30/08/2006

O rei ausente

É mais ou menos público que D.Paiva já não se esforça muito por o que quer que seja, nem passa grande cavaco às tropas, mas deve existir um qualquer mínimo não será?
É que segundo chegou a meus nobres ouvidos, ontem baldou-se - gosto de usar umas expressões do povo de quando em vez - baldou-se dizia, a mais uma reunião de câmara.
Eu percebo a sua pouca pachorra para aturar aquilo, mas minha aristocrata pessoa não se candidatou ao lugar.
O que não enxergo é como o PSD aceita tal situação. Será que os partidos não mandam mesmo nada nas pessoas que alguém escolhe para os representar?
Ao menos os comunistas mostraram em Setúbal quem manda, concorde-se ou não.

- Eu não devo estar nada bem pelo altíssimo!... até já falo bem dos comunistas, estou aqui estou a dizer que Bruno Graça devia ser presidente de câmara... e por aclamação!

Ufa!... - sai um príncipe. Gelado!

13 comentários:

caravaggio disse...

Oh caro Condje, o D. Paivone anda muito desorientado. Antes ainda comprava a oposição com umas "cartas de alforria" ( telemóveis, jipes, almoços, jantares etc., etc.,) e outras mordomias. Agora a coisa pia mais fino! Agora até o "duque" de Valdonas lhe anda a partir o bidé de repucho. Enfim... assim acaba um narcisista!

Anónimo disse...

Sr. Conde
O rei vai nú e nós vamos ficando sem roupa.
Eu, que sou republicano com tendências monárquicas, acho que aqui no Condado as coisas andam muito mal, cada vez pior.
O Gerente não passa cartão às tropas, quer fazer obras de fachada, gastar balúrdios e aplica taxas altas para compensar.
A limpeza (que se deve chamar sujeira) está entregue a uns "beduínos" de fora, o rio está, como os cofres da autarquia e o bolso dos munícipes, esvaziadíssimo.
A fonte pimpa sujeita a constantes agressões - agora até o Charles de Valdonas lá foi bater com o seu Mercedes social - e nem é utilizada como piscina nestes dias de grande canícula (aliás, até para esses fins é "curta", tem pouca água e suja).
O prometido submarino para o Nabão não há meio de vir.
A Praia do Agroal vai ficando mais longe.
Enfim... Tomar está a definhar, dia a dia.
Valha-nos a Senhora de Fátima com um grande milagre, porque isto vai mesmo mal, que nem no Entroncamento já há fenómenos.
Tomarense sofre.
Olhe, bebam-se uns canecos p´ra refrescar e ... para esquecer.
E siga a marinha.

JBF disse...

Você conde, deve ser algum refinado fascista, apesar de concordar com algumas das coisas que diz.
Mas você, que no fundo é que julgo subliminarmente perceber do seu comentário, acha mesmo que esses senhores que se dizem independentes é que são a solução?
E você conde, vai ser candidato?

Anónimo disse...

Sr. Conde
Com que então já lhe chamam fascista, ainda por cima refinado.
Como o açúcar ?
E já o querem ligar aos malandros dos (que se dizem) Independentes.
O jbf deve ser algum xoxialista ressabiado e sem job ?!
Que sabe quem tem as soluções.
Só para lhe fazer pirraça candidate-se Sr. Conde.
Candidate-se.
Vai ver que o jbf logo o apoia e lhe pede uma "cartita de alforria"(job for the boy).
É a vida.
Habituem-se.
Ah. Ah. Ah.

Anónimo disse...

É mais que natural que o Paiva se balde às reuniões, afinal de contas aquilo não lhe interessa nada, e depois há que preparar o próximo presidente, Corvêlo de Sousa.
Aguardem um tempinho, como até à festa dos tabuleiros por exemplo.

Ainda vamos chorar muito de saudades pelo Paiva!

Virgilo disse...

O que ainda nos anima a parte divertida do espírito é contabilizar os pseudóminos do LF,quando precisa de desabafar o seu visceral "amor" aos INDEPENDENTES e outros a preparar-se para chorar de saudades pelo TREINADOR de presidentes....

caravaggio disse...

Houve aqui alguém que disse "que ía-mos chorar de saudades pelo Paivone". Sinceramente, mal do "homenzinho" se não tivesse apaniguados. Mas já agora respondam-me o que é que esse senhor fez até hoje? As obras estruturantes como o abastecimento de água e alguns equipamentos já vinham de trás. O que efectivamente fez, foi o Bidé de Repucho a que deu o nome de Fonte Cibernética, as lombas que são um atentado ao bom senso de qualquer cidadão, correu com muitos investidores e projectos para a cidade, "engatou-se à porrada" com os construtores dos parques de estacionamento... e não só! - O presidente do União de Tomar que o diga.
Enfim, este "Duque" da Alameda tem um currículo invejável que me faz pensar assim: "Já ontem era tarde, avança Corvêlo porque pior é difícil fazer".

Anónimo disse...

É bom que não esqueçam que é o povo que elege o presiente da Câmara e o PSD que tire o cavalinho da chuva que assim não vai lá. Com Corvêlos?... Enfim.
O Senhor Paiva afinal é que é um grande espertalhão empurra o Corvêlo porque sabe que este não vai a lado nenhum.
NÃO PERCEBO O JOGO DO SENHOR pAIVA SÓ APOSTA EM GENTE FALHADA: ARQ. JOSÉ FARIA, CORVELO, ROSARIO, E SOUBE AINDA INTELIGENTEMENTE CALAR O FARIA O DO TEMPLÁRIO COM UM LUGARZITO NA REGIÃO DE TURISMO, ENFIM ELE LÁ SABE O JOGO QUE ANDA A FAZER.
mAS COM O cORVELO AARRISCA-SE A PERDER A cÂMARA, OU É MESMO ISSO QUE ELE QUER. SER O ÚNICO HERÓI DO psd?....

Anónimo disse...

Vamos lá a ver se nos entendemos!
O Paiva pode ser muita coisa, mas do PSD é que não é!

Anónimo disse...

O Paiva é do PPP - partido paulino paiva.
Sempre foi e há-de continuar a ser.
O resto são cantigas.

Templar disse...

O Pa(i)vão quer sair do aviário nabantino. Depois de tudo ter conquistado e reinado durante 12 longos anos, pondo e dispondo do seu humor, trabalho (e diz-se inteligência) parece que se fartou da companhia das outras aves. Pássaros menores. Míseros frangos com míudos.

O nosso Pa(i)vão pretende vôos mais altos. Dizem que irá migrar para outras latitudes. Onde o sol não brilha tanto, mas os euros crescem mais. Só que o lugar de poleiro como eurodeputado obriga a ser filiado num partido político. Algo impossível para quem jogou sempre só, julgando-se o centro das atenções. Por este ainda irá acabar na panela. Como o perú de Natal. Fica a acção de graças. À sua partida.

Anónimo disse...

Vós, Senhora, tudo tendes,
Senão que tendes os olhos verdes.

Dotou em vós Natureza
O sumo da perfeição,
Que o que em vós é senão
É em outras gentileza;
O verde não se despreza,
Que, agora que vós o tendes,
São belos os olhos verdes.

Ouro e azul é a melhor
Cor por que a gente se perde;
Mas a graça desse verde
Tira a graça a toda a cor.
Fica agora sendo a flor
A cor que nos olhos tendes,
Porque são vossos - e verdes.

Anónimo disse...

Isto de vir para aqui criticar os pseudónimos dos outros tem muita graça não tem ó Virgilo? Ou será que devo tratá-lo por Sr.... estou mesmo tentado a dize-lo mas, olhe, deixe lá porque isto assim até tem mais piada. Prossiga com a fantochada...