem-me rir!
Já agora o Zé das Couves. Não?

Anónimo disse...

Mamaracho tomara que todos tivessem a minha vida. Nada me frusta felizmente! Teria um candidato. Era eu se gostasse de enganar as pessoas mas como não tenho queda para a hipocrisia, mentira e vigarice nunca poderei ser nada na m... da política. E ainda bem pois amo o que faço, tenho uma família magnífica e sou fiel à frontalidade e à objectividade. E aré podia dizer que era o melhor de todos os que andam na vida mas não digo faço. Para mim o caminho mais fácil é o mais díficil. Os momentos em que atingimos objectivos e metas pessoais e profissionais são assim mais saborosos. Veja caro mamarracho a qualidade de vida "virtual" dos nossos políticos: tempos para o lazer? Discussões em casa? Atentados sobre a sua dignidade (se ela alguma vez existir)? Qual é a sua compensação? De 2500 euros para baixo? Vá lá não seja otário eles têm mais compensações do que imagina senão ficavam a fazer outras coisas mais lucrativas. Tenham uma profissão e sejam bons nelas pois muitos desses que andam por aí são uns frustrados na forma incompetente como abraçam mediocremente o que fazem para ganhar a vida! E mais não tenho partido. O meu é o trabalho e não penso por nenhum filho da p... e detesto que pensem como eu apesar de, infelizmente, ter muitos seguidores ignorantes.
Marques candidato pelo PS apoiado pelo Cristovão? As reuniões poderiam ser no escritório do Marques com a mana do gordão a servir café. Era um bom estágio para ela ficava psicologicamente preparada no futuro! Nenhum desses ganha nada nunca mais pois estão queimados em Tomar.

Anónimo disse...

não é mamaracho é mamarracho... seu mamarracho

Anónimo disse...

Frustado ou ressabiado?
O melhor mesmo é deixar de viver em sociedade e procurar um buraco para se afastar das pessoas.

Anónimo disse...

Virtudes públicas.
Vícios privados.
O frustado gostava era também de mamar nas tetas da vaca não se comprometendo com nada nem ninguém, mas não pode (ou não o deixam) e depois é o que se vê.
Como diria Araújo Ferreira: é só dor de cotovelo.

Anónimo disse...

Ainda não percebi se estes lacaios de certos senhores da nossa terra, em vias de contarem espingardas, são paus-mandados dos seus amos ou são os próprios em busca de protagonismo.

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Lacaio o crlh alguns sabem escrever e por isso opinam sobre o que querem! Vou escrever de assuntos técnicos? Só os meus pares percebem! Por isso aconselho os frustrados que andam a cognominar-se a si próprios para lamberem a baba do dragão de komodo e verão o que lhes acontece! Escória da política tomarense. Ganhem dinheiro nas vossas profissões e larguem a m... da política profissional. Como são medíocres no que fazem arrastam-se para ao politiquice mesquinha e rentável. Vigaristas, hipócritas e corruptos: nunca ouviram o dito povo dizer isto na TV? Então comprem um aparelho auditivo, fdx!

Anónimo disse...

Mamaracho mais vale só (mas com a família) que mal acompanhado crlh! Essa do buraco está engraçada mas usá-lo-ia para te enterrar! E como fugir das pessoas se sou público? Vicíos privados? Alguém diria que o Carlos Cruz era pedófilo? E é melhor não dizer mais nada por agora!

Anónimo disse...

Isso vão atacando, atacando, atacando ... que há alguns a sorrir e a saborear na sombra, com um coktail bem gelado na frente para ir beberricando.
Tomar vai, aos poucos, ficando uma cidade de futuro ... muitíssimo sombrio.
Com certeza é isso que querem alguns luminares a soldo de inconfessáceis e insondáveis interesses.
Haja decoro, haja algum pudor.
Ao menos respeitam a inteligencia das pessoas, que não podem estar sistematicamente a ser bandarilhadas -passe a expressão e sem ofensa cabeçal.
Tomar juízo é preciso!

Anónimo disse...

Isso vão atacando, atacando, atacando ... que há alguns a sorrir e a saborear na sombra, com um coktail bem gelado na frente para ir beberricando.
Tomar vai, aos poucos, ficando uma cidade de futuro ... muitíssimo sombrio.
Com certeza é isso que querem alguns luminares a soldo de inconfessáceis e insondáveis interesses.
Haja decoro, haja algum pudor.
Ao menos respeitam a inteligencia das pessoas, que não podem estar sistematicamente a ser bandarilhadas -passe a expressão e sem ofensa cabeçal.
Tomar juízo é preciso!

Anónimo disse...

pedro marques é um fantasma politico, que náo tem onde cair morto. gostria de estra no pSd, mas não o qurem. gostria de estar no ps e tb não o querem lá. vai continuar a fazer o que sempre fez: esquemas e artistadas.

Anónimo disse...

Os comentadores deste blogue são como Tomar: salvo raríssimas excepções, é só merda.

Anónimo disse...

O Conde foi a banhos e deixou o Paço entregue à criadagem.

Anónimo disse...

... que ainda por cima é mal-criada.

Anónimo disse...

...eu cá por mim diria: Tomar para crescer o que precisa é de f...
...e, com a quantidade de "transviados do sexo" assumidos, que dizem andar por aí, às vistas e às escondidas, isto, qualquer dia, vira o Paraíso da Inversão...

Anónimo disse...

Os transviados também f... caro amigo com cabeça de minhoca. Sabe que o actor porno Peter North (com performances extraordinárias)começou por fazer filmes gay. Os heterossexuais esclarecidos (e machos mas não machistas como o senhor cabeça de minhoca) não têm nada contra e eu se mais tarde o meu rebento quiser sê-lo: terá o meu apoio. O que interessa é que seja feliz e não tenha cabeça de minhoca! Vá a Cascais, de dia e de noite, e veja a quantidade de casais assumidos que são felizes. E esses concelhos mais avançados no tempo que a nossa terra são o farolim do que há-de vir a seguir-se no resto do país. Se um dia o país "virar" que seja com gente mais competitiva, mais produtiva, mais capaz, mais tolerante e menos má-língua senhor cabeça de minhoca.

Anónimo disse...

como isto anda para aqui...

Anónimo disse...

Porquê queria que se escrevesse de política velha, oca, medíocre? Desta que se faz por Tomar? Os blogues são para os indivíduos se expressarem (se for permitido) sobre quaisquer assuntos. Opinemos sobre amor e sexo que também aqui carece neste sítio em demasia! E sobre as diferenças na sociedade. E sobre a tolerância sexual. Sobre tudo, excepto política local, não era óptimo? Este site foi criado para políticos mas muitas coisas que são produzidas criam externalidades positivas que ninguém esperava. Quais? Aqui, uma delas foi escrevermos sobre muitos itens, excepto politiquice local. Essa é melhor dispensar!!!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

...vejam só...a intolerância do “normal” é chata mas,... fd-se, a do “anormal”...é...é...como dizer...é invertida e chata...
...vê-se nela sr. sedicioso das minorias?...


“senhorcabeçademinhoca”

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Isto voltou ao reino irracional da asneirada maluca.
Estamos perante frustrados?
Parem com essas bichanezas e discutam coisas sérias, enriquecedoras, de progresso e desenvolvimento.
Deixem-se de lambuzadelas na asneira, parecem os cães a cheirar o cú uns aos outros!
Basta!
Basta!
Basta!

Anónimo disse...

Caro senhor quer discutir gestão, matemática, história da união europeia, filosofia, estatística, economia, saúde, medicina ou... política e futebol? Parece-me que adoram escrever sobre estas duas últimas temáticas: quais os candidatos à câmara ou se o SLB ganha hoje e por quantos... cabeças de minhocas. Vou trabalhar pois só assim relaxo de tanta ignorância que existe por aqui até porque a ignorância não é para todos!

Anónimo disse...

O AUTORITARISMO NÃO É COMPETÊNCIA

Com Guterres criou-se a ideia que a boa decisão era a que resultava de um longo processo de diálogo, com Sócrates tem-se vindo a impor a opinião de que uma boa decisão é aquela que é adoptada com autoritarismo. Alguns ministros, de entre os quais se destaca a ministra da Educação, sempre que tomam uma posição pública armam-se em "tesos" como se isso simbolize competência.

Infelizmente, um governo supostamente de esquerda tenta aproveitar uma das poucas heranças salazaristas que ainda inquinam a cultura dos portugueses, a ideia de que se deve governar com muita autoridade, ou melhor, com autoritarismo. São muitos os portugueses que admiram o autoritarismo e consideram competentes os governantes que fazem uso dele. Por outro lado, há governante que em vez de tentarem explicar a bondade das suas medidas optam por apelar aos tiques salazaristas e enveredam pela imagem de autoritários.

Quando é a ministra com a pasta da Educação a enveredar por este processo teremos que recear pela saúde da democracia, com sucessivos governos a promoverem a confusão entre competência e autoritarismo a democracia portuguesa nunca se livrará da herança cultural do salazarismo.

Publicado no Jumento.

Anónimo disse...

O Post anterior peca pela falta de originalidade. É mais do mesmo e nada acrescenta de novo nem à análise histórica nem à vida presente dos portugueses: é uma constatação já observada por muitos há muito tempo. Por exemplo o gordo do Cristovão, o hiper-auto-aparências Paiva e o arrogante Ferreira abusam deste dito autoritarismo. E a competência ou produtividade desses três? O alcaide-mor ganha em pontos à soma dos outros dois que não passam de dois "parasitas" involutivos! O Paiva pelo menos tem uma licenciatura numa escola de prestígio nacional e um mestrado "suave" sobre o PDM. E tem uma carreira profisional interrompida fruto da política mas com o seu mérito pois em tempos foi um jovem promissor. Foi já não não é promissor apesar de jovem. Agora eses dois bananas parasitários de cartão partidário não têm profissão. Só banhas, gordura e caca na cabeça: eles que vão estudar que lhes faz falta, ajuda-os a organizar-se e a disciplinar-se e provam assim, a eles próprios e aos outros, que com esforço e mérito se consegue ser alguém decente, credível e sensível aos problemas dos munícipes! Mas é tarde para estes dois cabeças de minhoca pois burro velho é burro velho!

Anónimo disse...

Onde está "...já não não é promissor..." deveria estar "...já não é promissor...".
Onde está "Agora eses dois..." deveria estar "Agora esses dois...".
Onde está "burro velho" é mesmo "burro velho", hahaha...

Anónimo disse...

Pois, mas é actual e deve servir para reflexão.
Nesta vida de faz de conta, de marketing exacerbado é necessário ir repetindo que o "rei vai nú".
É que os apóstolos e os diáconos do Socrates continuam hiper-activos, a destruir a nossa democracia.

Anónimo disse...

Está muito bem então repita repita repita que pode ser que se elumine alguma coisa naquelas cabeças :-(

Anónimo disse...

Não só tem "banhas, gordura e caca na cabeça" como ainda por mais escreve terrivelmente mal.
Se é para gostarmos mais do Cristóvão e do Ferreira, está a resultar!

E já agora, só para manter algum equilíbrio, não conheço o Ferreira, mas o Cristóvão assim como eu é professor, e para conseguir ter entrado tão cedo para o Quadro nos tempos que correm, é porque não terá terminado a Licenciatura propriamente com 10.
Digam o que dele disserem a verdade é que é dos poucos da nossa geração que tem a pachorra para ligar à política, e por fazer algo mais do que criticar.
Contra mim falo, e ele mesmo já me fez essa crítica, mas com anormais ressabiados como alguns dos que aqui destilam veneno é dificil ter vontade.

Força Hugo, continua no caminho em que acreditas.
(mas se mudasses de partido também ajudava :)

Ricardo M.

Anónimo disse...

O AUTORITARISMO NÃO É COMPETÊNCIA

Com Guterres criou-se a ideia que a boa decisão era a que resultava de um longo processo de diálogo, com Sócrates tem-se vindo a impor a opinião de que uma boa decisão é aquela que é adoptada com autoritarismo. Alguns ministros, de entre os quais se destaca a ministra da Educação, sempre que tomam uma posição pública armam-se em "tesos" como se isso simbolize competência.

Infelizmente, um governo supostamente de esquerda tenta aproveitar uma das poucas heranças salazaristas que ainda inquinam a cultura dos portugueses, a ideia de que se deve governar com muita autoridade, ou melhor, com autoritarismo. São muitos os portugueses que admiram o autoritarismo e consideram competentes os governantes que fazem uso dele. Por outro lado, há governante que em vez de tentarem explicar a bondade das suas medidas optam por apelar aos tiques salazaristas e enveredam pela imagem de autoritários.

Quando é a ministra com a pasta da Educação a enveredar por este processo teremos que recear pela saúde da democracia, com sucessivos governos a promoverem a confusão entre competência e autoritarismo a democracia portuguesa nunca se livrará da herança cultural do salazarismo.

Publicado no Jumento.

Anónimo disse...

O AUTORITARISMO NÃO É COMPETÊNCIA

Com Guterres criou-se a ideia que a boa decisão era a que resultava de um longo processo de diálogo, com Sócrates tem-se vindo a impor a opinião de que uma boa decisão é aquela que é adoptada com autoritarismo. Alguns ministros, de entre os quais se destaca a ministra da Educação, sempre que tomam uma posição pública armam-se em "tesos" como se isso simbolize competência.

Infelizmente, um governo supostamente de esquerda tenta aproveitar uma das poucas heranças salazaristas que ainda inquinam a cultura dos portugueses, a ideia de que se deve governar com muita autoridade, ou melhor, com autoritarismo. São muitos os portugueses que admiram o autoritarismo e consideram competentes os governantes que fazem uso dele. Por outro lado, há governante que em vez de tentarem explicar a bondade das suas medidas optam por apelar aos tiques salazaristas e enveredam pela imagem de autoritários.

Quando é a ministra com a pasta da Educação a enveredar por este processo teremos que recear pela saúde da democracia, com sucessivos governos a promoverem a confusão entre competência e autoritarismo a democracia portuguesa nunca se livrará da herança cultural do salazarismo.

Publicado no Jumento.

Anónimo disse...

O AUTORITARISMO NÃO É COMPETÊNCIA

Com Guterres criou-se a ideia que a boa decisão era a que resultava de um longo processo de diálogo, com Sócrates tem-se vindo a impor a opinião de que uma boa decisão é aquela que é adoptada com autoritarismo. Alguns ministros, de entre os quais se destaca a ministra da Educação, sempre que tomam uma posição pública armam-se em "tesos" como se isso simbolize competência.

Infelizmente, um governo supostamente de esquerda tenta aproveitar uma das poucas heranças salazaristas que ainda inquinam a cultura dos portugueses, a ideia de que se deve governar com muita autoridade, ou melhor, com autoritarismo. São muitos os portugueses que admiram o autoritarismo e consideram competentes os governantes que fazem uso dele. Por outro lado, há governante que em vez de tentarem explicar a bondade das suas medidas optam por apelar aos tiques salazaristas e enveredam pela imagem de autoritários.

Quando é a ministra com a pasta da Educação a enveredar por este processo teremos que recear pela saúde da democracia, com sucessivos governos a promoverem a confusão entre competência e autoritarismo a democracia portuguesa nunca se livrará da herança cultural do salazarismo.

Publicado no Jumento.

Anónimo disse...

Isabel Miliciano, a preferida para a Presidencia do PSD local, nas eleições de Novembro.

Anabela Freitas (PS), a figura pública de Tomar avaliada como mais competente para Presidente de Câmara.

Estas algumas das sondagens activas, em Sondagens sobre Tomar

Anónimo disse...

...eu cá por mim continuaria a dizer: Tomar para crescer o que precisa é de f...
..se não, vejam a maravilha:
…sabe-se que vão construir uma ponte (ponte é feita para travessia de algo, de modo a facilitar os lados do algo) ali para os lados do reconvertido bairro da etnia cigana! muito bem…aplauso… a coisa não é feita para carros, pois não se chega a saber de onde vêm…; da cp? da defunta loja da pt?...
parabéns… e fica bem: ao lado da maravilha cibernética; perto do rodoparque aquático; não longe do bem sucedido parqueT; e, a beijar o agora reconvertidissimo Flecheiro…
…na senda do progresso…vivam a política e os políticos da terra…

Anónimo disse...

A PROPOSITO DA MAROSCA DA FESTA DOS TABULEIROS DE 2003, COM REFLEXO ESPECIAL NO JORNAL O TEMPLARIO

Portanto vejamos:

António Madureira é nomeado pela Câmara PSD para a Mordomo da Festa de 2003. Isabel Miliciano e Ivo Santos estão nesta Câmara.

O Sr. Madureira não apresentou as contas e com o seu amigo Esparteiro, andaram na boa vida habitual e agora nem dinheiro para cumprirem as obrigações para com os trabalhadores conseguem.

A Câmara PSD, com o Carrão, a Isabel e o Ivo lá dentro decidem pagar as dívidas do amigo Madureira e Esparteiro.

Lindo: Jornal Cidade de Tomar, onde um é dono, outro administrador, outro foi chefe de redacção e promoveu o actual presidente, outra foi também chefe de redacção, chegou a vereadora e com a massa que recebeu aí comprou outrop, este jornal (Templario), para agora se juntar aos artistas do pedro marques, para tentarem dar o golpe final ao baú.

Esta terra tem conserto, com esta gente no baralho?

Digam lá. Tem?

Anónimo disse...

O senhor Ricardo M. sabe muito bem que eu sei que ele sabe que eu sei que de professor todos temos um pouco. Até um trolha professa! E todos fazem falta. Já disse uma vez que esse gordo do Cristovão se alguma vez chegar só a vereador em exclusividade eu parto com a minha família mas com muito gosto da minha cidade onde sempre paguei os meus impostos. Uma das coisas que mais me passa ao lado é a vaidade de quem nada fez na vida profissionalmente e esses moços que andam metidos na política desde os seus tempos de fraldas não são paradigmas para as sociedades. Olhem para um bom exemplo: Cavaco Silva. Tem profissão e é doutorado. Olhem para um mau exemplo: Miguel Relvas. Não tem profissão e tem o 12.º ano e já é tempo de concorrer aos maiores de 23. Sigam o exemplo do primeiro. Consolidem a carreira até aos 45/50 anos e depois dediquem-se à politica se quiserem ajudar os outros e não a vós próprios. Até parece que já sou quarentão hahaha. Mas este é o caminho certo. Porque por exemplo a classe política, em média, é uma corja de abutres (vejam o nosso parlamento nacional ou a nossa assembleia municipal, com raras excepções, quase todos são incompetentes, mal-formados e pouco instruídos, não dão qualidade, nem são massa crítica forte), desde a escala local à nacional. Vivem num circulo vicioso. E estes circulos só se invertem com génios como o Ferreira, Carrão, Cristovão e o ainda mais genial Ricardo M. Vão mas é passear os cães c...

Anónimo disse...

Precisa-se:

Tomarense, nascido e criado junto ao Nabão. Jovem de espírito, com carreira profissional reconhecida, de preferência reformado para não ter que optar pela exclusividade, que não tenha militado em nenhuma Jota nos seus tempos de juventude.
Dá-se preferência a pessoa pública, com lugar em órgãos sociais em associações soció-recreativas do concelho.

Lugar: integrar lista do partido X às próximas eleições autárquicas, arriscando-se a ser eleito presidente de um município bonito e de uma câmara falida.

Respostas aqui para o blogue do Conde do Flecheiro.

Anónimo disse...

Acho indecente o que andam a fazer ao morodomo João Vital.
Após o sucesso de edição dste ano da Festa dos tabuleiros, andam-lhe a cair em cima os credores da edição passada.

Anónimo disse...

Por isso sempre defendi não fazer a festa este ano. Eu tinha vaticinado dívidas acumuladas mas o Paiva e mais alguns não ligaram. Mas aqui quem tem que pagar dívidas foge para África ou América Latina impunemente. Que se f... todos com a m... que fizeram. Já viram a miserabilidade em que caiu o blogue do "O Templário"? Até o director do jornal anda sem fazer nada e diverte-se.

Anónimo disse...

POEMA

Vamos, não chores.
A infância está perdida.
A mocidade está perdida.
Mas a vida não se perdeu.

O primeiro amor passou.
O segundo amor passou.
O terceiro amor passou.
Mas o coração continua.

Perdeste o melhor amigo.
Não tentaste qualquer viagem.
Não possuis carro, navio, terra.
Mas tens um cão.

Algumas palavras duras,
em voz mansa, te golpearam.
Nunca, nunca cicatrizam.
Mas, e o humour?

A injustiça não se resolve.
À sombra do mundo errado
murmuraste um protesto tímido.
Mas virão outros.

Tudo somado, devias
precipitar-te, de vez, nas águas.
Estás nu na areia, no vento...
Dorme, meu filho.

Carlos Drummond de Andrade

Anónimo disse...

Carlos Drummond de Andrade
Nascimento 31 de outubro de 1902
Itabira, Minas Gerais
Falecimento 17 de agosto de 1987
cidade do Rio de Janeiro, estado do Rio de Janeiro
Nacionalidade Brasileiro
Ocupação Poeta, contista
Escola/tradição Modernismo

Diogo de Arruda disse...

Repudio veementemente os escritos ignóbeis do palhaço que agora acha que me pode identificar como José Gaio e vem escarrar as suas "sábias deduções" nas caixas de comentários deste blogue.

Diogo de Arruda

Tomar tem o que merece!!!! Com gentalha ordinária desta não podia estar senão onde está. Maldito Nabão que não tem água suficiente para levar à frente toda esta merda.

E o senhor Conde pode apagar isto quando quiser...

Anónimo disse...

Pois JG (vulgo Arruda) o teu post não consegues apagar não é? Como é que o JG não se reconhece no JG? Esquizofrenia paranóica!!!

Anónimo disse...

É uma blasfémia dizer Maldito Nabão que ...
O nosso maltratadíssimo Rio não tem culpa nenhuma da língua suja de alguns.
Já tem sujidade a mais e ainda lhe exigem que limpa outras sujidades mais prosaicas!
Irra!
Vamos é dar as mãos e lutar pela efectiva limpeza do (cada vez mais poluído e desprotegido) Rio Nabão e suas margens.
As gentes desta região agradecem!

Anónimo disse...

Será que agradecem? Será que se ralam? Ou será que têm mesmo o merecem e o que fizeram (mesmo que por não terem feito nada) por merecer?

Anónimo disse...

Actualidade

JOBS FOR THE BOYS

António Pina no Hospital de Faro
17-08-2007 8:08:00
Não está doente, nem se trata do presidente da Região de Turismo. António Miguel Pina, filho do presidente da RTA, foi nomeado para o Conselho de Administração do Hospital de Faro.
António Miguel Pina, 31 anos, é o novo vogal da administração do Hospital Central de Faro. Mas com a nomeação, Pina “júnior” já está na mira de alguns sindicatos que o acusam de ser uma “nomeação política”.
“É o imenso polvo do PS a chegar a todos os lados”, afirma Jacinta Charneca, do Sindicato de Trabalhadores da Função Pública. “O PRACE já tem 1400 pessoas na lista de excedentários, mas vai sobrando dinheiro para os jobs for the boys. É mais um job para mais um boy”, acrescenta.
A nomeação de António Pina, filho de António Pina, presidente da Região de Turismo, é tudo menos pacífica. O novo vogal do Conselho de Administração do Hospital Central de Faro é acusado de usar as ligações ao PS, mas António Pina, pai, esclarece que nada tem a ver com o assunto.
“Posso garantir a 500 por cento que não tive influência nenhuma”, diz. “Sempre fiz a minha vida profissional separada do meu pai e mal seria se ele fizesse a vida profissional dele à sombra do meu chapéu! Isso significava que eu era o eucalipto e ele o cogumelo”, graceja.
“Ele escolheu a mulher, a profissão, o partido e até o clube de futebol!”, garante o presidente da Região de Turismo do Algarve, membro influente no PS no Algarve.
Já António Goulart, coordenador da União de Sindicatos do Algarve, prefere não comentar a pessoa, mas sim os critérios de nomeação do Ministério da Saúde.
“É lamentável que o Hospital mais uma vez se sujeite a este tipo de polémicas, completamente desnecessárias”, afirma, apelando à necessidade de maior rigor nos critérios de recrutamento de recursos humanos. “O que nos interessa é que o Hospital funcione, e que as pessoas que ocupam estes cargos sejam pessoas publicamente reconhecidas, com provas dadas na área da saúde”, afirmou ao Observatório do Algarve.
“Não encaro dessa forma. Estou pronto para trabalhar, é um desafio aliciante e vou responder a essas críticas com trabalho, porque estou muito motivado”, retorque António Miguel Pina, adiantando que o convite foi recente.
Pina, que é presidente da concelhia do PS em Olhão, exercia até aqui funções como gestor de projecto, na Junta Metropolitana do Algarve, e é vereador na Câmara Municipal de Olhão.
António Miguel Pina entrou ontem em funções, em substituição de José Eusébio Pacheco, docente da Universidade do Algarve, com especialização em Psicologia.
Pacheco foi integrado na Administração Regional de Saúde (ARS), no cargo deixado vago por Valentina Tavares, vogal do Conselho Directivo da ARS, que entretanto se aposentou.

Anónimo disse...

O país está entregue aos bichos!

Anónimo disse...

E, sobretudo às bichas...!!!!
Vota PS!

Postais Saloios disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Anónimo disse...

SE CALHAR QUERIAM QUE O GOVERNO DO PS NOMEASSE ALGUÉM DO PSD PARA O HOSPITAL DO ALGARVE?

OU DA CDU?

OU DOS INDEPENDENTES DE ALCANENA?

AFINAL QUEM É QUE ESTÁ NO GOVERNO COM OS VOTOS DOS PORTUGUESES PARA GOVERNAR?

Anónimo disse...

Eh boy das 16H38
O teu seguidismo atávico demonstra o conceito de democracia daqueles que usam (e abusam) dos votos dos portugueses para (se) governar!
Continuem assim sempre com a maioria absoluta como tema qu vão longe!
E quando quizeres gritar vai para o Alto do Piolhinho, aproveitas o eco, passas a mensagem à (vossa) Machuca e não feres o ouvido do parceiro.
Valeu!
Vota PS.
Que arrefece (cada vez mais).

Anónimo disse...

O exagerado comentador anti-socialista anterior não quer ver o óbvio: compete ao Governo legítimo de um País noemar para as administrações respectivas, pessoas de sua confiança para implementarem as suas políticas.

Nas autarquias é exactamente assim: ou está a pensar em propor ao seu amigo António Paiva(PSD) que nomeie o Vereador Carlos Silva(PS) para Presidente do Conselho de Administração dos SMAS de Tomar?

Não lembraria ao diabo tal situação?
Ou que o Governo do PS nomeasse o Pedro Marques (IpT) para Director do Museu ferroviário do Entroncamento, ou o João Simões para Director da Segurança Social de Santarém?


Ninguém está a ver a coisa, pois não?


Então, por favor meta a violinha no saco e vá cantar para outra freguesia, que daqui não leva nada...

Anónimo disse...

Estou de acordo com o anónimo das 16H38. No dia em que os governos deixarem de poder nomear as pessoas por terem um cartão partidário, os partidos irão desaparecer. E eu temo que, contrariamente aos que defendem a anarquia, que a democracia sairá perdendo.

Contudo, julgo indispensável que essas pessoas (como aliás todas as chefias da administração pública) sejam melhor avaliadas e o seu desempenho seja efectivamente acoplado no seu curriculum.

Tenham um bom dia.

Anónimo disse...

O João Simões vem aqui declarar que não está interessado em ser nomeado para Director da Segurança Social de Santarém e que nunca lhe passou pela cabeça ser convidado por este Governo para qualquer cargo (mesmo não remunerado!).
Mas se por hipótese (académica!) o Governo o convidasse para Director da Segurança Social de Santarém, não sendo da confiança política (segundo o prisma e por informação do PS-Tomar, evidentemente) consideraria que se tratava de um acto de coragem política do Governo, mas face aos seus princípios, não aceitava.
Portanto, Sr. Luis Ferreira arranje outros figurantes para os exemplos que usa e não envolva o João Simões nestes "assados".
Estamos entendidos, ou quer que lhe explique melhor!?


João Manuel Pimenta Henriques Simões